terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Via Email: BRASIL! BRASIL!: “Se o Gurgel não abrir inquérito contra o Aécio, estará prevaricando”, afirma deputado



BRASIL! BRASIL!


Posted: 18 Feb 2013 05:25 PM PST


Aécio foi citado em denúncia à Procuradoria Geral da República
Conceição Lemes, de Viomundo / Correio do Brasil


"Em Minas, o ex-procurador Alceu Marques Torres arquivou duas representações contra Aécio e Andrea Neves. Em 31 de maio de 2011, os deputados Rogério Correia, Sávio Souza Cruz e Antonio Júlio entregaram a Roberto Gurgel outra denúncia. Ela está na gaveta do procurador-geral da República há 22 meses e 17 dias

17 de abril de 2011. Madrugada de domingo, Leblon, Zona Sul carioca. O senador Aécio Neves (PSDB-MG), dirigindo uma Land Rover, é parado pela polícia numa blitz de trânsito. Convidado a fazer o teste do bafômetro, ele se recusa. A carteira de habilitação, vencida, é apreendida. Leva duas multas.

A partir daí, o poderoso bunker montado para protegê-lo foi sofrendo alguns abalos.

O Movimento Minas Sem Censura (MSC), bloco de oposição que reúne parlamentares do PT, PMDB, PCdoB e movimentos sociais, descobriu fatos até então desconhecidos. Além de denunciá-los publicamente, fez representações a várias instâncias, pedindo que fossem investigados. Essas ações não deram em nada até agora.

Na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), as tentativas para instalar CPIs não prosperaram. Lá, como em São Paulo, vige a lei da mordaça tucana."
Matéria Completa, ::AQUI::

Posted: 18 Feb 2013 05:17 PM PST


Rodolpho Motta Lima, Direto da Redação

"Ainda sob os ecos do  carnaval, resolvi encabeçar este artigo com o título de famosa marchinha que, durante muitos anos, no passado, animava os bailes de momo, e que continua a empolgar nos desfiles de bloco que estão voltando às ruas do Rio. Também o faço porque meu assunto é a coluna do Nelson Motta no jornal "O Globo" do dia 08.02, intitulada "Piadas no salão". Os indiscutíveis  méritos que atribuo ao jornalista quando se trata de documentar a música popular brasileira são diretamente proporcionais aos deméritos que vejo em seu pensamento político-ideológico.

No artigo em questão, ele  pretende desancar com aqueles que, como eu, acreditam que o governo poderia e deveria reestudar a questão dos recursos oriundos de verbas de publicidade, deixando de alimentar de forma quase escandalosa os cofres de empresas que, embora de diferentes razões sociais, constituem, juntas, um formidável monopólio de "informação" comprometido com interesses ideológicos e partidários que beiram o golpismo, com crescentes e monocórdios ataques marcados por uma pauta permanentemente voltada para  a manipulação dos fatos ao seu bel-prazer.
Mais informações »
Posted: 18 Feb 2013 05:03 PM PST


Ricardo Kotscho, Balaio do Kotscho

"O pessoal que arrisca uma fezinha nas bolsas de apostas em Londres pode anotar uma dica que não tem erro: toda vez que houver eleição na América Latina, é só jogar no candidato que a grande mídia brasileira, autodenominada "imprensa independente", está combatendo.
É incrível como este pessoal gosta de perder eleição. Desta vez, foi no Equador, onde o "inimigo" Rafael Correa se reelegeu no domingo com 40 pontos de vantagem sobre o adversário mais próximo, o ex-banqueiro Guillermo Lasso.

Em eleições anteriores no Brasil, na Argentina, na Venezuela, na Bolívia, no Paraguai, no Uruguai, por todo canto, não deu outra. São os colunistas e blogueiros "independentes" de um lado, e a maioria dos eleitores do outro. O neoliberalismo praticamente foi varrido do mapa da América do Sul nos últimos dez anos e só sobrevive em setores da velha imprensa.

