quinta-feira, 16 de maio de 2013

Via Email: BRASIL! BRASIL!: Preparando o segundo governo Dilma



BRASIL! BRASIL!


Posted: 15 May 2013 06:07 PM PDT

"Nos jornais, informa-se que Dilma Rousseff já estaria montando uma equipe para começar a pensar o segundo governo.

Há um conjunto de fatores permitindo o otimismo, a começar dos seus altos índices de popularidade, as dificuldades para o fortalecimento de candidaturas alternativas. O fato de se começar a planejar o segundo governo é relevante, mesmo porque daqui até as eleições não haverá grandes definições na economia.

***

Há um conjunto de problemas reais e outro ilusórios na economia.
O ilusório é a inflação. É evidente haver necessidade de manter a inflação sob controle, de perseguir uma redução – e não será com a taxa Selic que se conseguirá.

O grande desafio é o da competitividade e suas implicações sobre as contas externas e sobre o dinamismo da economia.
Mais informações »
Posted: 15 May 2013 05:55 PM PDT

Posted: 15 May 2013 05:54 PM PDT


Rosalba Ciarlini após encontro
com Dilma no Planalto


"Rosalba Ciarlini, do Rio Grande do Norte, diz que tem relação "republicana" com a presidenta


Única governadora do DEM, Rosalba Ciarlini, governadora do Rio Grande do Norte, se recusou a gravar um programa partidário com críticas à presidenta Dilma Rousseff.

O pedido havia sido feito pela direção do seu partido para um propaganda que vai ao ar no início de junho em todo o país.

"Foi uma decisão minha de não participar, porque eu tenho tido um bom relacionamento com o governo federal. A presidente tem tido um tratamento realmente republicano," disse a governadora, em entrevista à Folha de S. Paulo.


Na entrevista, ela disse que tem tido acesso aos programas do governo sem dificuldades, mas reclamou da demora de recursos para combater a seca. "É claro que a gente também não deixa de reclamar quando demora, como quando demorou na seca. Apesar de aprovados, os recursos estavam demorando muito a chegar."
Posted: 15 May 2013 04:30 PM PDT


Iolando Lourenço e Sabrina Craide, Agência Brasil

"Para acelerar o processo de votação da Medida Provisória (MP) 595, conhecida como MP dos Portos, o governo mudou a estratégia: em vez de votar destaque por destaque, preferiu agrupar alguns desses dispositivos em emendas aglutinativas, que têm preferência de votação sobre os destaques. A ideia dos governistas é aprovar essas emendas e depois, se for o caso, a presidenta Dilma Rousseff vetá-las. A matéria tem que ser aprovada na Câmara e no Senado até a meia-noite de amanhã (16), para não perder a validade.

Neste momento, estão previstas 12 votações, entre destaques e emendas aglutinativas à MP. A emenda que está sendo analisada agora pelos deputados, apresentada por governistas, aglutina cinco destaques, da base e também da oposição, dos que faltam para ser votados. Caso ela seja aprovada, esses destaques estarão prejudicados e não serão levados à votação, diminuindo o número de matérias na pauta de votação.

Mais cedo, a oposição apresentou quatro emendas aglutinativas, que foram retiradas pelos autores após a defesa da sua aprovação. O mesmo texto das emendas foi apresentado minutos depois pelos aliados do governo, o que gerou protestos na oposição. O líder do PMDB, deputado Eduardo Cunha (RJ), criticou a atitude da oposição e disse que a emenda não poderia ter sido retirada depois que começou a ser apreciada.

A emenda diz que os contratos de arrendamento em vigor firmados depois da Lei 8.630, de 1993, a atual Lei dos Portos, poderão ser prorrogados uma única vez pelo prazo máximo previsto em contrato, desde que o arrendatário promova os investimentos necessários para a expansão e modernização das instalações portuárias. O texto original previa apenas a possibilidade de antecipação da prorrogação dos contratos em vigor."
Posted: 15 May 2013 09:22 AM PDT


Finlândia: a melhor educação do mundo é 100% estatal, gratuita e universal (Imagem: Reprodução / Documentário)


"O documentário abaixo deveria ser assistido e discutido por todos os educadores, todas as escolas, todas as pessoas interessadas na educação no Brasil


A Finlândia tem a melhor educação do mundo. Lá todas as crianças

tem direito ao mesmo ensino, seja o filho do empresário ou o filho do garçom. Todas as escolas são públicas-estatais, eficientes, profissionalizadas. Todos os professores são servidores públicos, ganham bem e são estimulados e reconhecidos. Nas escolas há serviços de saúde e alimentação, tudo gratuito.

Na Finlândia a internet é um direito de todos.

A Finlândia se destaca em tecnologia mais do que os Estados Unidos da América.

Sim, na Finlândia se paga bastante impostos: 50% do PIB.
O país dá um banho nos Estados Unidos da América em matéria de educação e de não corrupção.

