sábado, 4 de maio de 2013

Via Email: BRASIL! BRASIL!: A Internet e o fim do pensamento único



BRASIL! BRASIL!


Posted: 03 May 2013 05:50 PM PDT


Luis Nassif,  Luis Nassif Online
 
"A principal mudança trazida pela Internet no modo de produção jornalística é a interatividade – ou seja, a possibilidade do leitor-comentarista participar da construção do conhecimento.

Ontem escrevi um texto sobre a competência do Globo. No Blog, o leitor Jorge Vieira colocou comentário inteligente, completando o raciocínio.

Diz ele que faltou à Globo visão estratégica e de futuro para consolidar uma relação permanente com seu público.
São dois os pontos de crítica:

"Um monopólio de fato nessa área, perseguindo permanentemente o poder político, produz, no médio e no longo prazo, um gigante de pés de barro, cercado de ameaças por todos os lados".


A segunda, decorrente da primeira, se prende ao fato de não diversificar os pontos de vista sobre os principais temas.

"De repente, por exemplo, ocorre um crime cometido por um menor de 18 anos que choca a todos e, aí, você vê por vários dias notícias veiculadas de crimes cometidos por menores de idade até a onda passar. Você percebe que vem uma ordem da direção: a hora é de demonizar os menores infratores".
Artigo Completo, ::AQUI::
Posted: 03 May 2013 05:43 PM PDT


Joaquim Barbosa fala na Costa Rica
o que nunca disse no Brasil (Foto: ABr)


"Joaquim Barbosa admite que mídia brasileira é de direita e racista. Avaliando a ausência de diversidade político-ideológica, Barbosa lembrou que há apenas três jornais de circulação nacional, "todos eles com tendência ao pensamento de direita"

Pragmatismo Político

Em discurso há pouco no evento de comemoração do Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, realizado pela Unesco, na Costa Rica, o presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, afirmou que a mídia brasileira é afetada pela ausência de pluralismo.

Ressaltando que neste ponto falava como acadêmico, e não como presidente do STF, Barbosa avaliou que esta característica pode ser percebida especialmente pela ausência de negros nos meios de comunicação e pela pouca diversidade política e ideológica da mídia.


A apresentação do presidente do STF se deu em quatro partes voltadas a apresentar uma perspectiva multifacetada sobre liberdade de imprensa. Na abertura, reafirmou o compromisso da corte e do país com a liberdade de expressão e de imprensa, e ressaltou que uma imprensa livre, aberta e economicamente sólida é o melhor antídoto contra arbitrariedades. Barbosa lembrou a ausência de censura pública no Brasil desde a redemocratização em 1985."
Matéria Completa, ::AQUI::
Posted: 03 May 2013 05:31 PM PDT
"Aparentemente, o debate é surrealista. Num país onde 86% dos salários foram reajustados acima da inflação em 2012, um número crescente de observadores e políticos resolveu iniciar uma campanha preventiva contra a indexação salarial.

Paulo Moreira Leite, ISTOÉ

Não há nada de estranho nesse comportamento, contudo.
Todo mundo sabe que não é preciso levar a sério a proposta de indexação de salários, lançada por Paulinho, da Força Sindical.

Ela ajuda Paulinho a procurar uma imagem  mais combativa do que a CUT, coisa que tenta fazer desde o início do governo Dilma.  Mas é politicamente inviável e seria economicamente desastrosa.


Cumpre, no entanto,  uma utilidade política. Ajuda a construir um fantasma, criando uma ameaça teatral que pode ajudar no avanço sobre os salários. 
Mais informações »
Posted: 03 May 2013 04:59 PM PDT

Posted: 03 May 2013 04:19 PM PDT


"O encontro entre a presidente Dilma Rousseff e o senador Aécio Neves (PSDB-MG), na Expozebu, em Uberaba (MG), foi marcado pela cordialidade e por gestos recíprocos de simpatia; às vésperas de uma campanha pela Presidência da República, em 2014, que promete ser intensa, a cena aponta para uma disputa como deve ser: dura, porém leal, entre contrários, mas respeitosa; no abraço, fortaleceu-se a democracia brasileira

Brasil 247 / Minas 247

"O Brasil não guarda uma boa lembrança da última campanha presidencial. A reta final da eleição de 2010, que teve Dilma Rousseff e José Serra na disputa do segundo turno, descambou em alguns momentos para o mais rasteiro debate religioso e para ataques pessoais. Diante da perspectiva de mais uma corrida eleitoral acirrada, já em clima crescente de tensão, uma cena desta sexta-feira serve de alento -- e pode até servir de exemplo para as eleições de 2014.
Mais informações »

