segunda-feira, 27 de maio de 2013

Via Email: BRASIL! BRASIL!: Dilma destaca autonomia da África e América Latina em discurso na Etiópia


BRASIL! BRASIL!


Charge do Bessinha

Posted: 26 May 2013 05:30 PM PDT


Um telhado de vidro no STF?

Posted: 26 May 2013 05:29 PM PDT


Rodolpho Motta Lima, Direto da Redação

"Se Joaquim Barbosa quer  pronunciar-se como um cidadão comum deve, antes de mais nada, transformar-se em um cidadão comum, despir-se da toga de super-herói que a mídia lhe vem conferindo , renunciar ao cargo de ministro do STF e, aí sim, deitar falação sobre o que lhe venha à cabeça, enfrentando , é claro, eventuais reações daqueles que considerem que "quem tem telhado de vidro não joga pedras no telhado do vizinho".

Na  condição de advogado bissexto,  bancário aposentado e professor ainda atuante, julgo-me no direito cidadão  de opinar sobre os que me representam nos três poderes constituídos da República. No exercício democrático, não só posso, como devo, manifestar-me criticamente sobre o que considere deslizes das três  áreas – Executivo, Legislativo e Judiciário - , principalmente nos momentos em que vislumbro agressões à cidadania. Como eu, qualquer brasileiro possui esse direito e deve mesmo refletir sobre se o tem ou não exercido de forma efetiva.  
Mais informações »

Dilma, Aécio e Campos: todos de olho no PMDB

Posted: 26 May 2013 05:11 PM PDT


"Presidente diz que "aliança com o PMDB já foi muito testada", mas concorrentes apostam que críticas à falta de diálogo com o governo podem crescer e afastar legenda do apoio a Dilma em 2014; nem que seja em pedaços; Aécio Neves sonha com o PMDB do Rio e Eduardo Campos gostaria de fatias no Nordeste; Renan, Alves e Temer estão com Dilma, mas esforço para controlar bases é permanente; máquina partidária inclui mil prefeitos e diretórios em mais de cinco mil municípios

Brasil 247

Todos querem ficar com o PMDB. O filme de maior sucesso no mundo político nas últimas quatro eleições presidenciais está em cartaz novamente. Desde 1994, quando concorreu com Orestes Quércia, o partido não tem candidato a presidente, oferecendo a quem decide apoiar uma grande e eficiente máquina política, hoje com mais de mil prefeitos e quase cinco mil diretórios municipais. No Congresso, são 18 senadores e 79 deputados federais que têm feito a diferença.

Nas duas últimas votações mais importantes para o governo, a MP dos Portos que precisou passar pela Câmara e o Senado, as contas só fecharam para uma maioria quando o partido se uniu, ainda que na marra. Cresce o volume das reclamações dentro da legenda de falta de diálogo com o governo e, especialmente, pouca retribuição a gestos de disciplina partidária."
Matéria Completa, ::AQUI::

Como o país que inventou o sexo livre se transformou no carrasco de Assange

Posted: 26 May 2013 04:17 PM PDT


"As outrora libertárias suecas adotaram um feminismo radical em que o pênis é um inimigo.

Paulo Nogueira, Diário do Centro do Mundo

Quer entender o que está acontecendo com Julian Assange, um dos maiores inovadores do jornalismo em toda a história, um titã da transparência e do combate a governos e corporações corruptas?

Leia Uma Breve História do Sexo Sueco — como a nação que nos deu o amor livre redefiniu o estupro e declarou guerra a Julian Assange. O autor é Oscar Swartz, um guru sueco de TI de 53 anos e um libertário em todas as esferas, da política ao sexo.

Torço para que alguma editora brasileira já esteja traduzindo. Meu exemplar comprei na Amazon, e comecei a ler depois de um simples clique para comprar e baixar o livro.

Swartz facilitou ao máximo nossa vida. Fez uma linha do tempo. Seu relato vai dos anos dourados do sexo na Suécia àquilo em que ela se transformou hoje – um inferno para os homens.

