terça-feira, 13 de agosto de 2013

Via Email: BRASIL! BRASIL!: MPF pede acesso às provas para continuar investigações sobre cartel de licitações em São Paulo


BRASIL! BRASIL!


Charge do Bessinha

Posted: 12 Aug 2013 05:45 PM PDT


Veríssimo, a mídia e o "sapo barbudo"

Posted: 12 Aug 2013 05:44 PM PDT

MPL volta às ruas. A direita vai junto protestar contra a corrupção?

Posted: 12 Aug 2013 05:37 PM PDT


Teste republicano


"Às vésperas de o STF reiniciar as sessões sobre a ação penal 470, notícias referentes ao cartel dos trens montado em São Paulo entre 1998 e 2008 colocam à prova o sentido republicano das instituições e grupos sociais que têm se mobilizado contra a corrupção no último período.

Terão a mesma energia ou o ímpeto revelado irá esmorecer, agora que são outros os personagens na berlinda?

Observe-se a equivalência dos dois escândalos. Em um, acusa-se o partido no poder federal de ter desviado algo em torno de R$ 30 milhões para montar um esquema destinado a permanecer no governo em que se encontra há dez anos. No segundo, fala-se em propinas da ordem de R$ 40 milhões para financiar o partido no Executivo estadual paulista há quase duas décadas.
Mais informações »

Globo e Época censuram gravações e passam vexame perto da honestidade da Mídia Ninja

Posted: 12 Aug 2013 05:12 PM PDT



"Conforme afirmamos nesta  nota , a  fonte da reportagem malfeita da revista Época, João Augusto Rezende Henriques, iria desmentir  declarações que foram atribuídas à ele, pois ficou evidente que, da maneira em que foi publicada, se fosse verdade, seria uma confissão de crimes gravíssimos praticados pelo próprio lobista.

Dito e feito. Na tarde de sábado (10), João Augusto distribuíu nota negando participação na reportagem. Eis a nota:

"Informo que não concedi entrevista à revista Época. O contato que mantive com o repórter da publicação tratava-se meramente de uma conversa informal, cujo convite partiu dele, na qual o repórter apresentou as situações descritas na reportagem. O que não significa que houve concordância com a versão do repórter.
Mais informações »

MPF pede acesso às provas para continuar investigações sobre cartel de licitações em São Paulo

Posted: 12 Aug 2013 04:59 PM PDT


Bruno Bocchini, Agência Brasil
 
"O Ministério Público Federal (MPF) em São Paulo pediu à Justiça que o órgão seja autorizado a ter acesso a todas as provas e documentos levantados a partir do acordo de leniência feito com a empresa Siemens. Pelo acordo – assinado, entre outras partes, pelo MPF e o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) –, se a empresa apresentar provas suficientes para a condenação dos envolvidos, ela passa, em contrapartida, a contar com benefícios como o da extinção da ação punitiva da administração pública ou de redução da pena.

"Entendemos que o acesso à prova é algo indispensável para que as investigações possam prosseguir. Sem esse material da busca e apreensão, nós não temos como prosseguir nas investigações", disse hoje (12), em entrevista à imprensa, a procuradora da República Karen Louise Jeanette Kahn.
Mais informações »

A ética da jabuticaba: Siemens e Alstom patrocinam o Ethos

Posted: 12 Aug 2013 04:12 PM PDT


Fernando Brito, Tijolaço

"O nosso país não é uma maravilha…

A Siemens e a Alstom, duas campeãs mundiais no pagamento de suborno (clique aqui e aqui para ver o currículo global de suborno de cada uma) patrocinam, no Brasil, ninguém menos que o Instituto Ethos, uma organização que tem como objetivo, diz ela, combater "a utilização do tráfico de influência e o oferecimento ou o recebimento de suborno ou propina por parte de qualquer pessoa ou entidade pública ou privada".

