sexta-feira, 23 de março de 2012

Via email : BRASIL! BRASIL!




BRASIL! BRASIL!


Posted: 22 Mar 2012 06:23 PM PDT




Posted: 22 Mar 2012 05:56 PM PDT


"Há uma aposta clara em que, ao escolher seus próprios interlocutores na base aliada, a presidenta conterá os movimentos de chantagem que têm sucedido de forma permanente a troca dos ministros vitimados por denúncias. E que existe espaço na agenda para correr esse risco.

Maria Inês Nassif, Carta Capital

Não parece aleatória a estratégia política assumida pela presidenta Dilma Rousseff (PT), desde que iniciou uma reforma ministerial em capítulos. A leitura que deve ser feita da ação de Dilma junto à base aliada (aí incluídas as escolhas ministeriais e de lideranças no Congresso politicamente mais afinadas com o perfil que quer dar às relações entre Executivo e Legislativo) é a de que ela bancou o risco de desarranjar uma coalizão montada pelo governo anterior, que também deu sustentação à sua candidatura, para fugir ao permanente impasse de demitir auxiliares indicados pelos partidos a cada denúncia de corrupção, e em seguida ser obrigada a se submeter à chantagem dos mesmos partidos para manter as pastas nas mãos dos grupos hegemônicos nas legendas. E, se correu o risco, é porque o governo avaliou que há espaço para tentar arranjos na base partidária, já que não existem questões urgentes a serem decididas pelo Congresso – a única, o Código Florestal, prescinde de uma enorme base de apoio, já que as posições individuais dos parlamentares estão muito consolidadas e a bancada ruralista é muito forte. Mantendo ou não os instrumentos tradicionais de negociação com a base aliada, o Executivo não teria nenhuma garantia de lealdade nessa questão.

Daqui para o final do ano, a gestão do Orçamento, com toda a flexibilidade que a lei dá ao governo, e as medidas para neutralizar os efeitos da crise financeira internacional sobre a economia têm mais relevância do que as matérias que tramitam no Congresso. O que é importante de fato esbarra em questões que transcendem acordos partidários – caso não apenas do Código Florestal, mas também da Reforma Política, onde uma decisão partidária não consegue se sobrepor aos interesses individuais dos parlamentares. Apenas o PT consegue fechar questão sobre o assunto.

Foram 11 os ministros substituídos até agora, mais dois líderes do governo – parte deles por baixa produtividade, outra parte vitimada por denúncias. Nesse último caso, a presidenta está tentando inverter a mão. Como a hegemonia dos grupos internos, nos partidos tradicionais, é definida pelo poder de troca desses grupos com o governo federal, está apostando que, ao subtrair influência desses líderes sobre a máquina administrativa e transferi-los a outros que estão hoje à margem das decisões partidárias, desequilibrará o poder interno a favor de pessoas mais comprometidas com o seu governo."
Artigo Completo, ::Aqui::


Posted: 22 Mar 2012 05:46 PM PDT


"A Pesquisa Mensal de Emprego (PME) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) registrou em fevereiro seu valor mais alto desde 2002, quando começou a medir. O rendimento médio do trabalhador brasileiro nesse mês foi de R$ 1.699,70. O valor reflete diretamente no poder de compra das pessoas economicamente ativas, gerando um aumentou de 1,2% em comparação a janeiro e 4,4% em relação a fevereiro de 2011.

Vermelho / Abr

Os dados foram divulgados nesta quinta-feria (22), pelo IBGE. Segundo o gerente da Coordenação de Trabalho e Rendimento do instituto, Cimar Azeredo, o resultado foi impulsionado pelo aumento do salário mínimo, que apresentou alta de 14% no início do ano, ao passar de R$ 545 para R$ 622. "Esse recorde foi causado principalmente pelo aumento do salário mínimo, que é o principal indexador de muitos grupamentos de atividades, de muitas classes de trabalhadores, e foi um dos maiores responsáveis pelo movimento", explicou.

Azeredo acrescentou que a dispensa de trabalhadores temporários, o que geralmente ocorre no início do ano, pode ter contribuído também para elevar a média dos rendimentos. "Esses trabalhadores temporários, em geral, ganham menos. Com a saída deles [do mercado de trabalho], a média dos rendimentos tende a subir", afirmou.

Os maiores impactos do aumento do salário mínimo foram na indústria e no comércio. O documento aponta que São Paulo registrou em fevereiro de 2012 o maior rendimento médio (de R$ 1.813), seguido pelo Rio de Janeiro (R$ 1.805).

De acordo com o levantamento, cinco das seis regiões metropolitanas observadas pelo IBGE tiveram aumento no rendimento em fevereiro deste ano na comparação com fevereiro de 2011: Recife (6,7%), Salvador (18,6%), Belo Horizonte (7,0%), Rio de Janeiro (0,4%) e São Paulo (5,4%). Apenas Porto Alegre (-2,4%) apresentou diminuição."


