sexta-feira, 5 de abril de 2013

Via Email: BRASIL! BRASIL!: Marin, da CBF, não joga no time de Dilma


BRASIL! BRASIL!


Charge do Bessinha

Posted: 04 Apr 2013 05:03 PM PDT


Marin, da CBF, não joga no time de Dilma

Posted: 04 Apr 2013 05:02 PM PDT


Bob Fernandes, Terra Magazine

"A Comissão Nacional da Verdade investiga a violação de direitos humanos nas ditaduras brasileiras, da ditadura de Getúlio Vargas, entre 1937 e 1945, a atos da ditadura que se arrastou de 1964 a 1985. Na segunda e terça-feira próximas, a Comissão da Verdade vai decidir se convoca o presidente da CBF. Há um consenso pela convocação de José Maria Marin.

Vladimir Herzog dirigia o jornalismo da TV Cultura em 1975. A 9 de outubro daquele ano, Marin, deputado pela Arena, criticou a TV Cultura num aparte a um discurso. Disse:

- É preciso, mais do que nunca, uma providência, a fim de que a tranquilidade volte a reinar, não só nesta Casa, mas, principalmente, nos lares paulistanos.

No dia 24 de outubro daquele 1975 Herzog foi depor no DOI-CODI, à Rua Tutóia, na Vila Mariana. O DOI-CODI era um tenebroso centro de torturas a presos políticos. No DOI-CODI, Herzog foi assassinado. Um ano depois, em novo discurso, Marin fez rasgados elogios ao delegado Sérgio Paranhos Fleury.
Mais informações »

Historiadora Virgínia Fontes analisa particularidades da burguesia brasileira

Posted: 04 Apr 2013 04:56 PM PDT

Choque de oferta

Posted: 04 Apr 2013 04:51 PM PDT


O crescimento atual da inflação é
fruto de um choque de oferta devido
à baixa produção agrícola no ano passado

Delfim Netto, CartaCapital

"Um aumento forte no preço de produtos básicos da alimentação no ano passado (feijão e milho, basicamente) e de hortifrutigranjeiros (em destaque, o tomate, para variar…) neste início de ano chuvoso pressionou a taxa de inflação, pesou no orçamento doméstico e criou algumas dificuldades novas na administração da economia. Marginalmente a novidade estimula a reedição do "cabo de guerra" entre setores do mercado financeiro e a autoridade monetária: mesmo sabendo se tratar de fenômeno temporário, agentes permanentemente com sérias dificuldades em suas mentes voltam a clamar pela elevação das taxas de juro como remédio eficaz para conter os preços dos legumes, frutas e hortaliças, em geral.

Para entender os aumentos recentes, é preciso aceitar o fato de termos sofrido um importante choque de oferta, que começou com a queda da produção agrícola no ano passado. A safra terminada não foi das melhores, não houve a produção esperada de grãos. Em segundo lugar, tivemos pressões externas de aumento de preços.  E houve a correção do câmbio, absolutamente necessária para salvar a indústria.
Mais informações »

Poupança tem maior captação líquida do ano

Posted: 04 Apr 2013 04:42 PM PDT


Stênio Ribeiro, Agência Brasil

"Os depósitos em caderneta de poupança chegaram a R$ 108,190 bilhões em março, enquanto as retiradas totalizaram R$ 102,229 bilhões, informou hoje (4) o Banco Central. A captação líquida ficou em R$ 5,960 bilhões, a melhor de todos os tempos para meses de março, e foi mais que o dobro dos superávits registrados em janeiro e fevereiro, ambos em torno de R$ 2,3 bilhões.

O saldo positivo da caderneta de poupança em março, somado aos rendimentos de R$ 2,265 bilhões no mês, elevou o estoque total da aplicação para R$ 513,828 bilhões, dos quais R$ 498,472 bilhões (78,11%) no Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), que destina 65% aos financiamentos imobiliários e R$ 112,461 bilhões (21,88%) à poupança rural.

De acordo com o relatório divulgado pelo Banco Central, março foi o 13º mês seguido em que a caderneta de poupança teve captação positiva, sendo R$ 4,523 bilhões no SBPE, e R$ 498,472 milhões na poupança rural."

