quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Via Email: BRASIL! BRASIL!: Delfim: Pessimismo sobre a economia é exagerado


BRASIL! BRASIL!


Delfim: Pessimismo sobre a economia é exagerado

Posted: 20 Feb 2013 05:09 AM PST


"Ex-ministro da Fazenda alerta para o esquecimento, por parte dos pessimistas, de "avanços importantes"; segundo Delfim Netto, "a afirmação de que se abandonou o famoso tripé da política econômica canônica a que se apegam nossos sacerdotes é falsa"


O ex-ministro da Fazenda Delfim Netto faz um alerta em seu artigo publicado na Folha de S.Paulo desta quarta-feira 20. Segundo ele, há um "evidente exagero" no pessimismo atual sobre a política econômica. "Finge-se ignorar", diz Delfim, "avanços importantes" na área e "é falsa", afirma, a constatação de que o tripé da política econômica canônica foi abandonado. Leia abaixo a íntegra do artigo:

Pessimistas

Há um evidente exagero no pessimismo sobre a política econômica. Faz-se tábula rasa do claro progresso social que está gestando uma classe média mais educada e, consequentemente, mais exigente de qualidade dos serviços públicos, sem a qual não se consolidam as instituições democráticas que contribuem para o aumento paulatino da igualdade de oportunidades.
Mais informações »

Charge do Bessinha

Posted: 19 Feb 2013 05:15 PM PST


PT, 10: o Brasil mudou. Mas mudou o bastante?

Posted: 19 Feb 2013 04:29 PM PST


"Em festança no Anhembi, em São Paulo, nesta quarta-feira 20, o PT comemora uma década no poder federal; presidente Dilma, ex-presidente Lula e todos os capas-pretas da legenda irão enaltecer os feitos dos quais foram os autores principais; a tônica será a de que o Brasil mudou, a miséria está próxima do fim e o sonho do poder só bem começou; mas o que dizer dos erros acumulados e das dificuldades em projetar um futuro menos polêmico que o passado tumultuado?

Brasil 247

E assim se passaram dez anos... Da primeira posse de Lula, em janeiro de 2002, à festança marcada para esta quarta-feira 20, em São Paulo, o PT pode olhar para trás e comemorar, agora, uma década de hegemonia no poder. Quase um terço de sua história de 33 anos de vida. Para qualquer partido político, em qualquer parte do mundo, um feito e tanto. Dando ainda mais graça às festividades, o PT pode exibir a popularidade recorde da presidente Dilma Rousseff, a força incomparável do ex-presidente Lula e os recentes resultados das eleições municipais, nas quais seus quadros assumiram São Paulo, a maior cidade do País, e outros 615 municípios. Foi uma multiplicação por 5,5 em relação ao número de conquistas municipais no ano 2000.

No campo das realizações, o partido afirma não menos que, praticamente, erradicou a miséria da vida nacional. Na terça-feira 19, a presidente Dilma Rousseff anunciou a extensão do programa Bolsa Família para mais 2,5 milhões de beneficiários, o que elevaria para 22 milhões o número de pessoas que, em razão do programa assistencial, teriam deixado a faixa mais baixa da sociedade apenas nos últimos dois anos. Outros 40 milhões teriam pulado a linha da miséria durante a Era Lula. "Com este ato, o Brasil vira uma página decisiva na nossa longa história de exclusão social", disse Dilma. Faltariam, apenas, mais 790 mil pessoas no Bolsa Família para se poder dizer que não há mais miseráveis no Brasil."
Matéria Completa, ::AQUI::

Gilmar emprega candidato que apoia para vaga no STF

Posted: 19 Feb 2013 04:07 PM PST


Eduardo Guimarães, Blog da Cidadania

"Lendo o imprescindível blog Conversa Afiada, de Paulo Henrique Amorim, deparo com uma matéria surpreendente que dá conta de que o ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes trabalha pela candidatura do advogado Humberto Bergman Ávila para a vaga aberta naquela Corte pela aposentadoria do ministro Carlos Ayres Britto.

A matéria de PHA informa vínculos profissionais que Mendes teria com Ávila no Instituto Brasiliense de Direito Público. Todavia, revendo tudo o que foi publicado na imprensa sobre a Escolinha do Professor Gilmar, não encontrei uma relação direta entre o ministro do STF e o aspirante ao mesmo posto, apesar de todos os indícios.

Curioso, corri ao Google. Sem maior esforço, descubro o que, até então, não fora veiculado."
Matéria Completa, ::AQUI::

A Falha vai derrotar a Folha?

