quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Via Email: BRASIL! BRASIL!



BRASIL! BRASIL!


Posted: 24 Jan 2013 04:43 AM PST


"De todos, o mais explícito Reinaldo Azevedo, que fala em "populismo elétrico" e "campanha eleitoral na tomada", mas o time inclui também o jornalista Carlos Alberto Sardenberg, que reclama que as pessoas possam consumir mais, agora que as tarifas vão cair, e a direção dos três principais jornais brasileiros, que noticiaram com uma pitada de ironia e dor de cotovelo a redução da conta de luz


Durante anos, décadas até, os grandes jornais brasileiros vocalizaram uma das maiores demandas empresariais no País: a redução do Custo Brasil. Nele, um dos principais componentes de custo é a tarifa de energia, historicamente uma das mais caras do mundo – especialmente após o processo de privatização. Dezenas de eventos foram organizados em vários pontos do País e muito pouco, ou quase nada, se fez.
Mais informações »
Posted: 24 Jan 2013 03:47 AM PST


Altamiro Borges, Blog do Miro

"A presidenta Dilma Rousseff utilizou a cadeia nacional de rádio e televisão na noite desta quarta-feira (23) para anunciar a redução das tarifas de energia elétrica a partir de amanhã. A queda na conta de luz será até maior do que o previsto – de 18% para as residências e de até 32% para as indústrias, agricultura, comércio e serviços. A iniciativa governamental, inédita na história recente do país, ajudará a alavancar o crescimento da economia, aliviando os riscos de maior contágio da grave crise mundial do capitalismo.
Mais informações »
Posted: 23 Jan 2013 03:56 PM PST

Posted: 23 Jan 2013 03:49 PM PST



Ricardo Kotscho, Balaio do Kotscho

"Presidentes de empresas brasileiras ficam em 4º lugar em ranking de otimismo", revela o sempre bem informado e competente Clóvis Rossi, enviado especial da "Folha" ao Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suiça.  
Só posso chegar à conclusão de que os empresários que enfrentam a vida real da nossa economia não acreditam no que é publicado pela imprensa brasileira, que deixa o país sempre à beira do abismo esperando pelo pior, apostando em previsões pessimistas.
Mais informações »

Posted: 23 Jan 2013 03:35 PM PST
Posted: 23 Jan 2013 02:57 PM PST


Dilma sorri, durante recepção
no Palácio do Planalto



"A presidenta Dilma Rousseff concluiu, nesta quarta-feira, o pronunciamento em rede nacional no qual anuncia a redução no preço da energia para os consumidores brasileiros, que deve ser de até 18% para as residências e de até 32% para as indústrias. A informação, que deixou a oposição ainda mais aborrecida, é do diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Romeu Rufino, que chegou para reunião no Ministério de Minas e Energia. Em setembro do ano passado, também em pronunciamento à nação, a presidenta havia anunciado uma redução de 16,2% para os consumidores residenciais e 28% para as indústrias. As novas tarifas começam a valer no dia 5 de fevereiro.

Segundo Rufino, o corte maior no preço da energia será possível por causa de um aumento do aporte de recursos do Tesouro Nacional. O Ministério da Fazenda já tinha anunciado que o Tesouro Nacional gastará de R$ 2 bilhões a R$ 3 bilhões adicionais para assegurar a redução nas tarifas de energia. Nesta quinta-feira, a Aneel irá fazer uma reunião extraordinária para revisar as tarifas de distribuição, que serão aplicadas a partir do mês que vem.
Mais informações »

Posted: 23 Jan 2013 02:07 PM PST
"Percentual de investimento em relação ao PIB igualou o de cinco anos atrás e só foi menor do que de 2002; pesquisa da PwC indica Brasil como o terceiro principal mercado do mundo

Fernando Ladeira, InfoMoney

Nos últimos meses a economia do Brasil entrou em evidência no noticiário internacional. Contudo, esse não é nenhum fato para se vangloriar, já que as reportagens tem mostrado um forte pessimismo com a trajetória da economia brasileira. Mas alguns números parecem ir contra essa visão negativa do mercado sobre o Brasil.

Segundo dados divulgados pelo Banco Central nesta manhã, o investimento estrangeiro direto no Brasil alcançou 2,9% do PIB (Produto Interno Bruto). Marca igual a essa só foi vista em 2008, e acima disso apenas em 2002, quando a proporção foi de 3,3% do PIB.
Governo de Dilma Rousseff sofreu duras críticas no final do ano passado, mas estrangeiros continuam investindo no país (Wilson Dias/Abr)
A entrada de recursos externos no país mostrou força desde o final dos anos 90 até o início dos anos 2000, para então perder força novamente. A equipe da LCA lembra que esse período foi marcado por grandes privatizações, principalmente no setor das telecomunicações, o que atraiu o capital externo."
Matéria Completa, ::AQUI::
Posted: 23 Jan 2013 01:56 PM PST


Zé Dirceu / Bog do Zé

"Vamos apoiar, aplaudir e torcer para que chegue a bons resultados a investigação que a Comissão Interamericana de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos (CIDH-OEA) fará para apurar a responsabilidade do Brasil pelo não esclarecimento do assassinato do jornalista Vladimir Herzog. O jornalista foi morto pela ditadura militar em dependências do DOI-CODI do Exército, em São Paulo, em setembro de 1975.

A denúncia do caso foi feita ao órgão internacional em 2009, acolhida em novembro do ano passado e a decisão de investigar foi divulgada ontem. A OEA decidiu instaurar a investigação por entender, conforme a denúncia das organizações, que o Brasil não cumpriu seu dever de investigar, processar e punir os responsáveis pela morte do jornalista.
Mais informações »
Posted: 23 Jan 2013 05:16 AM PST


Renato Rovai, Revista Fórum / Blog do Rovai

"Em breve você vai participar de um encontro de família no final de semana e o papo vai começar pela última convocação do Felipão, vai passar pela porcaria do Big Brother e em algum momento vai chegar no desgaste da relação entre Lula e Dilma. Quando isso acontecer, aquele parente ou amigo reaça da família não vai ter dúvida em dizer: "Tá vendo, nem a Dilma aguenta mais o Lula". Ao que um outro ainda mais politizado pelo PIG acrescentará: "Mas quem aguenta o PT e o Lula? Só o fulano mesmo..". E vai apontar, morrendo de rir, pra você. Que terá o direito de ficar calado ou então o de ser chamado de encrenqueiro. Afinal, nesses casos, ser bem educado é fazer de conta que o melhor para o Brasil é ser o que era nos tempos de FHC.
Mais informações »

You are subscribed to email updates from Brasil! Brasil!
To stop receiving these emails, you may unsubscribe now.
Email delivery powered by Google
Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610



--
Francisco Almeida / (91)81003406
Postar um comentário