Até os termos empregados para qualificar os candidatos que eles querem derrotar, achando-se ainda capazes de definir uma eleição, são os mesmos: "populistas", "assistencialistas" e "autoritários".
Mais informações »

Posted: 18 Feb 2013 04:57 PM PST



"Ilha caribenha cercada de capitalismo por todos os lados outra vez na berlinda; como se ainda estivesse de boina na cabeça e metralhadora em punho, Fidel Castro marcado pelos anos segue sendo referência; para o bem e o mal; regime promove reformas como as que trazem Yoani Sánchez ao Brasil, mas Sociedade Interamericana de Imprensa gasta milhões para fazer dela, em 10 países, mártir; avanços se refletem em governo populares da América Latina, mas não suavizam boicote econômico americano; de Eisenhower, na década de 1950, à Obama, com agravantes nos governos democratas de Kennedy e Clinton, o que se quer é matar o sonho socialista; que tal compreender Cuba em lugar de só atacá-la?

Marco Damiani, Brasil 257


A partir da maior ilha do Caribe, cercada de capitalismo por todos os lados, o comandante Fidel Castro ainda parece estar, aos olhos de muitos, de boina militar, grossos óculos de grau e metralhadora em punho. No auge da forma, ao lado de Guevara e Cienfuegos. Afinal, continua a maior potência econômica da terra a querer derrubá-lo. É assim desde a imposição pelos Estados Unidos, em 1958, às vésperas da vitória da revolução popular, do boicote econômico. Obra do presidente republicano (e general) Dwight Eisenhower, ampliada pelos democratas John Kennedy e Bill Clinton, mantida sem cerimônia por Barack Obama. Lá se vão 54 anos jogando contra.

Agora, a estratégia econômica de cerco a Cuba é acrescida de uma jovem face política. Sob os auspícios da Sociedade Interamericana de Imprensa, entidade fundada em Washington D.C., em 1926, com sede permanente na Flórida, em Miami, e cuja próxima assembléia geral está  marcada para Denver, no Colorado, a blogueira Yoani Sánchez começou pelo Brasil uma viagem a nove outros países. Tem um recado na ponta da língua: quer democracia para Cuba.

A que tipo de democracia ela se refere não fica bem claro. Seria, por exemplo, o regime que os americanos implantaram no Iraque, com George W. Bush e Barack Obama? Ou, antes, na década de 1980, naquela que resultou da invasão a outra ilha caribenha, Granada, sob os mariners de Ronald Regan? Talvez a democracia que vigore na vizinha Jamaica, que ostenta na capital Kingston a considerada maior favela do mundo, Trenchtown? Ou a democracia como a monitorada no Líbano, onde qualquer um pode vencer as eleições sem protestos, à exceção do Hizbollah, preferido da maioria? A democracia imposta à Palestina? Quem sabe democracias como as existentes nos países africanos, entregues à própria sorte?"
Matéria Completa, ::AQUI::

Posted: 18 Feb 2013 07:56 AM PST


Kelly Oliveira, Agência Brasil

"Após seis semanas seguidas em alta, a estimativa de instituições financeiras para a inflação este ano foi levemente reduzida. A projeção para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) passou de 5,71% para 5,7%. Para 2014, permanece a projeção de 5,5%, há 14 semanas. Essas estimativas são resultado de pesquisa do Banco Central (BC) a instituições financeiras sobre os principais indicadores econômicos.

As estimativas continuam distantes do centro da meta de inflação, de 4,5%, mas abaixo do limite superior de 6,5%. É função do BC fazer com que a inflação convirja para o centro da meta.
Mais informações »
Posted: 18 Feb 2013 07:34 AM PST


Mário Augusto Jakobskind, Direto da Redação

"A revista Veja, como sempre, segue aprontando. Desta vez tenta envolver a Embaixada de Cuba em um suposto dossiê contra a blogueira cubana Yoáni Sánchez, que chega ao Brasil nesta segunda-feira (18). De quebra aparece o senador Álvaro Dias tentando reforçar o absurdo.

A Veja e o senador tucano estão equivocados. Não é necessário nenhum dossiê da embaixada cubana, como afirmam, para saber quem é Yoáni Sánchez. Ela tem vínculos profundos com o Departamento de Estado norte-americano e cobertura internacional em vários órgãos da mídia de mercado.

No Brasil, não é mistério nenhum, a blogueira foi requisitada pelo Instituto Millenium para dar o recado contra o regime cubano. Escreve artigos que não resistem a menor análise.
Mais informações »
Posted: 18 Feb 2013 07:27 AM PST

Posted: 18 Feb 2013 07:22 AM PST
"Esquema montado para manter Aécio Neves no Poder em Minas Gerais transformou-se no principal obstáculo para seu crescimento a nível nacional


novojornal

Vítima da própria mentira propagada a preço de ouro pelos veículos da mídia regional e nacional que viram nele um excelente negócio, conforme informado por Novojornal na matéria; "Aécioduto. O novo grande negócio da mídia nacional", o ex-governador de Minas e atual senador finalmente depara-se com o mundo real onde terá que provar suas verdadeiras habilidades.

