sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Via Email: BRASIL! BRASIL!: Circo tucano: depois da bolinha de papel de Serra, a farsa do processo de Alckmin contra a Siemens


BRASIL! BRASIL!


Charge do Bessinha

Posted: 15 Aug 2013 05:33 PM PDT


Ação Penal 470 e a surpreendente atualidade de Hanna Arendt

Posted: 15 Aug 2013 05:32 PM PDT

"Um filme adequado para os tempos atuais é "Hanna Arendt", de Margareth von Trotta.

Paulo Moreira Leite, ISTOÉ

Se você tiver paciência de ler estes parágrafos até o final, entenderá que Hanna Arendt, uma das primeiras pensadoras capaz de reconhecer a democracia como um valor realmente universal, válida para todos os países e todas as classes sociais, tem fôlego para chegar a vários momentos decisivos da história de diversos países, inclusive o Brasil que reabre o julgamento da ação penal 470.

Mas vamos voltar ao filme. A primeira observação é que o cinema quase nunca se deu bem com a vida de intelectuais de relevo, o que transforma o trabalho de Margareth Von Trotta numa exceção gloriosa.

Quem conhece a obra de Arendt irá reconhecer, nos diálogos e nos debates exibidos pelo roteiro, uma reconstrução fiel dos conceitos e valores que ela firmou em seus principais livros, artigos e conferências. Sem perder-se em abstrações e frases de efeito, sem investir no mito romântico do indivíduo genial, o roteiro mostra a obra intelectual de Hanna Arendt como produto de seu trabalho e seu esforço para ampliar o conhecimento.

Uma das principais estudiosas da formação de ditaduras do século XX, em particular o nazismo e o stalinismo, Arendt foi uma das primeiras a fazer uma constatação essencial sobre as sociedades modernas. Mostrou que elas deram nascimento a um novo tipo de sujeito histórico, um cidadão desenraizado, destituído de sua capacidade pessoal de julgamento, que era capaz de abrir mão de seus valores próprios para executar tarefas – inclusive de caráter de criminoso -- como se fossem parte de uma simples rotina burocrática, que não provoca pesadelos morais nem dores de consciência."
Artigo Completo, ::AQUI::

'CPI não apura nada', diz líder de Alckmin sobre investigação do Metrô na Assembléia

Posted: 15 Aug 2013 05:28 PM PDT


Alckmin, Barros Munhoz, Kassab e Serra em
imagem de 2011 / ©robson ventura/folhapress

"Bancada do governador afirma que pedido de criação de comissão para investigar denúncias de cartel e corrupção é manobra política

Eduardo Maretti, RBA

O líder do governo Geraldo Alckmin na Assembleia Legislativa de São Paulo, deputado Barros Munhoz (PSDB), criticou ontem as comissões parlamentares de inquérito como instrumento de investigação. "CPI nunca apurou nada", disse ele, ao ser questionado sobre o esforço da bancada governista para impedir a criação de comissões que investiguem a gestão tucana, entre elas o mais recente pedido para a CPI do Metrô.

"O governador quer apurar, mas não é CPI que apura. CPI nunca apurou nada", diz o líder. Para a proposta de investigar as denúncias de formação de cartel e corrupção no Metrô não passa de manobra política da oposição na Assembleia.
"Certamente (a CPI) não vai ser aprovada. Isso aí é uma proposta eminentemente política, sem nenhum conteúdo", afirma.
Mais informações »

Cresce número de deputados que assinaram pedido de CPI da Globo

Posted: 15 Aug 2013 04:41 PM PDT

Circo tucano: depois da bolinha de papel de Serra, a farsa do processo de Alckmin contra a Siemens

Posted: 15 Aug 2013 09:02 AM PDT



"Agora, falando sério.

Quem, pelas pedras pisadas do cais, deu essa ideia de jerico ao governador Geraldo Alckmin? Em que mundo vivem os tucanos de São Paulo, ainda crentes da possibilidade de enganar um país inteiro com uma maluquice dessas? Não aprenderam NADA com o episódio da bolinha de papel de José Serra? Nada, nada?

A meu ver, a única explicação para uma saída indecente e patética como essa – o suspeito de ser corrupto processar o corruptor que está colaborando com a Justiça – é a plena confiança que essas lideranças do PSDB têm na submissão e na cumplicidade dessa velha e carcomida mídia nacional. Não tem outra explicação.
Mais informações »

Ato contra esquema de empreiteiras e PSDB reúne 4 mil pessoas em SP

Posted: 15 Aug 2013 08:28 AM PDT


Rede Brasil Atual

"Cerca de 4 mil pessoas não se intimidaram com o frio e a garoa que acinzentaram o centro de São Paulo na tarde de hoje (14) e foram às ruas protestar contra a péssima qualidade do transporte público na cidade. A manifestação, que transcorreu pacificamente, sem nenhuma ocorrência de vandalismo, foi motivada pelas recentes denúncias de formação de cartel entre empresas estrangeiras do setor metroferroviário com a complacência de governos estaduais do PSDB.