Tucanos propõem retirar direitos trabalhistas recém-conquistados pelas domésticas

Posted: 04 Apr 2013 04:36 PM PDT


"Carlos Sampaio afirmou que a PEC
embute o risco de provocar demissões
em massa
(Foto: Alexandra Martins/Agência Câmara)

"Bancada do PSDB quer acabar com multa de 40% do FGTS nas demissões sem justa causa e reduzir de 12% para 5% a alíquota do INSS que deve ser recolhida pelos patrões


A bancada do PSDB no Câmara, alegando ameça de demissões em massa para empregados domésticos por conta da regulamentação da profissão, apresentou hoje (4) projeto que retira direitos estabelecidos pela chamada PEC das Domésticas, a Proposta de Emenda à Constituição aprovada em março no Senado e promulgada esta semana no Congresso.

Os deputados tucanos propõem que os patrões sejam isentos de pagar a multa de 40% sobre o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) em caso de demissão sem justa causa. A multa é um direito conquistado por trabalhadores da iniciativa privada com registro em carteira.

A bancada tucana também quer diminuir o percentual de recolhimento da alíquota do INSS, de 20% – 12% recolhidos pelos patrões e 8% pelos trabalhadores – para 8% – sendo 5% dos patrões e 3% dos trabalhadores."
Matéria Completa, ::AQUI::

Ao citar ditadura em discurso, Aécio fala em 'revolução de 64'

Posted: 04 Apr 2013 03:50 PM PDT



Folha de São Paulo

"Em discurso no Congresso Paulista de municípios nesta quinta-feira, em Santos (SP), o senador Aécio Neves (PSDB-MG) tratou o golpe que instalou a ditadura militar no Brasil como 'revolução de 64'.

O termo é normalmente utilizado por militares que negam ter havido ditadura militar no país de 1964 a 1985.

Aécio fez a referência ao recapitular períodos históricos do país, quando falava sobre concentração de poder no governo federal. ""Veio a revolução de 64, um período de grande concentração de poder nas mãos da União."
Matéria Completa, ::AQUI::

Megavazamento gera pânico entre os super-ricos

Posted: 04 Apr 2013 03:44 PM PDT


"Offshore Leaks" vaza 2,5 milhões de documentos e registros internos de empresas com algo em torno de US$ 32 trilhões escondidos em paraísos fiscais, como as Ilhas Virgens; entre os milhares de nomes revelados pelo Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos estão Jean-Jacques Augier, amigo e tesoureiro da campanha do presidente francês François Hollande, e o presidente do Azerbaijão, Ilham Aliyev; e no Brasil?


"Os jornais 'Guardian', 'Le Monde' e 'The Washington Post' anunciaram nesta quinta-feira o vazamento de "milhões de registros internos" de empresas britânicas offshore, apelidado de "Offshore Leaks". Os documentos expõem pela primeira vez a identidade de milhares de pessoas, de mais de 170 países, ligadas a empresas offshore com dinheiro escondido em paraísos fiscais. Entre eles estão Jean-Jacques Augier, amigo e tesoureiro da campanha do presidente francês François Hollande, e o presidente do Azerbaijão, Ilham Aliyev.
Mais informações »

Charge do Bessinha

Posted: 04 Apr 2013 08:50 AM PDT


Lula sai em defesa do Mercosul, em visita ao Uruguai

Posted: 04 Apr 2013 08:50 AM PDT


O presidente uruguaio, Mujica, cumprimenta Lula, em evento realizado quando o brasileiro ainda ocupava a Presidência da República, em 2009

Correio do Brasil / ACSs
 
"O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva desembarcou, nesta quinta-feira, em Montevidéu, onde participa do debate Transformações em risco? Perspectivas e tensões do progressismo na América Latina, junto com o presidente uruguaio, José Mujica, e o secretário-geral da Confederação Sindical dos Trabalhadores das Américas, o paraguaio Victor Báez. Em sua penúltima edição, o diário uruguaio La Republica publicou entrevista de quarto páginas com o líder brasileiro, em que ele, mais uma vez, não descarta totalmente voltar a se candidatar à Presidência, e defendeu o Mercosul, dizendo que as críticas ao bloco "não têm sustentação teórica, econômica ou social".