Posted: 03 May 2013 09:20 AM PDT


"Aplaudida em reduto tucano, presidente diz acreditar que o Congresso terá "sensibilidade" ao analisar a medida, que traz um novo marco regulatório para o setor; em discurso curto na abertura da 79ª edição da Expozebu, em Uberaba, presidente ressaltou a parceria público-privada que fez do Brasil pioneiro em tecnologia agropecuária, falou sobre o novo plano de safra e foi elogiada pelo governador tucano Antonio Anastasia; ela dividiu o palanque com o opositor Aécio Neves; evento mostra disputa de território político também no plano estadual, com a presença do ministro Fernando Pimentel, candidato ao governo do Estado

Brasil 247 / Minas 247

Num palanque dividido com tucanos, a presidente Dilma Rousseff foi aplaudida na manhã desta sexta-feira 3 durante a abertura da 79ª Exposição Internacional de Gado Zebu (Expozebu 2013), em Uberaba. Em seu curto discurso, ela destacou as parcerias público-privadas que fizeram do Brasil o pioneiro em tecnologia agropecuária, falou sobre o novo plano de safra e elogiou a feira como uma das mais importantes do Brasil e fundamental para o setor pecuário."
Matéria Completa, ::AQUI::
Posted: 03 May 2013 08:31 AM PDT




"A entrevista à Folha Ilustrada é um novo capítulo de sua incontinência verbal e indigência intelectual.

"Ficar chateado ou mordido com o que a imprensa escreve é uma ingenuidade. Porque é o veículo do qual a gente tem de se valer, e tentar driblar, para colocar nosso produto na praça".

Isso é Lobão numa entrevista dos anos 90. É o que ele sempre fez em sua carreira: se autopromover a qualquer custo para vender seja lá o que for. Desta vez foi na Folha Ilustrada, numa entrevista sobre o lançamento de seu novo livro de "ensaios". 
Mais informações »

Posted: 03 May 2013 08:07 AM PDT


Ricardo Kotscho, Balaio do Kotscho

"Já que as pesquisas e as urnas não têm sido generosas com as velhas siglas para apear o PT do poder, começa-se a armar uma "nova oposição" extrapartidária.

É verdade que o esquema pouco tem de novo, já que há tempos vem atuando de forma organizada este aparato jurídico-midiático-financeiro armado pelos antigos donos  do poder, mas agora já nem se procura disfarçar mais o que antes se tramava no aconchego dos gabinetes fechados e nas colunas dos seus porta-vozes. Nova é apenas a ousadia dos seus mentores e o surrealismo da situação.

E  quem surge como comandante em chefe deste movimento que agora faz questão de mostrar a sua cara e a sua força? É um ministro do Supremo Tribunal Federal, o ex-advogado-geral  da União Gilmar Mendes, nomeado para o cargo pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que se notabilizou por dar dois "habeas-corpus" a Daniel Dantas e a permitir a  fuga do médico Roger Abdelmassih, condenado a 278 anos de prisão por ter estuprado 58 mulheres..

Depois de passar alguns meses longe dos holofotes e das manchetes, ofuscado pelo protagonismo do relator Joaquim Barbosa e do procurador-geral Roberto Gurgel no julgamento do mensalão, eis que Mendes volta solenemente à ribalta como o novo manda-chuva da República, mesmo sem ter conquistado nenhum voto."
Matéria Completa, ::AQUI::
Posted: 03 May 2013 07:16 AM PDT


Maria Inês Nassif, JornalGGN

"Os acontecimentos das últimas semanas mostram o preço que está sendo cobrado à democracia brasileira pelo ativismo político do Supremo Tribunal Federal (STF). Mesmo um ministro com o perfil de Gilmar Mendes teria pensado duas vezes para interferir na tramitação de um projeto de lei em tramitação no Legislativo, ainda mais por meio de um ato de decisão pessoal (o chamado ato monocrático), se não tivesse confiança de que esses últimos 10 anos hipertrofiaram o Judiciário e deram àquele o respaldo de setores poderosos da sociedade para arriscar por mares nunca antes navegados na democracia brasileira. Nunca antes uma intenção de lei foi vista como risco à Constituição por nenhum ministro do Supremo – e talvez também nunca um partido político com representação no Legislativo tenha ido tão longe para supostamente fazer valer o direito de uma minoria, ao entrar com um mandado de segurança contra uma decisão ainda em exame no Congresso.
Mais informações »
Posted: 03 May 2013 06:22 AM PDT




"A produção industrial brasileira subiu 0,7 por cento em março frente a fevereiro, segundo divulgou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira.

Na comparação com março de 2012, a produção diminuiu 3,3 por cento.

De acordo com pesquisa da Reuters junto a 27 analistas, a expectativa era de que a produção industrial subisse 1,3 por cento em março ante fevereiro. As estimativas variaram de alta de 0,8 a 2,0 por cento.

Na comparação anual, a expectativa era de recuo de 2,1 por cento na mediana de 25 projeções, sendo que as projeções variaram de queda de 3,2 por cento a alta de 1,3 por cento."
You are subscribed to email updates from Brasil! Brasil!
To stop receiving these emails, you may unsubscribe now.
Email delivery powered by Google
Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610



--
Francisco Almeida 





Postar um comentário