quarta-feira, 24 de julho de 2013

Via Email: BRASIL! BRASIL!: O silêncio cúmplice e suicida dos concorrentes da Globo



BRASIL! BRASIL!


Charge do Bessinha

Posted: 23 Jul 2013 05:54 PM PDT


O silêncio cúmplice e suicida dos concorrentes da Globo

Posted: 23 Jul 2013 05:39 PM PDT


Otavio Frias e uma assessora de imprensa no lançamento de uma peça sua

"Ao se calarem diante do comportamento predador da emissora, as empresas de mídia deixaram crescer um monstro.

Paulo Nogueira, Diário do Centro do Mundo

Sonegação é um problema sério numa economia.

Para os cofres públicos, significa dinheiro a menos para construir escolas, portos, hospitais, estradas etc.

Para o mercado, é uma agressão à concorrência justa: quem sonega tem vantagem competitiva sobre quem paga impostos. Sobram mais recursos para investir, por exemplo.

Por tudo isso, o caso Globo é espantoso: como a empresa pôde se safar impunemente, durante tanto tempo, sendo uma sonegadora serial?
Uma informação que está circulando freneticamente na internet hoje é quase inacreditável.

Documentos obtidos pelo Hoje em Dia, jornal de Belo Horizonte, mostram que nos últimos dois anos a Globo foi notificada 776 vezes pela Receita Federal por sonegação fiscal.

Os papeis mostram também que, ao contrário do que a Globo afirmou recentemente em nota, não foi quitada a dívida de 600 milhões de reais com a Receita relativa ao caso da trapaça contábil na compra dos direitos de transmissão da Copa de 2002."
Matéria Completa, ::AQUI::

Viva o beijaço!

Posted: 23 Jul 2013 05:05 PM PDT

"Não são os jovens que devem partir em busca do Papa. Mas o Papa que deve ir atrás deles

Paulo Moreira Leite, ISTOÉ

"Compreendo quando Leonardo Boff diz que Francisco pode representar a ruptura na Igreja Católica que João Paulo II e Bento XVI tanto temiam. Torço para que seja verdade.

Uma Igreja tolerante é menos nociva do que uma Igreja autoritária e repressiva.

Também reconheço que, num país onde 62% da população declaram-se católicos, a presidenta da República faça o possível para encontrar pontos de contato com o Papa e a fatia da população que ele representa.

O País tem muito a agradecer àquela parcela da Igreja que, nos tempos mais difíceis da ditadura, defendeu os fracos e indefesos.

Nada disso esconde, porém, um fato extremamente relevante. A atitude decente e democrática diante da visita do Papa é o beijaço dos gays, o protesto dos jovens, o clamor contra a repressão sexual e um sistema dogmático que oprime seres humanos em nome de noções absolutistas que trazem o preconceito, alimentam a violência e, com base na hipocrisia, podem trazer o crime e até a morte.

Não são os jovens que devem partir em busca do Papa.

Mas o Papa que deve ir atrás deles.

Esta é a mensagem do futuro.

Quem não entendeu isso não entendeu nada – observação definitiva do Iluminismo sobre a cena política contemporânea e seus críticos."

ONU solta comunicado atestando a coerência do Programa Mais Médicos

Posted: 23 Jul 2013 04:44 PM PDT


GGN

"Segundo comunicado da Organização Pan-Americana da Saúde da Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS), no Brasil, o Programa Mais Médicos, do governo federal, está em conformidade com as recomendações da organização em questões de saúde para a população. No texto, a informação de que a OPAS/OMS acompanha os debates e "vê com entusiasmo o recente pronunciamento do governo brasileiro sobre o Programa 'Mais Médicos'", lembrando que a média nacional de médico/habitantes é muito abaixo do ideal. O comunicado termina com a afirmação de que "em longo prazo, a prática dos graduandos em medicina, por dois anos no sistema público de saúde, deve garantir, juntamente com o crescimento do sistema e outras medidas, maior equidade no SUS".