– Nós temos diferenças como qualquer bloco ou qualquer aliança de negócios, como deve ser em um mundo democrático – acrescentou.
O bloco, segundo Lula, serve justamente para que essas divergências sejam explicitadas e que uma solução seja encontrada. Lula lembrou que, se compararmos o Mercosul de hoje com o de 2002, fica fácil perceber o grande avanço.

– O caso do Uruguai é um bom exemplo: em 2002, o fluxo de comércio com o Brasil foi EUA $ 825 milhões, em 2010 e chegou a US $ 2,9 bilhões – disse."
Matéria Completa, ::AQUI::

Movimento no comércio cresce 1,4% em março, aponta Serasa

Posted: 04 Apr 2013 08:33 AM PDT


Camila Maciel, Agência Brasil

"O movimento de consumidores no comércio em todo o país cresceu 1,4% em março na comparação com o mês anterior, segundo levantamento da empresa de consultoria Serasa Experian. Em relação ao mesmo período do ano passado, a alta foi maior, 13,4%. No mês de fevereiro, a atividade varejista havia apresentado queda de 0,4% em relação a janeiro.

Na avaliação dos economistas da Serasa, a movimentação foi impulsionada pelo varejo automotivo, tendo em vista que estava programada a volta do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para o início de abril. Embora o retorno não tenha ocorrido por uma decisão do governo, essa possibilidade provocou uma maior ida dos consumidores às lojas do setor em março. O indicador mostra uma alta de 2,4% no segmento de veículos, motos e peças.

O movimento de consumidores nos supermercados, hipermercados e demais estabelecimentos comercializadores de alimentos e bebidas também contribuiu para o índice, com alta de 1,2%. Para a Serasa, o acréscimo deve-se ao fato de o feriado de Páscoa ter ocorrido no fim de março.

Os demais setores também registraram alta: móveis, eletrônicos e informática (0,9%); material de construção (0,8%); tecidos, vestuários, calçados e acessórios (0,8%); e combustíveis e lubrificantes (0,1%)."

Prefeitura de SP atua para adiar mais uma reintegração de posse na zona leste

Posted: 04 Apr 2013 07:57 AM PDT


"Desapropriação da Comunidade da Paz, prevista para o dia 26, fica adiada por 90 dias. Em março, Haddad evitou retirada dos moradores de Jardim Iguatemi, também na zona leste


O secretário municipal de Habitação de São Paulo, José Floriano de Azevedo, entregou hoje (3) para uma comissão de moradores da Comunidade da Paz, localizada em Itaquera, zona leste da cidade, um documento comprovando que a Companhia Metropolitana de Habitação (Cohab) pediu o adiamento por 90 dias da reintegração de posse da área onde está a favela.

Os moradores contam que ficaram sabendo por acaso da reintegração marcada, desde o final do ano passado, para dia 26 deste mês. "Nós soubemos fuçando na internet", disse o professor Valter de Almeida. "É um fôlego. Antes não havia dialogo nenhum, tudo era feito por baixo dos panos. Eles prometeram que vão fazer o recadastramento das famílias e tentar desenvolver um projeto que acomode as famílias na região", afirmou.

Esta é a segunda vez que a gestão do prefeito Fernando Haddad (PT) age para interferir em uma reintegração de posse na cidade. No último dia 27, o prefeito conseguiu interromper a retirada dos moradores do Jardim Iguatemi, em São Mateus, também na zona leste."
Matéria Completa, ::AQUI::

Em atos coordenados, feministas protestam de topless por muçulmana

Posted: 04 Apr 2013 06:46 AM PDT

"Caso de jovem tunisiana que recebeu ameaças de morte motivou protestos. Itália, França e Alemanha e outros receberam atos com jovens seminuas.

