domingo, 7 de outubro de 2012

Via Email: BRASIL! BRASIL!



BRASIL! BRASIL!


Posted: 06 Oct 2012 05:56 PM PDT
Fortaleza



"A chance de um segundo turno em Fortaleza (CE) parece estar cada vez mais forte. Os candidatos Elmano de Freitas (PT) e Roberto Cláudio (PSB) estão tecnicamente empatados, segundo pesquisa Ibope divulgada neste sábado. Elmano lidera a preferência do eleitorado com 26% dos votos, enquanto Roberto Cláudio segue encostado no petista com 22%.

Ainda de acordo com os dados da pesquisa, Moroni Torgan (DEM) e Heitor Férrer (PDT) aparecem com 17% e 14%, respectivamente. Em quinto lugar está o candidato do Psol, Renato Roseno, com 10% das intenções, seguido por Inácio Arruda (PCdoB) e Marcos Cals (PSDB), ambos com 2%. Os votos brancos ou nulos e os indecisos totalizaram 7% do eleitorado pesquisado. Já Francisco Gonzaga (PSTU), professor Valdeci (PRTB) e André Ramos (PPL) não pontuaram."
Terra

--------------------------------
Cuiabá

"O Ibope divulgou, neste sábado (6), a terceira pesquisa de intenção de voto sobre a disputa pela Prefeitura de Cuiabá após a definição dos candidatos.

A pesquisa foi encomendada pela TV Centro América.
Segundo o Ibope, "Lúdio pode disputar o segundo turno com Mauro Mendes, mas o crescimento do petista na reta final pode lhe dar a vitória no primeiro turno".

Veja os números do Ibope, considerando os votos válidos:
Lúdio (PT) - 48% dos votos válidos
Mauro Mendes (PSB) - 40%
Guilherme Maluf (PSDB) - 5%
Procurador Mauro (PSOL) - 4%
Carlos Brito (PSD) - 3%
Adolfo Grassi (PPL) - 0%"
O Globo

----------------------------------

Goiânia

Pesquisa Ibope divulgada neste sábado aponta o candidato Paulo Garcia (PT) com 54% das intenções de voto para a prefeitura de Goiânia. Jovair Arantes (PTB) alcançou 17% dos votos e Elias Junior (PMN) soma 11%. Isaura Lemos (PCdoB) e Simeyzon (PSC) têm 7% cada. O candidato Pantaleão (Psol) soma 3% e José Netho (PPL) tem 1% dos votos. Os dados consideram apenas os votos válidos.

O levantamento foi encomendado pela TV Anhanguera, afiliada da Rede Globo. A pesquisa, que ouviu 602 eleitores, foi realizada entre os dias 4 e 6 de outubro. A margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos. O levantamento está registrado no TRE sob o número GO-00743/2012.

Um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto para vencer no primeiro turno. Para fazer o cálculo dos válidos, são excluídos os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. Mesmo procedimento utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição."
Terra

----------------------------------------

Salvador

"Pesquisa Ibope divulgada na noite deste sábado aponta a liderança de Nelson Pelegrino (PT) na disputa pela prefeitura de Salvador com 34% das intenções de voto. Ele ultrapassou seu principal adversário, ACM Neto (DEM), que liderou a maior parte da corrida eleitoral, e agora tem 29%. O terceiro colocado é Mário Kertész (PMDB), que alcançou 7%, seguido de bispo Márcio Marinho, com 5%. Rogério Tadeu da Luz (PRTB) e Hamilton Assis (Psol) tiveram 3% e 2%, respectivamente. Brancos e nulos somam 11% e indecisos chegaram a 9%.

O Ibope realizou cinco pesquisas ao longo da corrida eleitoral em Salvador. Neste caminho, Pelegrino foi o candidato que demonstrou maior evolução. Ele começou o pleito com 13% no dia 3 de agosto e avançou 21 pontos ao longo da campanha, segundo o instituto. O maior prejudicado foi ACM Neto, que saiu de 40% para os atuais 29%.

