segunda-feira, 18 de março de 2013

Via Email: BRASIL! BRASIL!: Mensalidade escolar é o novo alvo de Dilma


BRASIL! BRASIL!


Jornalista argentino publica documento que indicaria conivência de papa na ditadura

Posted: 17 Mar 2013 06:38 PM PDT


Silvana Arantes, Folha de S. Paulo

"O jornalista argentino Horacio Verbitsky voltou a publicar ontem no diário "Página 12" cópia do documento que, a seu ver, "termina com a discussão sobre o papel de (Jorge Mario) Bergoglio" no episódio do sequestro e tortura por parte do regime militar argentino, em 1976, dos padres Orlando Yorio (morto em 2000, aos 67 anos de idade) e Francisco Jalics.

O documento é uma das peças principais do livro "O Silêncio", que Verbitsky lançou em 2005 e no qual acusa Bergoglio de haver delatado Yorio e Jalics aos militares, por envolvimento com a guerrilha.

Trata-se de uma nota de 1979 assinada pelo então diretor de Culto Católico da Chancelaria argentina, Anselmo Orcoyen, na qual se registra que Bergoglio fez formalmente um pedido para a renovação do passaporte de Jalics, instalado na Alemanha, após sua soltura pelo regime militar. Ele e Yorio haviam sido torturados na Escola de Mecanica da Marinha e ficaram cinco meses em poder dos militares."
Matéria Completa, ::AQUI::

O passado do Papa argentino

Posted: 17 Mar 2013 06:14 PM PDT


Rui Martins, Direto da Redação

"Jorge Mario Bergoglio, argentino, filho de emigrante italiano, foi rapidamente escolhido pelos 115 cardeais como o sucessor de Bento XVI. E impressionou pela simplicidade e pela maneira não convencional com que se dirigiu aos fiéis, postados diante da Basílica de Roma.

Ao escolher o nome de Francisco, estabeleceu uma ligação com Francisco de Assis, sacerdote católico, no século XIII, conhecido pela sua identificação com os pobres, Bergoglio confirmou o seu lado mais visível – o de um cardeal próximo do povo, que vive como as pessoas comuns num apartamento, usando o transporte coletivo para se locomover. Contam ainda que, nos encontros dos cardeais em Roma, Bergoglio preferia sempre ir se sentar nos últimos lugares, sem querer se impor nas primeiras fileiras.

Nisso, nessa vontade de identificação com os fiéis pobres, comentou um jornalista da televisão francesa, lembra a figura de Helder Câmara. Em termos doutrinários, ninguém deve dele esperar aberturas ou pronunciamentos diferentes de João Paulo II ou de Bento XVI, no que se refere à homossexualidade, à participação das mulheres no sacerdócio da Igreja, na questão dos anticoncepcionais ou do aborto.
Mais informações »

Mensalidade escolar é o novo alvo de Dilma

Posted: 17 Mar 2013 05:06 PM PDT


"Representantes de escolas particulares negociam com o governo federal um marco legal que os beneficie diretamente e pedem inclusão na emenda que trata da desoneração das instituições superiores de ensino privadas, em discussão no Congresso; desoneração da folha pode reduzir mensalidades em 45%

Brasil 247 / Agência Brasil

Escolas particulares de ensino básico pedem a desoneração da folha de pagamentos para aumentar investimentos em educação. Representantes das instituições negociam com o governo federal um marco legal que os beneficie diretamente e pedem a inclusão dessas escolas na emenda que trata da desoneração das instituições superiores de ensino privadas, que está sendo discutida em comissão mista no Congresso Federal. De acordo com a Federação Nacional das Escolas Particulares (Fenep), a desoneração poderia gerar uma redução de 45% do valor das mensalidades.
Mais informações »

Jogador grego faz saudação nazista e é banido da seleção

Posted: 17 Mar 2013 04:20 PM PDT


O jogador grego que se perfilou à nazista em frente a plateia, diz que não sabe o que o gesto significa. Pouca gente acreditou

Correio do Brasil / BBC Brasil

"Um jogador de futebol grego foi banido para sempre de jogar pela seleção do país depois de fazer uma saudação nazista, apesar de negar que soubesse o que o gesto significava. Giorgos Katidis, de 20 anos, que joga pelo AEK Atenas, fez a saudação para comemorar seu gol durante uma partida, no último sábado.

