quinta-feira, 18 de julho de 2013

Via Email: BRASIL! BRASIL! :Governo, saúde, médicos, imprensa e classe média


BRASIL! BRASIL!


Governo, saúde, médicos, imprensa e classe média

Posted: 17 Jul 2013 05:32 PM PDT

"A classe médica e os estudantes de medicina querem manter seus privilégios, bem como garantir a reserva de mercado no que tange aos empregos, mesmo sabendo que o Brasil necessita de dezenas de milhares de médicos

Davis Sena Filho, Brasil 247

Eu não sei por que o Governo Federal administrado por uma presidenta trabalhista eleita pela maioria do povo brasileiro se torna refém de pressões levadas a cabo pela imprensa de negócios privados e por categorias ou classes profissionais como, por exemplo, a dos médicos, que se recusa, terminantemente, a trabalhar no interior do País, desenvolver o Brasil profundo, que a maioria dos brasileiros não conhece e nem pretende conhecer, pois prefere, obviamente, estabelecer-se em cidades e regiões consideradas por eles mais aprazíveis e "civilizadas", além de adequadas aos seus interesses econômicos, financeiros e logísticos.

Esta é a conduta e a postura de grande parte dos médicos. Isto acontece porque a medicina se tornou há muito tempo um segmento venal, estritamente dedicado ao comércio e ao consumo, dominada pelos propósitos econômicos dos grandes laboratórios internacionais, clínicas e hospitais privados, bem como à mercê de médicos e administradores, que se tornaram poderosos empresários do setor de saúde, que, inclusive, controlam politicamente o Conselho Federal de Medicina (CFM) e têm forte influência no que diz respeito aos acordos e contratos firmados com o SUS, que sustenta unidades hospitalares privadas, sendo que muitas delas não dão o retorno devido à população, no que concerne a zelar por um bom atendimento, além de não oferecer serviços médicos e hospitalares de boa qualidade."
Artigo Completo, ::AQUI::

charge do Bessinha

Posted: 17 Jul 2013 05:27 PM PDT


Dilma pede, mas Congresso reitera que chance de plebiscito é remota

Posted: 17 Jul 2013 05:21 PM PDT



"Coordenador de grupo de trabalho, Cândido Vaccarezza, do PT da presidenta, rejeita aprovar mudanças 'a toque de caixa'. Colegas dele não dispensam férias que burlam regimento

Hylda Cavalcanti, RBA

Apesar de a presidenta Dilma Rousseff ter declarado, durante a manhã, acreditar que ainda possa vir a ser realizado um plebiscito para a reforma política, a primeira reunião do grupo de trabalho que discute uma proposta de reforma na Câmara dos Deputados, na tarde desta quarta-feira (17), praticamente descartou essa possibilidade. A informação foi repassada pelo coordenador do grupo, deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), e os parlamentares só divergiram sobre o ano em que passarão a valer as novas regras: alguns sugerem que seja nas eleições municipais de 2016, outros que venham a vigorar somente em 2018.

Mais informações »

A chance de a denúncia contra a Globo dar em alguma coisa

Posted: 17 Jul 2013 05:14 PM PDT


Eduardo Guimarães, Blog da Cidadania

"Na última terça-feira, a Procuradoria da República do Distrito Federal (PR-DF) confirmou instauração de apuração criminal "preliminar" de suspeitas de sonegação e outros crimes que teriam sido praticados pela Rede Globo, após denúncia de 17 movimentos sociais, tais como o Centro de Estudos das Mídias Alternativas Barão de Itararé, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra e o Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC).

A denúncia dos movimentos busca obter da Procuradoria o entendimento de que as manobras utilizadas pela Globo ao efetuar o pagamento dos direitos de transmissão da Copa do Mundo de 2002 não se constituíram, tão-somente, em crime tributário, que se elide com o pagamento dos impostos devidos, mas, também, o entendimento de que tais manobras configuram crimes contra o sistema financeiro nacional e contra a administração pública, com toda a tipificação penal que tal prática encerra, e que, em sendo esses crimes confirmados pela investigação em curso, gerariam condenação penal direta dos controladores (leia-se os três irmãos Marinho) das Organizações Globo – controladores esses que, ironicamente, deteriam o "DOMÍNIO DO FATO" da ação criminosa, caso seja comprovada.