A pesquisa foi feita entre os dias 4 e 6 de outubro, tendo consultado 805 eleitores. A margem de erro é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos. O registro da pesquisa no Tribunal Superior Eleitoral é 00487-2012."
O Globo

----------------------------------

Rio Branco

"A última pesquisa Ibope/Rede Amazônica sobre a intenção de votos do eleitorado de Rio Branco (AC) antes da eleição, divulgada na noite desta sexta-feira, aponta a disparada do candidato do PT, Marcus Alexandre, e o declínio das intenções de voto em Tião Bocalom (PSDB). Este é o primeiro deslocamento após as pesquisas anteriores apontarem empate técnico entre os dois principais adversários. Marcus Alexandre tem hoje 47% contra 32% de Tião Bocalom.

Na última pesquisa do instituto, divulgada em 26 de setembro, o petista tinha 43%, contra 39% do tucano. Considerando a margem de erro de quatro pontos percentuais, para mais ou para menos, os dois estavam tecnicamente empatados. Em agosto, o Ibope apontava o empate de Alexandre com Bocalom; 38% a 37%. Conforme o instituto aponta, o candidato do PT teve significativo crescimento."
Terra


Posted: 06 Oct 2012 05:34 PM PDT



Posted: 06 Oct 2012 04:52 PM PDT
"Levantamento foi realizado entre os dias 4 e 6 de outubro.
Pesquisa ouviu 805 pessoas em Salvador.




Do G1

Veja os números do Ibope, considerando os votos válidos:

Pelegrino (PT) - 43% das intenções de voto
ACM Neto (DEM) - 37%
Mário Kertész
(PMDB) - 9%
Márcio Marinho (PRB) - 6%
Da Luz (PRTB) - 3%
Hamilton Assis (PSOL) - 2%

Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no primeiro turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto.

A pesquisa foi realizada entre os dias 4 e 6 de outubro de 2012. Foram entrevistados 805 eleitores na cidade de Salvador. A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.
A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) sob o número BA-00487/2012."



Posted: 06 Oct 2012 04:31 PM PDT
Pedro Peduzzi, Agência Brasil



"As eleições municipais para a prefeitura de Belo Horizonte (BH) terão grande influência para o cenário das eleições presidenciais, na opinião do cientista político Fábio Wanderley Reis, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Para ele, a existência de "candidatos virtuais" à Presidência da República envolvidos com a disputa local "mostra claramente a importância que a cidade tem para o cenário de 2014".

"Sem dúvida, o que está acontecendo aqui em Belo Horizonte já é um termômetro das eleições majoritárias", disse Reis à Agência Brasil. "Ainda é difícil mensurar o peso desta influência, mas é notório que há atores que são claramente candidatos virtuais, como o senador Aécio Neves, por enquanto o candidato mais óbvio, e a presidenta Dilma Rousseff. Isso mostra a importância das eleições municipais para o cenário nacional. Certamente a eleição presidencial também está sendo jogada na municipal", disse o cientista político.


A presidenta Dilma Rousseff teve uma participação ativa na campanha do petista Patrus Ananias, ex-ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome do governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Dilma participou de seu programa eleitoral e, na última quarta-feira, do último comício realizado pelo petista. Já o senador Aécio Neves apoiou de perto o candidato do PSB à prefeitura da capital mineira Marcio Lacerda.

A avaliação do cientista político não é totalmente corroborada por parte dos sete candidatos que concorrem à prefeitura no pleito de domingo (7). "Dizer que estas eleições estão nacionalizadas é um exagero. Claro que causará reflexos na carreira política dos candidatos e na vida dos partidos. Mas é uma eleição municipal. Por isso não vamos discuti-la no âmbito nacional", disse o candidato do PSB, Márcio Lacerda."
Matéria Completa, ::Aqui::


Posted: 06 Oct 2012 04:15 PM PDT
Folha de S. Paulo



"Os três principais candidatos a prefeito de São Paulo --Celso Russomanno (PRB), José Serra (PSDB) e Fernando Haddad (PT)-- estão empatados com 26% dos votos válidos, segundo pesquisa Ibope divulgada neste sábado (6). 


Na pesquisa divulgada no dia 2 de outubro, Russomanno tinha 34% dos votos válidos, Serra, 24% e Haddad, 22%.

No levantamento de hoje, Gabriel Chalita tem 13% dos votos válidos, de acordo com o instituto.