A perspectiva de uma revoada tucana vem tomando corpo na ala do PSDB mais ligada ao ex-governador José Serra (SP). O combustível para essa ideia, na opinião do líder do partido no Senado, Alvaro Dias (PR), são o esquema que cerca Aécio e a "escolha" antecipada do seu nome como candidato do partido em 2014.

"Tudo isso é consequência de uma postura de antecipar o nome do candidato sem discutir com a base do partido, sem a participação da militância", considerou o senador, que não descarta os movimentos dissidentes.
Seguindo o que vem ocorrendo desde 2002, o nome de Aécio foi lançado pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, em reunião do partido, no final do ano passado. O próprio Fernando Henrique vem se empenhado para desatrelar da candidatura de Aécio os nomes de sua irmã Andréa Neves e Danilo de Castro.


"Revoada pode ser exagero, mas o que não dá é ter uma postura de avestruz, que enterra a cabeça e ignora que a insatisfação existe", disse o senador. "A estratégia adotada foi de valorizar a cúpula do partido e desconsiderar as bases. É claro que isso gera dissidência", ponderou o senador."
Matéria Completa, ::AQUI::
Posted: 18 Feb 2013 06:18 AM PST


A queda de 7,29% da moeda norte-americana
fez a dívida pública externa recuar 7,8%,
encerrando janeiro em R$ 76,79 bilhões


Correio do Brasil / Abr

"Apesar de ter superado a barreira de R$ 2 trilhões em dezembro, a Dívida Pública Federal (DPF) encerrou o ano passado com a melhor composição da história. Uma série de trocas de títulos executada pelo Tesouro Nacional ao longo de 2012 reduziu o risco de a dívida pública fugir do controle nos próximos anos, retirando de circulação mais de R$ 100 bilhões de papéis indexados à Selic (taxa básica de juros da economia).

De acordo com o Tesouro, a fatia da dívida interna em títulos corrigida por taxas flutuantes como a Selic atingiu 22,55% em dezembro, o menor percentual desde 1997, quando começaram a ser feitas as medições. Em contrapartida, a proporção dos papéis prefixados (com juros que não flutuam e são definidos antecipadamente) fechou o ano em 41,18%, no maior nível da história. Os números levam em conta as compras e vendas de dólares no mercado futuro pelo Banco Central, que influenciam o resultado final.
Mais informações »
Posted: 18 Feb 2013 05:11 AM PST


"Governador de Pernambuco envia carta para ex-senadora cumprimentando pela iniciativa de criar uma legenda e afirmando que os socialistas compartilham dos mesmos anseios que a nova agremiação vem apresentando; para o presidente do PSB, o lançamento de dois nomes fortes pode balançar a hegemonia de Dilma Rousseff e levar o pleito para um segundo turno, onde tudo poderia acontecer

Brasil 247

O governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB) enviou, no último sábado, uma mensagem à ex-senadora Marina Silva, cumprimentando pelo lançamento da Rede Sustentabilidade. No texto, Campos afirma que os socialistas compartilham dos mesmos anseios que a nova agremiação vem apresentando. A aproximação reforça as especulações sobre as eleições de 2014.

O lançamento de dois nomes fortes como os de Marina Silva e Eduardo Campos na corrida eleitoral para o cargo de Presidente da República pode balançar a hegemonia de Dilma Rousseff e levar o pleito para um segundo turno. Leia na coluna de Vera Magalhães, do Painel, da Folha:

Amizade...

A carta em que Eduardo Campos (PSB) aplaude a nova sigla de Marina Silva foi entregue por Sérgio Xavier, secretário de Meio Ambiente de Pernambuco, que liderou comitiva de 25 representantes do Estado no evento dos sonháticos."
Matéria Completa, ::AQUI::
You are subscribed to email updates from Brasil! Brasil!
To stop receiving these emails, you may unsubscribe now.
Email delivery powered by Google
Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610



--
Francisco Almeida / (91)81003406
Postar um comentário