Posted: 22 Mar 2012 05:35 PM PDT


Gianni Carta, CartaCapital

"Os dois potenciais terroristas presos na quinta-feira 22 pela Polícia Federal de Curitiba tinham planos, entre outros, de atacar estudantes do curso de Ciências Sociais da Universidade de Brasília. Isso porque aqueles "esquerdistas" tinham ideais liberais sobre sexualidade e direitos de minorias.

Emerson Eduardo Rodrigues e Marcelo Valle Vieira Mello ("ambos com mais de 30 anos", segundo a assessoria da PF) pretendiam "atirar a esmo" também nos alunos a cursar faculdades de Direito e Comunicação. Os ataques se dariam em uma casa de eventos utilizada pelos alunos. Vieira Mello, diga-se, cursou Letras na UNB.

"As mensagens dizem que dariam um tratamento especial àquele 'câncer', fazendo referência aos estudantes, quando eles estivessem reunidos no local", declarou o delegado Wagner Mesquita, da PF no Paraná, em entrevista ao portal Terra.

Sem direito à fiança, os suspeitos alimentavam um website hospedado na Malásia com conteúdo extremista. No silviokoerich.org faziam ameaças de morte ao deputado federal Jean Willys (PSOL-RJ), ofensas à presidenta Dilma Rousseff, a negros, homossexuais e judeus. Teciam apologias à violência contra as mulheres, e, ao mesmo tempo, incitavam o abuso sexual de menores.

Como se dá com psicopatas, as ideias dois internautas extremistas são permeadas de contradições. Postavam fotografias de cenas pornográficas a envolver crianças e adolescentes, e, ao mesmo tempo, consideravam que os alunos de Ciências Sociais da UNB eram demasiado liberais no quesito sexualidade."
Foto: AFP
Artigo Completo, ::Aqui::


Posted: 22 Mar 2012 04:29 PM PDT


Yvna Souza e Daniel Rittner, Valor Online

"Vinte e oito empresários da indústria, do varejo e do sistema financeiro estão reunidos há mais de uma hora com a presidente Dilma Rousseff, no Palácio do Planalto, para discutir formas de acelerar o crescimento da economia brasileira.

A presidente deve insistir na necessidade de investimentos, após o Produto Interno Bruto (PIB) ter crescido 2,7% em 2011. A reunião começou às 10h40 e tem previsão de durar uma hora e meia, aproximadamente, segundo a assessoria do Planalto.

Participam do encontro os ministros Guido Mantega (Fazenda), Fernando Pimentel (Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior) e Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral da Presidência), além do presidente do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho.

Representando o setor empresarial no debate estão o presidente da Câmara de Gestão do governo, Jorge Gerdau, do Grupo Gerdau; Luiz Trabuco e Lázaro Brandão, do Bradesco; Roberto Setúbal, do Itaú; Frederico Curado, da Embraer; Murilo Ferreira, da Vale; José Martins, da MarcoPolo; Joesley Batista, da JBS-Friboi; André Esteves, do BTG Pactual; Josué Gomes, da Coteminas; Otávio Azevedo, da Andrade Gutierrez; Marcelo Odebrecht, do grupo Odebrecht; Luiz Nascimento, da Camargo Corrêa; Cledorvino Belini, da Fiat; Pedro Passos, da Natura; Eike Batista, da EBX; Alberto Borges, da Caramuru; Amarílio Proença, da J. Macedo; Carlos Sanchez, da EMS; Ivo Rosset, do grupo Rosset; João Castro Neves, da Ambev; Luiza Trajano, do Magazine Luiza; Antônio Carlos da Silva, do grupo Simões; Daniel Feffer, da Suzano; Ricardo Steinbruch, da Vicunha Têxtil; Paulo Tigre, representante da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs); Paulo Skaf, presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp); e Robson Andrade, presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI)."


Posted: 22 Mar 2012 04:22 PM PDT


Portal Terra

"Cerca de uma semana após encerrar o tratamento contra uma pneumonia, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve retomar nos próximos dias a agenda política. Lula deve receber no domingo, em seu apartamento em São Bernardo do Campo (SP), o presidente nacional do PSB e governador de Pernambuco, Eduardo Campos. Especula-se que no encontro, ainda não confirmado pelas assessorias do ex-presidente e do partido, estará em pauta o apoio do PSB à candidatura de Fernando Haddad à prefeitura de São Paulo.