Posted: 19 Feb 2013 08:16 AM PST


Altamiro Borges, Blog do Miro

"Nesta quarta-feira (20), a partir das 9 horas da manhã, ocorre um julgamento decisivo para o futuro da blogosfera e da verdadeira liberdade de expressão no Brasil. A 5ª turma de desembargadores do Tribunal de Justiça de São Paulo decidirá se o blog Falha de S.Paulo, censurado por determinação judicial desde outubro de 2010, poderá voltar ao ar livremente. Será a briga entre um sítio irreverente e crítico contra um dos maiores impérios midiáticos do país, o Grupo Folha. A famiglia Frias, que no passado apoiou o golpe e a ditadura militar e que hoje censura um blog satírico, estará na berlinda.

O julgamento é inédito no Brasil, segundo a avaliação do próprio juiz de 1ª instância, Gustavo de Carvalho, que rejeitou alguns dos argumentos da Folha, mas manteve a Falha fora do ar. Os três desembargadores que julgarão o caso vão decidir se prevalece a tese da Grupo Folha, de "uso indevido da marca" (mesmo que não houvesse concorrência comercial e o objetivo fosse uma paródia) ou a tese dos criadores da Falha, os irmãos Lino e Mário Bocchini, que evoca a liberdade de expressão para fazer críticas.
Mais informações »

Com ampliação do Brasil sem Miséria, 2,5 milhões de famílias vão receber complemento de renda

Posted: 19 Feb 2013 07:08 AM PST


Danilo Macedo e Yara Aquino, Agência Brasil

"Com a ampliação do Programa Brasil sem Miséria, anunciada hoje (19) pelo governo federal, cerca de 2,5 milhões de famílias cadastradas no Bolsa Família vão receber complemento para alcançar a renda mínima de R$ 70 por pessoa, considerado o patamar que supera a linha da extrema pobreza. A partir de março, quando passarão a receber o benefício, nenhuma família cadastrada estará abaixo dessa linha.

Com a ação, o governo considera que terá retirado da miséria cerca de 22 milhões de pessoas desde 2011. Segundo o Ministério do Desenvolvimento Social, esse incremento custará aproximadamente R$ 770 milhões este ano, elevando o orçamento do Bolsa Família em 2013 para R$ 24 bilhões.
Mais informações »

Os limites da Pátria

Posted: 19 Feb 2013 05:29 AM PST

Mauro Santayana, Jornal do Brasil

"É difícil saber se a Sra. Marina Silva é uma pessoa ingênua e de boas intenções, ou se optou, conscientemente, por defender os interesses das grandes potências que, sob o comando de Washington, exercem o solerte condomínio econômico do mundo e pretendem o absoluto império político. Há uma terceira hipótese que, com delicadeza, devemos descartar: desmesurada ambição de poder, sem as condições concretas para obtê-lo e exercê-lo.

Os admiradores lembram sempre sua  origem modesta, o que não quer dizer tudo, mas não podem, com a mesma convicção, dizer que ela tenha mantido, ao longo da carreira, o que os marxistas chamam "consciência de classe". Suas alianças são estranhas a esse sentimento. Ela se tornou uma figura homenageada pelos grandes do mundo, mas, sobretudo, do eixo Washington-Londres. Se ela mantivesse a consciência de classe, desconfiaria desses mimos. Para dizer a verdade, nem mesmo seria necessária a consciência de classe: bastaria a consciência de pátria.
Mais informações »

Charge do Bessinha

Posted: 19 Feb 2013 05:28 AM PST


A rede sem peixes de Marina

Posted: 19 Feb 2013 05:21 AM PST


"A ex-senadora que sonha com a presidência da República criou uma seita, não um partido político

Leonardo Attuch, Brasil 247

Concebido por seus idealizadores para ser o grande fato político de 2013, o partido Rede Sustentabilidade, da senadora Marina Silva, corre o risco de se transformar num retumbante fiasco. Até agora, são apenas três os deputados que se deixaram fisgar pelo projeto de Marina: o maranhense Domingos Dutra (ex-PT), o carioca Alfredo Sirkis (ex-PV) e o paulista Walter Feldman (ex-PSDB). Muito pouco para uma legenda que tem pretensões presidenciais e planeja repetir, em 2014, o desempenho de Marina em 2010, quando ela conquistou quase 20 milhões de votos pelo PV.

Ainda que os propósitos sejam totalmente distintos, a comparação com o PSD, de Gilberto Kassab, é inevitável. Em pouquíssimo tempo, o partido do ex-prefeito de São Paulo montou uma bancada de 52 deputados federais, uma das maiores da Câmara dos Deputados, garantindo o direito de beliscar recursos do Fundo Partidário.
Mais informações »
You are subscribed to email updates from Brasil! Brasil!
To stop receiving these emails, you may unsubscribe now.
Email delivery powered by Google
Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610



--
Francisco Almeida / (91)81003406

Postar um comentário