Depois de terminada a passeata, na Praça da Sé, por volta das 18h30, um grupo de aproximadamente 100 pessoas caminhou até a Câmara de Vereadores e tentou ocupar o prédio. A polícia respondeu com bombas de gás lacrimogêneo e efeito moral, e perseguiu alguns manifestantes pelo bairro da Liberdade. À medida que fugiam, eles faziam barricadas com lixo em chamas nas ruas para atrasar o avanço das viaturas. Algumas lojas e agências bancárias tiveram as vidraças quebradas. A PM não soube informar o número de pessoas detidas."
Matéria Completa, ::AQUI::

Miriam Leitão admite que desastre não veio. Mas virá, calma, diz ela

Posted: 15 Aug 2013 08:20 AM PDT


Fernando Brito, Tijolaço

"Depois do fiasco da "explosão inflacionária", agora é a vez de Miriam Leitão ter de admitir, também, que a apregoada retração da economia, prevista diariamente por ela e por outras cassandras do jornalismo econômico não vai, igualmente, acontecer.

Na sua coluna de hoje, a musa do neoliberalismo entrega os pontos e admite que o PIB do segundo trimestre – cujo resultado sai no final do mês – vai ser acima das expectativas e chegar a 1% sobre o anterior, o que levaria a taxa de crescimento da economia, em termos anuais, a 4%.
Mais informações »

Charge do Bessinha

Posted: 15 Aug 2013 07:20 AM PDT


A chave-mestra das catracas

Posted: 15 Aug 2013 07:19 AM PDT


Saul Leblon, Carta Maior / Blog das Frases

"Uma metrópole é uma correlação de forças dominada pelo poder das corporações imobiliárias e do capital financeiro.

São eles que formam o 'gabinete sombra', a verdadeira 'mãos invisível' que reduz essa segunda natureza, a grande obra de arte da humanidade, que são as cidades, a um ajuntamento comatoso disciplinado por catracas.

Obras, planos, licitações, enfim, arranjos e negócios pouco ou nunca identificáveis com as urgências de seus habitantes.

A entrevista de Ermínia Maricato a Rose Spina, da revista Teoria e Debate, publicada em Carta Maior, merece um olhar atento.

É esclarecedora de como essa usina de exclusão captura os espaços e interdita as melhores intenções.
Mais informações »

O sugestivo nome da conta da corrupção tucana: Orange

Posted: 15 Aug 2013 06:23 AM PDT


"Segundo a PF, conta corrente usada no pagamento do suposto esquema de propinas da Alstom ao PSDB e ao governo de São Paulo era chamada de Orange Internacional (Laranja Internacional, em português). Ela já tinha sido citada em investigações da Procuradoria da República em 2004 sobre remessas de divisas a um ex-diretor do Banco do Brasil do governo FHC


O nome não poderia ser mais sugestivo. A PF detectou que a conta corrente usada no pagamento do suposto esquema de propinas da Alstom ao PSDB e ao governo de São Paulo era chamada de Orange Internacional (Laranja Internacional, em português).

Segundo informações do Estadão, a PF encontrou a conta quando apurava quatro depósitos em 1998 que chegaram a US$ 1,44 milhão (valor atualizado). Ela era operada por meio do MTB Bank de Nova York.
Mais informações »

As vendas no comércio e a manipulação do G1

Posted: 15 Aug 2013 06:06 AM PDT

Luis Nassif, Luis Nassif Online
 
"Manchete safada no G1, levando em conta os percentuais de alta mas insinuando números absolutos. Como pode um aumento de 3% nas vendas se transformar no "1o semestre mais fraco desde 2003"? Sobretudo quando se afirma na própria notícia que a base de comparação é elevada!
Viva a manipulação de percepção ad nauseam; essa é a principal manchete em destaque no portal...

Do G1

Volume de vendas no acumulado de janeiro a junho subiu 3%, aponta IBGE. No primeiro semestre do ano passado, alta foi de 9,06%. 
Do G1, em São Paulo

O primeiro semestre de 2013 foi o mais fraco de vendas do comércio varejista do país desde 2003, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgados nesta quarta-feira (14).

O volume de vendas no acumulado de janeiro a junho subiu 3%, na comparação com o 1º semestre de 2012 - pior resultado desde o 1º semestre de 2003, quando as vendas do comércio recuaram 5,59%, também na comparação com os primeiros seis meses do ano anterior.

Nos primeiros seis meses do ano passado, as vendas do comércio registraram alta de 9,06%. No mesmo período de 2011, a alta foi de 7,32%."
Matéria Completa, ::AQUI::
You are subscribed to email updates from Brasil! Brasil!
To stop receiving these emails, you may unsubscribe now.
Email delivery powered by Google
Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610



--
Francisco Almeida 




Postar um comentário