A sigla é disputada tanto pelo PT quanto pelo PSDB, que deve decidir, no mesmo dia da reunião, o candidato do partido ao pleito de outubro - José Serra, Ricardo Tripoli e José Aníbal disputam as prévias tucanas. Integrante da base aliada de Dilma Rousseff, o PSB também faz parte do governo de Geraldo Alckmin, sendo que o presidente do PSB paulista, Márcio França, é secretário estadual de Turismo de São Paulo."
Matéria Completa, ::Aqui::


Posted: 22 Mar 2012 04:08 PM PDT


"Classe C representa 54% da população, em 2005 esse estrato respondia por 34%

Evelyn Pedrozo, Rede Brasil Atual

A classe C representa 54% da população brasileira, ou seja, 103 milhões de pessoas, com aumento de um ponto percentual em relação a 2010, quando totalizava 101,6 milhões. Na comparação com 2005, quando esse grupo chegava a representar 34% da população, ou 62,7 milhões de pessoas, a participação cresceu 20 pontos percentuais. Os dados fazem parte da pesquisa O Observador Brasil 2011, divulgada hoje pela Cetelem, financeira do grupo francês BNP Paribas em parceria com o instituto Ipsos. Realizada desde 2005, a pesquisa mostra que 63,7 milhões de brasileiros ascenderam socialmente no Brasil nos últimos sete anos.

A classe C, a que mais cresceu entre 2010 e 2011, recebeu 2,7 milhões de pessoas que deixaram as classes D e E. Para as classes A e B ascenderam 230 mil pessoas, e esse estrato apresenta crescimento considerável também entre 2005 e 2011, deixando de representar 15% da população no primeiro período e saltando para 22%. Ao mesmo tempo, o estudo mostra uma queda vertiginosa dos ocupantes das classes D e E, que passaram de 93 milhões em 2005 para 45,2 milhões em 2011.

Renda

A pesquisa mostra que em 2011, houve novo aumento da renda dos brasileiros, fruto do aumento de renda da Classe C, na qual a renda média disponível cresceu quase 50% e a renda familiar média cresceu quase 8%. Apesar da estabilidade da renda familiar das classes AB e DE, a renda disponível das famílias em 2011 cresceu nas diferentes classes. O aumento da renda disponível em todas as classes sociais indica que houve maior contenção de gastos."
Matéria Completa, ::Aqui::


Posted: 22 Mar 2012 08:51 AM PDT




Posted: 22 Mar 2012 08:42 AM PDT


Renata Giraldi, Agência Brasil

"Nos próximos dias, a presidenta Dilma Rousseff viaja para Nova Delhi, na Índia. Ela participa, no dia 29, da quarta reunião do bloco que reúne o Brasil, a Rússia, Índia, China e África do Sul – Brics.  As discussões serão dominadas pelos debates econômicos e financeiros, além de políticas de segurança e paz, assim como o esforço conjunto para o desenvolvimento sustentável, um dos pilares para a redução da pobreza.

Além de Dilma, participarão dos debates os presidentes Dmitri Medvedev (Rússia), Hu Jintao (China) e Jacob Zuma (África do Sul), e o primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh. As conversas ocorrem em um momento de incertezas devido à crise econômica internacional que ainda causa impactos na Europa e nos Estados Unidos.

Nas reuniões, os líderes políticos querem consolidar a decisão de transformar o Brics em referência no cenário econômico e político internacional. A ideia é ampliar as relações comerciais internas e externas, incentivando a expansão dos mercados exportadores e importadores. Uma comitiva de cerca de 60 empresários acompanha a presidenta e os ministros.

As autoridades brasileiras, com o apoio dos empresários, querem mostrar que o mercado exportador do Brasil não se resume aos produtos agrícolas. Na comitiva presidencial, há empresários de diversos setores, incluindo o de tecnologia de ponta, que participarão do Fórum Empresarial, com a presença de representantes de todos os países que integram o bloco."
Matéria Completa, ::Aqui::


Posted: 22 Mar 2012 08:30 AM PDT


Redação, PortalIMPRENSA

"Nesta quinta-feira (22/03), um comunicado da TV Globo confirmou que a Toesa Service, empresa de aluguel de veículos denunciada pelo "Fantástico" por corrupção em licitações num hospital público do Rio de Janeiro presta serviço para a emissora, segundo informações da coluna de Alberto Pereira Jr., no portal F5, da Folha de S. Paulo

"A Toesa presta sim serviços de ambulância e primeiros socorros no Projac. Todos os veículos levam o logotipo da empresa e os funcionários andam uniformizados", disse a emissora na nota.

Na reportagem exibida no último domingo (18/3), um gerente da Toesa ofereceu propina de 10% do valor de uma licitaçãoao repórter disfarçado de gestor de um hospital." 