Veja só você, leitor, como esta vida é "engraçada"…

A Globo alega que pagou as multas que lhe foram aplicadas pela Receita Federal em face da operação ilegal que essa empresa montou para fugir dos impostos milionários que passou a dever por conta de uma operação comercial de grande vulto. Havendo entendimento da Procuradoria do Distrito Federal de que tudo que a Globo fez foi cometer um crime tributário e tendo ocorrido de fato o pagamento dos tributos devidos, a situação estaria resolvida – para a Globo."
Matéria Completa, ::AQUI::

Apesar da gritaria, Mais Médicos atrai 11 mil

Posted: 17 Jul 2013 04:42 PM PDT


"Em apenas uma semana, o Programa Mais Médicos recebeu 11.701 inscrições de profissionais e 753 inscrições de municípios, informa o Ministério da Saúde; cerca de 80% dos médicos inscritos formaram-se no Brasil e pouco mais de 92% dos interessados são brasileiros; enquanto associações promovem protestos contra o serviço obrigatório no SUS e a importação de profissionais estrangeiros, ministro Alexandre Padilha pode celebrar a alta procura pelo programa que pretende levar médicos a áreas desassistidas

Mariana Tokarnia, Agência Brasil / Brasil 247

Em apenas uma semana, o Programa Mais Médicos recebeu 11.701 inscrições de profissionais e 753 inscrições de municípios, informou hoje (17) o Ministério da Saúde. Cerca de 80% dos médicos inscritos formaram-se no Brasil e pouco mais de 92% dos interessados são brasileiros. As inscrições ainda estão abertas e podem ser feitas pelos municípios e pelos médicos, até o dia 25 deste mês, na página do programa na internet.
Mais informações »

Os outros nomes da UDN

Posted: 17 Jul 2013 04:35 PM PDT


"Mais uma vez os golpistas se reúnem. Quando um governo começa a distribuir renda, como no sistema escandinavo, a fim de sustentar um tímido "welfare state", como faz Lula com o Bolsa-Família, contra ele se reúnem bacharéis e banqueiros, políticos, jornalistas e inocentes úteis.

Mauro Santayana, Carta Maior

Sexta-feira (21), em Diamantina, o governador Aécio Neves fez o elogio de Juscelino, ao transferir para aquela cidade as solenidades comemorativas de 21 de abril. Para que ficasse bem nítida a intenção, Aécio convidou a filha de Juscelino, Maristela Kubitschek Lopes, para ser a Oradora Oficial da cerimônia. Esse elogio a Juscelino seria impensável, durante os últimos anos de sua vida. Oficialmente, Juscelino era um "morto civil". Durante o seu governo, no qual rompera os cânones do imobilismo, o presidente fora acusado de corrupção e de ofender a família brasileira com seus amores, reais ou fictícios. O político mineiro, ao candidatar-se para suceder Vargas, e eleger-se em 3 de outubro de 1955 e a empossar–se em 31 de janeiro do ano seguinte – herdara todo o ódio que a União Democrática Nacional endereçara a Vargas. O partido constituía o velho resíduo do bacharelismo nacional, de origem oligárquica, que perdera sua posição hegemônica na sociedade, a partir da Revolução de 30.
Mais informações »

Arapongagem de Goiás volta a atacar

Posted: 17 Jul 2013 09:22 AM PDT


"Dessa vez, a vítima foi o empresário Júnior Friboi, pré-candidato do PMDB à sucessão do tucano Marconi Perillo, em 2014

Leandro Fortes,  CartaCapital / Blog de Leandro Fortes

A central clandestina de grampos de Goiás montada pelo governador Marconi Perillo, do PSDB, revelada por reportagem da CartaCapital há três meses (leia aqui), continua impune e agindo à luz do dia.

Quatro notas postadas no site "Goiás 24 horas" no domingo, 14 de julho, dão conta de detalhes sobre o conteúdo da página eletrônica do empresário José Batista Júnior, dono da Friboi, a maior empresa de carne do mundo. Júnior Friboi, como é mais conhecido o empresário, é o virtual candidato do PMDB à sucessão de Perillo, em 2014. Ocorre que o site em questão não está no ar, nem sequer foi apresentado ao candidato.
Mais informações »

Como ludibriar o leitor

Posted: 17 Jul 2013 08:37 AM PDT

Luciano Martins Costa, Observatório daImprensa

'Uma das vantagens que os jornais supostamente oferecem em relação aos outros meios de informação é o sistema de organização das notícias: elas são distribuídas por seções temáticas, quase sempre agrupadas em cadernos específicos, facilitando a busca do leitor por seus assuntos preferidos.

O fato de esse pacote de informações se renovar diariamente reforça a percepção de uma ordem e uma correlação entre os acontecimentos, o que também funciona para passar ao leitor a confiança de que a cada dia ele está recebendo o que há de mais atual, e que com isso estaria adquirindo um conhecimento objetivo sobre a realidade que lhe interessa.