A primeira parte é conhecida. A Suécia era uma referência de liberdade sexual nos anos 1950 e 1960. Vigoravam lá idéias muito à frente do tempo, como o "erotismo samaritano". Isso significava o seguinte: proporcionar sexo a pessoas desfavorecidas. Por exemplo, deformadas, ou com problemas neurológicos sérios. O Estado manteria bordéis para atender as necessidades sexuais dos impossibilitados de conquistar mulheres pelas vias normais."
Artigo Completo, ::AQUI::

Aécio e o DNA tucano

Posted: 26 May 2013 07:36 AM PDT


Cadu Amaral, Blog do Cadu

"Qual o pior, ver o senador mineiro-carioca ironizar no programa do Ratinho sobre o DNA de programas como o Bolsa Família ou ele afirmar que a base do governo é maluca e não serve para nada? A atual base governista era, em boa parte, a base dos governos tucanos. Se há maluquice, há desde os tempos de FHC. Ao invés de debater uma reforma política, Aécio prefere questionar a sanidade de congressistas. Sobre o Bolsa Família, memória curta. Talvez fruto de uma vida pouco regrada, mas como ele cuida de sua vida privada, não importa.
Mais informações »

Dilma destaca autonomia da África e América Latina em discurso na Etiópia

Posted: 26 May 2013 06:39 AM PDT


Mariana Tokarnia, Agência Brasil
 
"Em discurso na comemoração do aniversário de 50 anos da União Africana, a presidenta Dilma Rousseff destacou a importância da autonomia tanto do Continente Africano quanto da América Latina, assim como a importância da cooperação entre ambos. "Os avanços da União Africana, como os da Unasul [União de Nações Sul-Americanas] encerram um ensinamento fundamental: quem deve resolver os problemas das nossas regiões somos nós mesmos, respeitando sempre as diferenças que porventura existem entre nós", disse.

Dilma Rousseff representa a América Latina no encontro da União Africana em Adis Abeba, capital da Etiópia. No discurso, disse que o Brasil tem muitas semelhanças com o Continente Africano, "O Brasil vê o Continente Africano como um irmão e vizinho próximo". "Nossos interesses comuns são amplos: buscamos o desenvolvimento, o que exige a promoção da inclusão da nossa população aos ganhos e riquezas de nosso país".
Mais informações »

O relato tocante de Bete Mendes sobre a tortura

Posted: 26 May 2013 06:31 AM PDT


"Presa e torturada durante a ditadura, a atriz Bete Mendes, que foi a primeira a denunciar o coronel Brilhante Ustra, fala sobre sua experiência e diz como foi humilhada, seviciada e vilipendiada pelo regime militar


Sobrevivente da ditadura, a atriz Bete Mendes, relatou à jornalista Eleonora de Lucena, da Folha, sua experiência na prisão, onde foi torturada. Leia abaixo:

Sobrevivi à tortura

(...) Depoimento a

ELEONORA DE LUCENA

ENVIADA ESPECIAL AO RIO

Fui presa duas vezes. Na primeira, não fui torturada fisicamente. Na segunda, foi total. Fui torturada [em 1970] e denunciei [o coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra]. Isso me marcou profundamente. Não desejo isso para ninguém --nem para meus inimigos. A tortura física é a pior perversidade da raça humana; a psicológica, idem.

Não dá para ter raiva [de quem me torturou]. A gente é tão humilhado, seviciado, vilipendiado que o que se quer é sobreviver e bem. Estou muito feliz, sobrevivi e bem. E não quero mais falar desse assunto.
Superei isso com tratamento psicológico e com trabalho. Agradeço à família, à classe artística, aos amigos que foram meu alicerce.
Mais informações »
You are subscribed to email updates from Brasil! Brasil!
To stop receiving these emails, you may unsubscribe now.
Email delivery powered by Google
Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610



--
Francisco Almeida 




Postar um comentário