Leia abaixo o comunicado da ONU

Programa Mais Médicos é coerente com recomendações da Organização Pan-Americana da Saúde

23 de julho de 2013 

A Organização Pan-Americana da Saúde e da Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) no Brasil informou que está acompanhando do debates nacionais sobre como fortalecer a atenção básica e primária de saúde no Brasil. A OPAS/OMS vem trabalhando com atores nacionais para dar seus aportes e vê com entusiasmo o recente pronunciamento do Governo brasileiro sobre o Programa "Mais Médicos".
Mais informações »

Retrato da 'crise': 123 mil novos empregos em junho

Posted: 23 Jul 2013 03:57 PM PDT


"Precisamente, foram abertos 123.836 postos formais de trabalho no mês passado, quase 72% a mais do que o volume de maio, que teve saldo positivo de 72.028 empregos; resultado de junho também foi melhor que o do mesmo mês um ano atrás, com 120.440 vagas criadas; dados são do Caged, divulgados nesta terça-feira 23; mídia tradicional não acreditou quando presidente Dilma Rousseff, em abril, rechaçou propostas tresloucadas de cortar empregos como forma de baixar a inflação; "Essa gente está equivocada, não estamos pensando em reduzir empregos", sublinhou; naufraga também agora torcida organizada para apear da Fazenda o ministro Guido Mantega; o que pode ser melhor para uma economia do que criar empregos aos milhares em pleno refluxo global?


A criação de empregos formais surpreendeu no mês de junho: foram abertas 123.836 vagas de trabalho, quase 72% a mais do que o volume visto em maio, de 72.028 empregos. O resultado do mês passado também foi melhor do que o visto um ano antes, de 120.440 postos, nos dados sem ajustes, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgado pelo Ministério do Trabalho nesta terça-feira 23.
Mais informações »

Charge do Bessinha

Posted: 23 Jul 2013 09:26 AM PDT


Barbosa e a Globo

Posted: 23 Jul 2013 09:25 AM PDT


Eliakim Araujo, Direto da Redação

"O povo não é bobo, mas também não é um procedimento democrático depredar as instalações da Globo, como aconteceu na última semana no Rio.   Vamos protestar, sim, mas não dessa maneira.

Que tal se juntássemos forças para exigir uma nova lei de mídia, que tirasse das mãos de poucas famílias o controle das comunicações no Brasil?  Isso sim, seria proveitoso e a causa ganharia a simpatia de boa parte da população brasileira, que está assustada com as manifestações que terminam em vandalismo.

Boa medida também seria cobrar do governo uma explicação sobre a sonegação de 615 milhões de reais por parte da Rede Globo, relativos à compra dos direitos de transmissão de Copas do Mundo. Um negócio tão sério que resultou na condenação de Cristina Maris Meinick Ribeiro, uma funcionária da Receita que desapareceu com o  processo da empresa acusada de atentar contra a ordem tributária.

A Receita está investigando se as Organizações Globo usaram dinheiro enviado a uma empresa no paraíso fiscal das Ilhas Virgens, a título de investimento, para pagar os direitos das Copas de 2002 e 2006, o que é uma maneira de burlar o fisco brasileiro.  A Globo em nota oficial declara que não deve nenhum centavo à Receita Federal e não faz a mínima ideia de quem seja a funcionária punida."
Artigo Completo, ::AQUI::

"NYT" publica artigo de jornalista argentino censurado pelo "Clarín"

Posted: 23 Jul 2013 09:15 AM PDT


Jornal americano publicou o
texto em inglês e espanhol

Redação, PortalIMPRENSA

"As edições de sábado do Clarín incluem um suplemento com artigos publicados na versão internacional do norte-americano The New York Times. Na última semana, no entanto, o jornalista Martin Sivak, que escreveu sobre a relação dos governos da América Latina com grupos de mídia, teve seu texto censurado pelo diário argentino.

"O editor do New York Times Internacional me ligou quinta à noite para dizer que a nota não seria publicada pelo Clarín, já que abordava uma questão muito sensível", relatou o repórter em entrevista a uma rádio, de acordo com o portal Infonews.

"O Clarín tem uma posição editorial e, obviamente, não publicaria qualquer coisa que fosse contra essa posição", disse Sivak. Apesar da recusa do Clarín, o NYT decidiu veicular em seu site o texto escrito pelo jornalista argentino, disponibilizando também uma versão em espanhol."