E o Ethos, convidado pelo Governador Geraldo Alckmin, vai integrar a "Comissão Pró-Transparência" do escândalo do metrô e dos trens paulistas superfaturados com a Siemens e a Alstom!
Jabuticabas, por favor!
Mais informações »

Anonymous invade site do PMDB contra Cabral

Posted: 12 Aug 2013 03:28 PM PDT


"Página nacional do partido foi invadida por grupo de hackers; manifesto publicado cobrou governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral, por informações sobre o pedreiro Amarildo Dias de Souza, desaparecido na favela da Rocinha após ter sido preso por PMs da Unidade de Polícia Pacificadora; página entrou em manutenção; cerco a Cabral, que estuda renúncia, se dá em todas as frentes


O site do PMDB nacional sofreu hoje um ataque do grupo de hackers Anonymous, que publicou um manifesto cobrando diretamente o governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral, por informações sobre o pedreiro Amarildo. Ele está desaparecido desde 14 de julho, quando foi visto sendo levado preso pela PM, em um camburão, na favela da Rocinha.

"Sérgio Cabral, cadê o Amarildo?", diz trecho da mensagem publicada na página pelos hackers. "Lutar pelo Amarildo é mostrar que está cansado dessa política inescrupulosa, cansado seja de qual partido for, PMDB, PSDB, PT! De todos!!"
Mais informações »

Charge do Simanca

Posted: 12 Aug 2013 09:15 AM PDT


Alstom e Siemens financiaram Alckmin e outros tucanos

Posted: 12 Aug 2013 09:14 AM PDT


Governador tucano recebeu doações das
empresas na campanha estadual de 2002

"Envolvidas em suspeitas de corrupção, multinacionais fizeram doações legais para o governador de São Paulo e tucanos como José Anibal, Julio Semeghini e Barros Munhoz


As multinacionais Alstom e Siemens ajudaram a financiar a campanha do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, quando o tucano disputou o cargo em 2002. Na eleição seguinte, os atuais secretários estaduais José Anibal (Minas e Energia) e Julio Semeghini (Planejamento), ambos do PSDB, e Rodrigo Garcia (Desenvolvimento Social), do DEM, e o líder de Alckmin na Assembléia Legislativa, o tucano Barros Munhoz, receberam contribuições de uma ou de outra empresa.

As doações foram legais e informadas pelos candidatos em prestações de contas entregues à justiça. Perto do gasto eleitoral total que eles declararam, são irrisórias. Por isso, valem pelo simbolismo. O patrocínio expressou uma preferência política das companhias pelos tucanos e seus aliados. Neste sentido, alimenta a suspeita de que PSDB, Alstom e Siemens são parceiros em obras superfaturadas e desvio de recursos públicos, um esquema sob apuração de várias autoridades.
Mais informações »

Caso Siemens: Valor cobra explicações PSDB por cartel do Metrô

Posted: 12 Aug 2013 09:07 AM PDT

As primeiras pontas do escândalo surgiram em 2008, quando a multinacional alemã Siemens descobriu que executivos da empresa teriam se envolvido na formação de um cartel de multinacionais responsáveis por obras e venda de equipamentos para os metrôs de São Paulo e de Brasília


"O jornal Valor desta segunda-feira cobra explicações do PSDB sobre o suposto esquema de cartel em contratos do metrô de São Paulo. Para o jornal, o chamado mensalão deve servir de alerta para os dirigentes e militantes do partido.

Pouco ainda se sabe das investigações sobre formação de cartel nas licitações do metrô paulista. Mas o pouco até agora conhecido não deixa muita dúvida sobre o envolvimento de pessoas ligadas ao PSDB em licitações realizadas nos últimos 20 anos e disputadas por integrantes de uma confraria multinacional de grifes como Siemens, Alstom e Bombardier, entre várias outras.

As primeiras pontas do escândalo surgiram em 2008, quando a multinacional alemã Siemens descobriu que executivos da empresa teriam se envolvido na formação de um cartel de multinacionais responsáveis por obras e venda de equipamentos para os metrôs de São Paulo e de Brasília. Mais de uma dezena de empresas estaria envolvida no esquema, lesivo aos cofres públicos.
Em maio deste ano a Siemens fez um acordo com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) pelo qual forneceria informações sobre o cartel em troca de isenção do pagamento de eventual multa que lhe fosse aplicada por integrar o acordo de empresas.
Mais informações »

Pregos e estopas

Posted: 12 Aug 2013 07:19 AM PDT


Rodolpho Motta Lima, Direto da Redação

"Parto hoje de uma coluna de "O Globo", não pela importância que atribua ao jornal, mas porque alguns de seus colaboradores exemplificam claramente, com sua posições, o pensamento do neoliberalismo nacional (ou será melhor dizer "antinacional"?).