Do G1

O grupo feminista de origem ucraniana Femen realizou nesta quinta-feira (4) protestos coordenados em diferentes países da Europa com um mesmo propósito. As ativistas, que costumam aparecer nos atos com os seios à mostra, denunciam o caso de Amina, uma jovem tunisiana que recebeu ameaças de morte pela internet após postar uma foto sua de topless.

O grupo convocou um dia internacional de "jihad do topless" por conta de Amina, aproveitando o caso como bandeira para exigir liberdade sexual para as mulheres dentro do Islamismo.
 
Feministas seminuas foram detidas em Kiev, na Ucrânia, país de origem do Femen (Foto: Sergii Polezhaka/Reuters e AFP/Divulgação Femen)
Jovem protesta em frente ao consulado da Tunísia em Milão, Na Itália (Foto: Olivier Morin/AFP)
Ato também foi interrompido pela polícia em frente à embaixada da Tunísia em Paris, na França (Foto: Miguel Medina/AFP)
Jovens mostram os seios em protesto em frente a mesquita de Berlim, na Alemanha (Foto: Johannes Eisele/AFP)
Feministas protestam com faixas e frases no corpo em frente à Grande Mesquita em Bruxelas, na Bélgica (Foto: Georges Gobet/AFP e Yves Logghe/AP)

Até o PSDB critica jovem reacionário de Alckmin

Posted: 04 Apr 2013 06:23 AM PDT


"Ricardo Salles questionou a existência de crimes na ditadura; constrangidos, tucanos agora cogitam sua saída do cargo de secretário particular do governador por jogar contra o esforço do Governo de São Paulo em contribuir para esclarecer o período da repressão; filho de Rubens Paiva, morto sob tortura, pediu uma retratação de Alckmin; para o ex-governador Alberto Goldman, falta conhecimento de história ao advogado; já o senador Aloysio Nunes se diz contra "quando se tenta negar a existência de violações aos direitos humanos"

Brasil 247

O advogado Ricardo Salles, secretário particular do governador Geraldo Alckmin, bem que tentou se explicar, mas sua declaração sobre a ditadura militar foi criticada até mesmo dentro do PSDB.

Durante um evento no Clube Militar, no Rio, no ano passado, ele questionou a existência de crimes na ditadura: "Não vamos ver generais e coronéis, acima dos 80 anos, presos por causa dos crimes de 64. Se é que esses crimes ocorreram...", disse o advogado de 37 anos.

Surpreso com a repercussão que o caso ganhou, Salles tentou explicar: "o que quis dizer é que nem todos os militares cometeram crimes. Nunca neguei que houve crimes na ditadura."

Constrangido, tucanos agora questionam a permanência do jovem reacionário no cargo, que acompanha Alckmin em ações públicas, como no lançamento do acesso eletrônico a fichas do antigo Departamento de Ordem Pública e Social (Dops), central da repressão. Para eles, o assessor de Alckmin joga contra o esforço do governador em contribuir para esclarecer o período da repressão."
Matéria Completa, ::AQUI::

O ministro Bernardo vai girar a maçaneta?

Posted: 04 Apr 2013 05:32 AM PDT


Saul Leblon, CartaCapital / Blog das Frases

"O governador tucano Geraldo Alckmin levou a tiracolo um estafeta e notório defensor da ditadura à cerimonia de entrega dos arquivos digitalizados do DOPS, em São Paulo.

O episódio ilustra o corredor de camaradagem que liga as portas abertas da democracia e os socavões escuros da ditadura, ainda existentes na sociedade brasileira.

Quarenta e nove anos depois do golpe militar de 64, e passados quase 30, desde o fim da ditadura, a verdade é que a democracia permanece refém de certos interditos.

Incompatíveis com o pleno trânsito do regime da liberdade.

Só agora, e muito timidamente, portas permanentemente fechadas, diante das quais passaram poderes eleitos sem nunca indagar o que havia dentro, começam a ser devassadas depois da soleira.
Mais informações »
You are subscribed to email updates from Brasil! Brasil!
To stop receiving these emails, you may unsubscribe now.
Email delivery powered by Google
Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610



--
Francisco Almeida 




Postar um comentário