A Federação de Futebol grega qualificou o gesto como uma "provocação grave", que insultou "todas as vítimas da bestialidade nazista". Katidis negou que tenha feito uma saudação nazista e disse que estava simplesmente apontando para um companheiro de equipe nas arquibancadas.
Mais informações »

Charge do Bessinha

Posted: 17 Mar 2013 09:29 AM PDT


Responsabilidade de quem?

Posted: 17 Mar 2013 09:27 AM PDT


Fábio Konder Comparato, Conversa Afiada

"A discussão a respeito do prolongado silêncio do atual Papa em relação os crimes de terrorismo de Estado na Argentina, cometidos durante o regime empresarial-militar de 1976 a 1983, merece uma reflexão à luz da história do cristianismo.

São Paulo, ele próprio cidadão romano e grande propagador da fé cristã no vasto território do império dos Césares, em carta dirigida justamente aos cristãos residentes em Roma (capítulo 13, versículos 1 e 2), ordenou:
"Todo homem se submeta às autoridades constituídas, pois não há autoridade que não venha de Deus, e as que existem foram estabelecidas por Deus. De modo que aquele que se revolta contra a autoridade, opõe-se à ordem estabelecida por Deus. E os que se opõem atrairão sobre si a condenação."
Mais informações »

Base governista?

Posted: 17 Mar 2013 09:17 AM PDT



"Fosse a política brasileira menos acomodatícia, a reforma ministerial em gestação implicaria a retirada dos cargos entregues ao Partido Socialista Brasileiro (PSB), que a esta altura, aliás, nada mais tem de socialista afora o nome. Os últimos gestos do presidente da sigla, Eduardo Campos, indicam a intenção de criar, sempre que pode, embaraços ao governo federal, que supostamente apoia.

Há 15 dias, o governador de Pernambuco estabeleceu uma surpreendente aliança com Paulo Pereira da Silva, o principal dirigente da Força Sindical, para barrar a privatizante MP (595) dos portos. Em seguida, na quarta passada, liderou 16 governadores em uma proposta de onerar a União em R$ 4,5 bilhões para resolver o problema criado com a derrubada no Congresso do veto presidencial sobre a divisão dos royalties do petróleo.
Mais informações »

O jornal que incomoda fardas e batinas

Posted: 17 Mar 2013 07:25 AM PDT


Saul Leblon, Carta Maior / Blog das Frases

"Na manhã seguinte ao anúncio de um Papa argentino, o jornal 'Página 12' sacudiu Buenos Aires com a manchete: '!Dio, Mio!'

Na 6ª feira, dois dias depois, como relata o correspondente de Carta Maior, Eduardo Febbro, direto do Vaticano, o porta-voz da Santa Sé reclamou do que classificaria como 'acusações caluniosas e difamatórias' envolvendo o passado do Sumo Pontífice.

Em seguida atribui-as a 'elementos da esquerda anticlerical'.

Alvo: o 'Página 12' .

Com ele, seu diretor, o jornalista, Horácio Verbitsky, que tem um livro sobre o as suspeitas que ensombrecem a trajetória do cardeal Jorge Mário Bergoglio, durante a ditadura argentina.

A cúpula da Igreja acerta ao qualificar o 'Página 12' como 'de esquerda' – algo que ostenta e do qual se orgulha praticando um jornalismo analítico, crítico, ancorado em fatos.

Mas erra esfericamente ao espetá-lo como 'anticlerical'.
Mais informações »
You are subscribed to email updates from Brasil! Brasil!
To stop receiving these emails, you may unsubscribe now.
Email delivery powered by Google
Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610



--
Francisco Almeida 




Postar um comentário