Governo deve atender demandas na área de comunicações

Posted: 23 Jul 2013 08:13 AM PDT


Paulo Bernardo, ministro das Comunicações

"Foi aberta a discussão entre a sociedade civil e o ministério de Paulo Bernardo. Basta saber a disposição em traduzi-la em política concreta. Por Coletivo Intervozes


Foram, praticamente, dois anos de indisposição do Ministério das Comunicações (MiniCom) em estabelecer um espaço institucionalizado de discussão com os movimentos e entidades da sociedade civil para tratar das políticas de comunicação do governo federal. A proposta de criar uma mesa de diálogo para discutir esses temas, em especial o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), quase se estabeleceu em 2011, quando o ministro interrompeu a iniciativa diante da notícia de que os movimentos sociais preparavam um ato para criticar os acordos assinados com as teles para a oferta de planos de banda larga popular, na época, recentes.
Mais informações »

Preços ao consumidor recuam na terceira semana do mês

Posted: 23 Jul 2013 06:58 AM PDT


Fernanda Cruz, Agência Brasil

"O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S), na terceira semana deste mês, teve variação de -0,11%, ainda influenciado pela redução da tarifa de ônibus urbano. A taxa ficou 0,18 ponto percentual abaixo da taxa registrada na semana passada.

O levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas (FGV) mostrou que sete das oito classes de despesa que compõem o índice tiveram decréscimo. O principal foi no grupo de transportes (de -0,44% para -0,8%). Somente a passagem de ônibus passou de -1,59% para -3,07%.

Também registraram decréscimo os grupos de alimentação (de -0,23% para -0,42%), habitação (de 0,49% para 0,36%), vestuário (de -0,03% para -0,54%), saúde e cuidados pessoais (de 0,38% para 0,35%), educação, leitura e recreação (de 0,31% para 0,23%) e comunicação (de 0,19% para 0,12%).

O único grupo a registrar acréscimo foi o de despesas diversas (de 0,27% para 0,29%)."

A prisão do ativista da Mídia Ninja

Posted: 23 Jul 2013 06:43 AM PDT

Dilma e Francisco

Posted: 23 Jul 2013 06:36 AM PDT


"Os dois têm o mesmo desafio: reconquistar o "rebanho". E a presidente tem o que aprender com o pontífice que subverte as regras tradicionais da igreja

Leonardo Attuch, Brasil 247

Em poucas semanas, a presidente Dilma Rousseff perdeu 27 pontos de popularidade. Seu índice de ótimo e bom, de acordo com o Datafolha, caiu de 57% para 30%. Em seis anos, o "rebanho" do papa Francisco também encolheu. No Brasil, maior nação católica do mundo, o percentual de pessoas que se declaram seguidoras dessa doutrina caiu de 64%, em 2007, para 57%, em 2013, segundo o mesmo instituto de pesquisas.

Não por acaso, o Brasil foi escolhido para sediar a Jornada Mundial da Juventude. No Rio de Janeiro, o papa Francisco, que imprimiu um tom poético a suas falas, disse que "a juventude é a janela pela qual o futuro entra no mundo". Ele afirmou ainda que "Cristo bota fé nos jovens", sinalizando que a juventude quase sempre tem razão, inclusive quando protesta e cobra melhorias dos governos – exatamente o motivo que corroeu a popularidade de Dilma.

A presidente, por sua vez, também enviou um recado, no dia em que se encontrou com o pontífice. Disse que os jovens querem uma política que atenda aos interesses do povo e que não seja um território de privilégios. Bem perto dali, no Palácio Guanabara, jovens queimavam um boneco do governador Sergio Cabral, que, com seu "voo das babás" à casa de praia, em Mangaratiba (RJ), se tornou símbolo da política que enriquece e cria regalias.

Com palavras sinceras, um olhar caridoso e a recusa a todo tipo de privilégio, como uma cama no o voo que o trouxe ao Brasil ou um carro blindado no Rio, o papa Francisco, que disse não trazer "nem ouro, nem prata", se conectou com o povo. De acordo com o teólogo Leonardo Boff, ele será o papa da ruptura.

Para a presidente Dilma, sua vinda foi uma benção, pois ela terá nele um grande exemplo para tentar interpretar a voz das ruas e agir de acordo com o coração – nem que para isso seja necessário subverter as regras tradicionais da política."
You are subscribed to email updates from Brasil! Brasil!
To stop receiving these emails, you may unsubscribe now.
Email delivery powered by Google
Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610



--
Francisco Almeida 




Postar um comentário