Soninha Francine (PPS) conta com 5% e Carlos Giannazi (PSOL), Levy Fidelix (PRTB) e Paulinho da Força (PDT) contam com 1%.
Anaí Caproni (PCO), Ana Luiza (PSTU), Eymael (PSDC) e Miguel (PPL) não pontuaram. 

A pesquisa foi feita entre os dias 4 e 6 de outubro. Foram entrevistadas 1.204 pessoas na cidade de São Paulo. 

A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos. O levantamento, que foi encomendado pela TV Globo e pelo jornal "O Estado de S. Paulo", foi registrado na Justiça Eleitoral com o número SP-01824/2012. 

SEGUNDO TURNO
 
O Ibope também simulou o segundo turno com os quatro primeiros colocados na pesquisa. 

Russomanno vence Haddad (38% e 33%), Serra (43% e 32%) e Chalita (41% e 30%). 

Já Haddad vence nos cenários sem Russomanno --40% a 33% contra Serra e 37% a 29% contra Chalita. 

Em uma disputa Chalita contra Serra, o pemedebista venceria por 36% a 32%.

O Ibope perguntou ainda em quem os entrevistados não votariam de jeito nenhum. Serra foi o mais citado, com índice de rejeição de 39%. Na sequência, aparecem Haddad (22%), Russomanno (22%), Soninha (14%), Fidelix (14%), Paulinho da Força (13%), Chalita (11%), Miguel (10%), Ana Luiza (9%), Anaí Caproni (9%), Eymael (9%) e Carlos Giannazi (7%).



Posted: 06 Oct 2012 04:02 PM PDT
Portal Terra



'Segundo a pesquisa do Datafolha divulgada neste sábado pela Globonews, ainda não é possível afirmar que a eleição em Belo Horizonte (MG) será decidida no primeiro turno. No levantamento, Marcio Lacerda (PSB) está com 50% dos votos válidos, seguido por Patrus Ananias (PT), com 43%; Maria da Consolação (Psol), com 3%; e Vanessa Portugal (PSTU), com 2%. Alfredo

Um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto para vencer no primeiro turno. Para fazer o cálculo dos válidos, são excluídos os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. Mesmo procedimento utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição.

O Datafolha entrevistou 1.726 eleitores na cidade de Belo Horizonte entre os dias 5 e 6 de outubro. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal Folha de S. Paulo e está registrada no TRE-MG sob o número 01178/2012. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos."


Posted: 06 Oct 2012 03:53 PM PDT
"A pesquisa Datafolha tem um dado interessante: em todas as simulações de segundo turno, Fernando Haddad, do PT, venceria seus adversários; contra Celso Russomano, do PRB, placar seria 40% a 39%; contra o tucano José Serra, 45% a 37%; instituto também mostra que ele tem a menor rejeição entre os três, mas o desafio é passar para o segundo turno



Fernando Haddad, candidato do PT à prefeitura de São Paulo, é o nome com a menor rejeição entre os três principais postulantes ao cargo e também aquele que venceria seus dois oponentes – José Serra, do PSDB, e Celso Russomano, do PRB – nas simulações de segundo turno. Portanto, na fotografia atual, Haddad é hoje quase prefeito de São Paulo. Quase porque, na mesma radiografia, ele ainda fica de fora do segundo turno (leia mais aqui), ligeiramente atrás de Serra e Russomano.

Portanto, o domingo será o dia do "tudo ou nada" para Fernando Haddad. Se passar para o segundo turno, ele já largaria na frente de qualquer adversário. Serra, ao contrário, aparece atrás de Russomano nas simulações de segundo turno, perdendo de 45% a 39%. De acordo com Mario Paulino, diretor do Datafolha, o resultado de amanhã é imprevisível, diante da tendência de queda acentuada de Russomano. "É raro um candidato perder intenções de voto espontâneas como o que ocorreu com Russomanno nas últimas semanas. Isso pode indicar a continuidade dessa tendência no dia da eleição", afirmou o diretor do instituto.

O curioso é que Serra aparece em primeiro lugar no Datafolha, embora tenha a maior rejeição (42%), com uma taxa bem superior à de Russomano (30%) e de Haddad (25%). Isso certamente dificultaria sua vitória num segundo turno, contra qualquer adversário. Apesar da pesquisa, Haddad demonstrou confiança. "Amanhã vamos vencer", disse ele. Mas ainda falta um obstáculo a ser superado, no dia decisivo."