Posted: 22 Mar 2012 07:33 AM PDT


Ricardo Feltrin, F5

"O "F5" obteve dados inéditos de audiência da TV aberta no país, o mais extenso período já publicado sobre número de aparelhos ligados (o chamado ''share''). Afinal, o que vale é telespectador na frente da tela. Os dados trazem fatos curiosos: 1º) Na faixa das 7h à 0h, o percentual de TVs ligadas hoje é absolutamente a mesma do início dos anos 90 (40%); 2º) Desde 1993 a Globo já perdeu pelo menos 35% de participação nas TVs ligadas na Grande São Paulo. Ou 35 em cada 100 aparelhos, que foram sintonizar outra coisa.

Em números exatos, a Globo perdeu 34,97% da participação no universo de ligadas (de 59,2% em 1993 para 38,5% em 2011). O primeiro trimestre mostra que 2012 também não deve ser redentor: o "share" até agora está em 37,4%."
Gráfico: Editoria de Arte/Folhapress
Matéria Completa, ::Aqui::


Posted: 22 Mar 2012 07:15 AM PDT


Alessandra Saraiva, Valor Online

"A taxa de desemprego ficou em 5,7% em fevereiro, de acordo com dados da Pesquisa Mensal de Emprego (PME) divulgada  hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Segundo o instituto, é a menor taxa para o mês de fevereiro desde o início da série da pesquisa, em  março de 2002.

O resultado mostrou alta em relação aos 5,5% registrados em janeiro, mas ficou abaixo do desemprego de 6,4% da População Economicamente Ativa (PEA) registrado em fevereiro de 2011

O rendimento médio real habitual ficou em R$ 1,699,70, o que representou avanço de 1,2% sobre janeiro, e  alta de 4,4% na comparação com fevereiro de 2011. Segundo o IBGE, o rendimento médio habitual alcançou o valor mais alto desde o início da série, em março de 2002."
Matéria Completa, ::Aqui::


Posted: 22 Mar 2012 07:02 AM PDT


"Propriedade da emissora por parte de Aécio veio a público quando senador teve a CNH apreendida

Marcelo Portela, O Estado de S. Paulo

O Ministério Público Estadual (MPE) de Minas Gerais instaurou inquérito civil para investigar repasses feitos pelo governo do Estado à Rádio Arco-Íris entre 2003 e 2010, época em que o tucano comandou o Executivo mineiro. Além de Aécio, também consta no inquérito civil MPMG-0024.12.001113-5, o nome de sua irmã, Andrea Neves, atual presidente do Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas) e coordenadora do Núcleo Gestor de Comunicação Social do governo, responsável pelo controle do gasto com comunicação, inclusive a publicidade oficial, durante a gestão do irmão.

A propriedade da rádio por parte de Aécio e Andrea veio a público em abril do ano passado, quando o senador teve a carteira de habilitação - vencida - apreendida e foi multado em R$ 1.149,24 após se recusar a fazer o teste do bafômetro ao ser parado em uma blitz da Lei Seca no Rio de Janeiro. Ele dirigia o Land Rover placas HMA-1003, comprado em novembro de 2010 em nome da emissora, que detém uma franquia da Rádio Jovem Pan FM em Belo Horizonte.

Na ocasião, o governo confirmou que havia feito repasses à emissora em 2010, mas afirmou que os pagamentos foram legítimos. O caso levou a oposição ao Executivo tucano na Assembleia Legislativa de Minas a tentar, sem sucesso, criar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI). Agora, a Promotoria de Defesa do Patrimônio Público do MPE vai apurar se foram repassadas verbas públicas á rádio também nos outros anos em que Aécio esteve à frente do governo e os critérios usados para a liberação dos recursos. O inquérito foi instaurado na sexta-feira, 16, após o órgão receber, em fevereiro, nova representação contra Aécio e Andrea."
Matéria Completa, ::Aqui::


Posted: 22 Mar 2012 06:37 AM PDT
"Lula já deu sinais de concordância com a nova linha adotada pela presidente


O Globo
Dados de recentes pesquisas de opinião que chegaram ao Palácio do Planalto indicam que a presidente Dilma Rousseff não só tem conseguido manter sua popularidade, como teria aumentado a aprovação popular. Analistas do governo veem esse resultado como aprovação ao enfrentamento que Dilma vem travando com aliados contra o chamado toma lá dá cá.


Em dezembro, a avaliação do governo Dilma de 56% de ótimo/bom já era recorde na série histórica da pesquisa do Ibope feita para a Confederação Nacional da Indústria para o primeiro ano de mandato presidencial. A próxima pesquisa da entidade será divulgada em abril. Outras pesquisas regionais encomendadas por partidos reforçam a percepção de que Dilma tem conseguido mais apoio da opinião pública."
Foto: O Globo / Carlos Magno
Matéria Completa, ::Aqui::


You are subscribed to email updates from Brasil! Brasil!
To stop receiving these emails, you may unsubscribe now.
Email delivery powered by Google
Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610





--
Francisco Almeida / (91)81003406

Postar um comentário