No dia 08.08.2013, Merval Pereira tentou justificar a pisada na bola que deu ao afirmar que a confirmação das falcatruas do tucanato com a Siemens e outras empresas seria "o pior dos mundos para a democracia". Defendendo-se da acusação de que teria deixado implícito que a corrupção "boa" para a democracia seria a do PT, Merval chamou seus críticos de "pseudojornalistas a serviço do governo petista".

Talvez tenha cometido, então, um segundo ato falho, pois essa afirmação permite que se faça o mesmo juízo de valor a respeito de jornalistas que, como ele, poderiam estar a serviço dos partidos de oposição ao PT.
Mais informações »

José Serra entra na pesquisa, mas só ameaça Aécio Neves

Posted: 12 Aug 2013 06:59 AM PDT


Ricardo Kotscho, Balaio do Kotscho

A pedidos, de tanto insistir, José Serra voltou a entrar na lista de presidenciáveis pesquisados no novo Datafolha. Alcançou 14% num dos cenários, quatro a mais do que Aécio Neves, seu companheiro (?) de partido, que teve a candidatura  apoiada esta semana pelos 27 presidentes de diretórios estaduais do PSDB.

Além do azar de ter entrado no jogo justamente na semana em que seu nome foi citado no imbróglio do Metrô paulistano, Serra enfrenta vários outros problemas, a começar pela falta de um partido para lançar sua candidatura:

* Tendo à frente do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o PSDB desta vez está fechado em torno da candidatura de Aécio Neves e não quer nem ouvir falar em prévias.
Mais informações »

Mídia e metrô tucano: como servir a Deus sem trair o Diabo?

Posted: 12 Aug 2013 06:22 AM PDT


Saul Leblon, Carta Maior / Blog das Frases

Nunca a sorte política do PSDB – seus caciques e derivados— dependeu tanto da indulgência da mídia conservadora como agora.

"E nunca como agora esse centurião de todas as horas esteve tão frágil para ajudá-los.

A sobrevivência mesmo esfarrapada do PSDB depende dramaticamente da decisão em torno da qual orbitam há dias os proprietários, editorialistas, colunistas, pauteiros e mancheteiros do dispositivo midiático conservador.

Aliviar ou não para um PSDB mergulhado até o nariz no conluio com oligopólios e corrupção no caso das licitações para compra de vagões do metrô, em São Paulo?

A hesitação no ar é tão densa que dá para cortar com uma faca.

Jorros de ambiguidade escorrem dos veículos impressos no café da manhã.
Mais informações »

O dilema de Marina: com voto, mas sem partido

Posted: 12 Aug 2013 05:52 AM PDT


"Atrás apenas de Dilma nas pesquisas, ex-senadora corre contra o tempo para viabilizar sua Rede se não quiser se submeter a outra legenda. A presidenciável, que foi a única candidata no campo da oposição que avançou, pediu uma audiência com a corregedora-geral da Justiça Eleitoral, Laurita Vaz, para buscar uma solução para o atraso de certificações de assinaturas nos cartórios. Até 5 de outubro, ela ainda precisa validar o apoio de 300 mil eleitores


A ex-senadora Marina Silva, que deixou para trás o candidato do PSDB, Aécio Neves, nas pesquisas sobre a disputa presidencial de 2014, corre o risco de ficar sem partido. Ela enfrenta dificuldade para criar sua Rede 

Sustentabilidade. Para ser candidata pelo seu novo partido, terá que registrar a legenda no Tribunal Superior Eleitoral até 5 de outubro. No entanto, o prazo considerado seguro para que o processo de criação do partido seja concluído é até o final de agosto.
Mais informações »
You are subscribed to email updates from Brasil! Brasil!
To stop receiving these emails, you may unsubscribe now.
Email delivery powered by Google
Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610



--
Francisco Almeida 




Postar um comentário