Posted: 06 Oct 2012 03:29 PM PDT
Eduardo Guimarães, Blog da Cidadania


"Foram no mínimo exageradas as notícias sobre a "morte" política do PT que decorreria do golpe jurídico-midiático que o partido está sofrendo no âmbito do julgamento do mensalão. Segundo a Folha de São Paulo deste sábado (6 de outubro de 2012), o PT é o partido que mais tem chances de vitória nas 85 maiores cidades brasileiras.

Segundo matéria publicada por esse jornal, pesquisas eleitorais realizadas nos 85 maiores municípios do país mostram o PT com chances de vitória em 33 cidades. O PSDB aparece em segundo lugar, com chances em 30 cidades, e o PMDB aparece em terceiro, com chances em 22.

Depois de a mídia tucana passar a campanha eleitoral inteirinha dizendo que o PT sofreria forte baque eleitoral por conta do julgamento do mensalão, a Folha, na matéria em questão, admite que, "No caso de os prognósticos atuais se confirmarem nas urnas, não ficará comprovada a tese de que o PT estaria sendo expelido dos grandes centros urbanos".

A tese em questão, diga-se, foi alardeada principalmente por esse jornal durante toda a campanha do primeiro turno. Você que se informa sobre política, portanto, deve estar surpreso com o que acaba de ler.

Outra notícia surpreendente, dada pelo mesmo jornal que durante os últimos meses anunciou tantas vezes que o PT seria trucidado eleitoralmente pelo julgamento do mensalão – com direito a torcida explícita do procurador-geral da República –, é sobre uma cidade emblemática: São José dos Campos. Lá, após 16 anos, o PSDB deve ser desalojado pelo PT."
Artigo Completo, ::AQUI::


Posted: 06 Oct 2012 03:24 PM PDT
"Joaquim Barbosa chegou lá. Veja, que lidera a oposição no Brasil, acaba de lançá-lo à presidência da República com sua capa sobre "o menino pobre que mudou o Brasil", numa operação editorial semelhante à do "caçador de marajás". Transformado em herói como o "vingador" que levou o PT à prisão, aplaudido em bares como o Bracarense e chamado de "nosso Batman" nas redes sociais, o ministro do Supremo Tribunal Federal é a alternativa que resta à oposição para tirar o PT do poder. Ele conseguirá?


Brasil 247

Joaquim Barbosa para presidente! É o berro que salta da capa da revista Veja desta semana, sobre "o menino pobre" que relatou a Ação Penal 470 e será lembrado como o responsável por colocar o PT na cadeia. José Dirceu, ex-ministro da Casa Civil,  José Genoino, ex-presidente do PT, e Delúbio Soares, ex-tesoureiro do partido, estão prestes a ser condenados. Nas próximas sessões do Supremo Tribunal Federal, o "vingador" Joaquim Barbosa defenderá que os três sejam presos ao fim do processso. Também nesta semana, ele pode se tornar presidente da corte, caso prevaleça a tradição da casa, que prevê a entrega do comando ao ministro mais antigo, que ainda não tenha sido presidente.

Chamado de "nosso Batman" nas redes sociais, Joaquim Barbosa é o herói quase perfeito. Talvez, o único capaz de rivalizar com o ex-presidente Lula no que diz respeito às possibilidades de mistificação. Barbosa tem origem tão ou mais humilde do que a do ex-presidente, mas ascendeu graças ao estudo. Graduou-se, fez doutorado fora do País e está prestes a assumir um dos três poderes da República. Um símbolo, portanto, da chamada "meritocracia", uma palavra tão em voga ultimamente."
Matéria Completa, ::AQUI::


Posted: 06 Oct 2012 09:32 AM PDT
Panfleto apócrifo pede para que eleitor não vote no PT; um dos CNPJs informados é do PSDB



Vagner Magalhães, Portal Terra

"Nas vésperas da eleição, a campanha do candidato à prefeitura José Serra (PSDB) tem utilizado de folhetos apócrifos para atacar o PT do adversário Fernando Haddad. A folha do tamanho A6 traz de um lado a mensagem: "Faça sua parte e diga não ao Mensalão". Do outro: "Diga não ao Mensalão. Não vote no PT nessa eleição". O julgamento do Mensalão tem sido um das principais armas de Serra contra Haddad. 