Na Finlândia se incentiva a colaboração, e não a competição.
Mas os neoliberais-gerenciais, privatistas, continuam a citar os EUA como modelo.
Mais informações »
Posted: 15 May 2013 09:01 AM PDT


"Presidente do STF já conta com o fato de que ao menos cinco ministros pensam diferente dele na questão dos embargos infringentes; ou seja, se metade do plenário decidir que cabe esse tipo de recurso no caso de Delúbio Soares - o primeiro a recorrer -, o placar de empate é favorável aos réus; sem contar que ainda seriam escolhidos novos relator e revisor, praticamente um novo julgamento, com grandes chances de vitória aos acusados

Brasil 247

No grupo que defende a tese de que os embargos infringentes não podem ser apresentados ao Supremo Tribunal Federal, o presidente da corte, Joaquim Barbosa, conta com a possibilidade de vitória dos réus no julgamento da Ação Penal 470. Ele já negou o primeiro, apresentado por Delúbio Soares à frente dos outros 24 condenados, mas o caso deve ir ao plenário, uma vez que a defesa pretende recorrer da decisão.

Estando nas mãos de todos os ministros, o caso pode terminar de forma favorável aos réus. Isso porque, na especulação de Barbosa, é possível que ao menos cinco ministros não pensem como ele. Ou seja, avaliam que esse tipo de recurso – usado quando o réu tem ao menos quatro votos em favor de sua absolvição – é válido. Caso o placar termine em empate, o ponto tem de ser em favor dos condenados."
Matéria Completa, ::AQUI::
Posted: 15 May 2013 08:55 AM PDT


Flávia Villela, Agência Brasil
 
"O volume de vendas do comércio varejista registrou variação de -0,1% em março na comparação com fevereiro, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os dados divulgados hoje (15) apontam também que apesar da queda no volume de vendas, a receita nominal subiu 0,8% na mesma comparação.

Na comparação com março de 2012, o volume de vendas do varejo nacional cresceu 4,5%. Nos três primeiros meses do ano, o índice registra alta de 3,5% e no acumulado dos últimos 12 meses, a variação positiva é 6,8%.
Mais informações »

Posted: 15 May 2013 08:41 AM PDT


Feliciano entra neste "jogo de injustiças" e pode se tornar uma das vítimas nesta inversão de valores, diz Maria Silva em Pernambuco


'Segundo a ex-senadora, o pastor entra em um "jogo de injustiças" e pode se tornar uma vítima da "inversão de valores"


A ex-senadora Marina Silva defendeu o deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados. "Não gosto como este debate [sobre legalização do aborto e casamento gay] vem sendo conduzido. Hoje, se tenta eliminar o preconceito contra gays substituindo por um preconceito contra religiosos", disse a senadora na noite desta terça-feira 14, segundo informações do site do jornal Diário de Pernambuco. "Feliciano está sendo mais hostilizado por ser evangélico que por sua declarações equivocadas."

Ainda segundo o site do jornal, Marina disse que Feliciano entra neste "jogo de injustiças" e pode se tornar uma das vítimas nesta "inversão de valores". Ela também disse que gostaria de ver um ateu ser julgado pelo que disse e não pelo fato de ser ateu. 


As declarações foram feitas durante uma palestra na Universidade Católica de Pernambuco. Atualmente, Marina roda o Brasil buscando apoio para formar a Rede, partido que deve abrigar sua candidatura à Presidência da República em 2014.

Feliciano causou diversas polêmicas com seus comentários e vem sendo alvo de críticas desde sua eleição à presidência da comissão. Em um discurso durante um congresso evangélico, ele afirmou que a Aids era o "câncer gay". "A própria ciência revela o predomínio de infecção por esta doença em pessoas manifestamente homossexuais, tanto é verdade que quando se doa sangue na entrevista se for declinada a condição de homossexual essa doação é recusada", sustentou mais tarde também em seu site.

Em 2011, publicou no Twitter que os descendentes de africanos seriam pessoas amaldiçoadas. "A maldição que Noé lança sobre seu neto, Canaã, respinga sobre o continente africano, daí a fome, pestes, doenças, guerras étnicas!"
Posted: 15 May 2013 07:19 AM PDT

Posted: 15 May 2013 07:18 AM PDT



'O coronel reformado Brilhante Ustra pleiteou na Justiça o direito ao silêncio para depor na Comissão Nacional da Verdade. Mas não o usou.

Ao contrário, viu-se aos berros negando o fato de ter havido tortura na ditadura e se arrostando na função de salvador de nossa democracia.
A explicação é absurda, mas não inédita.

Hitler também dizia agir em legítima defesa quando, tornando a Alemanha uma ditadura racista e sanguinária, perseguiu e matou aos milhões judeus, homossexuais, ciganos, comunistas e doentes mentais. A "pureza" salvaria a nação das conspirações de bolcheviques e sionistas…

Alegar que militares torturaram pela democracia é mais ou menos como dizer que o assaltante atirou só porque a vítima reagiu.
Mais informações »
Posted: 15 May 2013 06:14 AM PDT


"Ou Renan Calheiros e Henrique Eduardo Alves se levantam ou é melhor passar o cadeado no parlamento brasileiro


Poucas coisas são caras no Brasil como o Congresso Nacional. Cada parlamentar brasileiro custa US$ 7,4 milhões por ano, o que torna o Poder Legislativo brasileiro o segundo mais oneroso do mundo, atrás apenas do norte-americano, segundo um levantamento recente das Nações Unidas. Se é assim, não faz sentido desperdiçar tanto tempo e tantos recursos na elaborações de leis, no trabalhos de comissões e nas votações em plenário que, ao fim e ao cabo, valem tanto quanto uma nota de três.
Mais informações »

You are subscribed to email updates from Brasil! Brasil!
To stop receiving these emails, you may unsubscribe now.
Email delivery powered by Google
Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610



--
Francisco Almeida 





Postar um comentário