Por isso, quando a imprensa quebra esse elo, a consequência pode ser desastrosa.

Por exemplo, no domingo passado, o Globo publicou como sendo recente o resultado de uma pesquisa sobre credibilidade da imprensa que havia sido divulgada pela agência de Relações Públicas Edelman quatro meses antes. O estudo, feito anualmente há uma década, dizia que a mídia é a entidade mais confiável para os brasileiros, com 66% de aprovação, contra 64% das empresas, 59% das ONGs e 33% do governo.
Mais informações »

Belluzzo: Brasil precisa superar enganos conjunturais e fazer política macroeconômica

Posted: 17 Jul 2013 07:44 AM PDT


"O economista Luiz Gonzaga Belluzzo avalia que a presidente Dilma Rousseff tem uma visão clara do que deseja para o país a longo prazo, mas terá de enfrentar fortes obstáculos para concretizar um projeto de futuro. Um deles é a dificuldade dos agentes econômicos de privilegiar as decisões conjunturais às de caráter macroeconômico. Por Maria Inês Nassif

Maria Inês Nassif, Carta Maior

O Brasil saiu-se "muito bem" da crise financeira mundial de 2008, mas ainda tem que enfrentar sérios problemas, como "a relação perversa entre juros e câmbio", a saída do país de sua estrutura de fornecimento e a precariedade de sua infraestrutura. É o que pensa o economista Luiz Gonzaga Belluzzo, para quem a presidente Dilma Rousseff tem uma visão clara do que deseja para o país a longo prazo, mas terá de enfrentar fortes obstáculos para concretizar um projeto de futuro. Um deles é a dificuldade dos agentes econômicos de privilegiar as decisões conjunturais às de caráter macroeconômico.

Um engano dessa visão conjuntural, por exemplo, é tomar a desindustrialização do país como uma transição para uma "economia de serviços". "Isto é uma fuga da realidade", adverte o professor. Estados Unidos e Europa, que viveram desse engano nas últimas décadas, hoje se empenham em se reindustrializar, tentando levar, de volta, as empresas que saíram de seus países para o mundo, atrás de maiores vantagens para produção.
Mais informações »

Servidora que sumiu com "Globogate" é condenada

Posted: 17 Jul 2013 06:12 AM PDT


"Cristina Maris Meinick Ribeiro foi acusada de ter desaparecido com três volumes dos processos de autuação contra a TV Globo da delegacia da Receita em Ipanema, em janeiro de 2007. Caso de sonegação da emissora pode chegar a R$ 615 milhões em valores corrigidos. Ela também vai responder por crimes contra o fisco envolvendo a Forjas Brasileiras, Mundial Produtos de Consumo e P&P Porciúncula. A pena é de 4 anos e 11 meses de prisão


"A Justiça Federal condenou à prisão Cristina Maris Meinick Ribeiro, uma ex-funcionária da Receita Federal, acusada de ter desaparecido com três volumes dos processos de autuação contra a TV Globo da delegacia da Receita em Ipanema, em janeiro de 2007.

Segundo denúncia do blog O Cafezinho, a Rede Globo disfarçou a compra dos direitos de transmissão dos jogos da Copa do Mundo de 2002 como investimentos em participação societária no exterior, no que teria resultado na sonegação de R$ 183,14 milhões, em valores não atualizados; somando juros e multa, já definidos pelo fisco, o valor que a Globo devia ao contribuinte brasileiro em 2006 sobe a R$ 615 milhões.

Ribeiro foi filmada, às 15h14 de 2 de janeiro, entrando com uma bolsa vazia na sala onde estavam os processos. Ao sair, às 17h17, carregava duas bolsas com volumes. Segundo o Ministério Público, com o desaparecimento, a Globo ajudou a recompor os autos cedendo cópia dos documentos. Depois disso, a Receita não aceitou a defesa da emissora, que, em 2009, aderiu ao Refis (Programa de Recuperação Fiscal) e parcelou seus débitos.

Ela também vai responder por crimes contra o fisco envolvendo a Forjas Brasileiras, Mundial Produtos de Consumo e P&P Porciúncula.

O julgamento ocorreu em junho deste ano pelo juiz da 3ª Vara Criminal Federal, que a condenou a quatros anos e 11 meses de prisão, além de multa. Em 2007, ela chegou a ser presa preventivamente para evitar riscos às investigações. Agora, segue em liberdade até novo julgamento, ainda sem data."
You are subscribed to email updates from Brasil! Brasil!
To stop receiving these emails, you may unsubscribe now.
Email delivery powered by Google
Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610



--
Francisco Almeida 




Postar um comentário