Um cabo eleitoral com o colete da campanha tucana foi flagrado, neste sábado, distribuindo o folheto em um semáforo na esquina da avenida Aricanduva com a Itaquera, na zona leste de São Paulo

O folheto tem circulação de 1 milhão de exemplares e a informação de que foi produzido pelo Diretório Estadual, sem especificar, porém, de qual partido. Há ainda dois CNPJs, um da gráfica e outro ligado ao PSDB. 

Durante visita em uma feira livre em Arthur Alvim, próximo do cruzamento onde era distribuído o panfleto, Fernando Haddad criticou a ação e o candidato do PSDB: "O estilo do PSDB é esse, desde o começo eu dizia, fui alertado pela presidente Dilma para me preparar para o pior em relação ao PSDB e ao Serra. 
É o estilo de campanha e da personalidade dele. Ele trata os adversários como inimigos, nunca fiz isso e nunca fará", afirmou o petista neste sábado.

Procurada pelo Terra, a campanha de José Serra ainda não se pronunciou sobre o assunto."
Foto: Bruno Santos/Terra



Posted: 06 Oct 2012 08:07 AM PDT


Maia durante caminhada em Guadalupe, na última quarta-feira; tentativa de reverter a situação
Paula Bianchi, Portal Terra


"Filho do ex-prefeito do Rio Cesar Maia, Rodrigo Maia (DEM) amarga a pior rejeição entre os candidatos à prefeitura do Rio. Nem o apoio do pai, que governou a cidade por três vezes, nem da vice, Clarissa Garotinho, filha de Antony Garotinho, foram suficientes para fazer o deputado decolar.

A união dos dois clãs da política carioca acabou tendo um efeito reverso: Maia, que começou com 8% das intenções de voto, periga figurar atrás até da candidata verde, Aspásia Camargo, e aparece hoje empatado com ela em quarto lugar com 2%, segundo dados da última pesquisa do Instituto Datafolha.

No entanto, o único número crescente de Maia é o de rejeição que passou de 31% na primeira pesquisa, realizada entre 19 e 20 de julho, para 41% na última avaliação. O democrata também é o único que consegue cair em todas as faixas pesquisadas ¿ tanto no corte por idade, quanto por renda e escolaridade. Entre os fatores que justificam esses números estão o baixo carisma de Maia, que se descreve como uma pessoa tímida, e a união de duas das famílias mais polêmicas da política do Rio de Janeiro na sua chapa."
Foto: Divulgação
Matéria Completa, ::AQUI::



Posted: 06 Oct 2012 07:57 AM PDT
"Dilma ou Lula? Aécio, Geraldo ou Eduardo Campos? Itaquerão ou Brasília? O jogo agora é outro


Leonardo Attuch, Brasil 247

As eleições municipais ainda não acabaram, muitas capitais terão segundo turno, mas agora o jogo é outro. Tanto na política como na economia. E o fato é que 2014 chegou bem mais cedo. Seja na antecipação dos cenários para a disputa presidencial, seja na urgência para os preparativos da Copa do Mundo.

Na política, Belo Horizonte assistiu a uma possível prévia da corrida presidencial, com o confronto entre Dilma Rousseff e o senador mineiro Aécio Neves. Mas nada assegura, a este momento, que os dois serão os nomes na urna eletrônica daqui a dois anos.

A primeira dúvida reside no próprio PT. Nas últimas semanas, o ex-presidente Lula tem sido sistematicamente agredido. O julgamento da Ação Penal 470, para efeito externo, marca seu governo com a mácula da corrupção e da compra de apoio parlamentar. Ocorre que, acima de um julgamento, existe a vontade popular. E há quem diga que Lula não esteja disposto a permitir que o Supremo Tribunal Federal escreva o último capítulo da sua biografia. Paradoxalmente, os que o agridem podem estar empurrando o ex-presidente para uma volta antecipada à arena política."
Artigo Completo, ::AQUI::


Posted: 06 Oct 2012 07:34 AM PDT



....Este blog apóia Hadadd pra livrar SP desta raia espectral


You are subscribed to email updates from Brasil! Brasil!
To stop receiving these emails, you may unsubscribe now.
Email delivery powered by Google
Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610



--
Francisco Almeida / (91)81003406
Postar um comentário