quinta-feira, 21 de março de 2013

Via Email: BRASIL! BRASIL!: Marco Feliciano vai depor por estelionato mas ainda preside comissão de Direitos Humanos


BRASIL! BRASIL!


Charge do Bessinha

Posted: 20 Mar 2013 06:01 PM PDT


Mídia e ditadura: a primeira morte de Jango

Posted: 20 Mar 2013 05:59 PM PDT


Saul Leblon, Carta Maior / Blog  das Frases

"O atestado de óbito do ex-presidente João Goulart que atribui a sua morte, em 1976, a um ataque cardíaco pode ter a mesma validade daquele que, durante décadas, afirmou que o jornalista Vladimir Herzog cometeu suicídio, atirando-se de uma cadeira numa cela do Dops.

As suspeitas, antigas, no caso de Jango ancoram-se em indícios, sendo o maior deles o mais óbvio.

Uma desconfiança que lateja há pelo menos uma década: o caso ainda não foi submetido à prova da autópsia, proibida pelo regime militar na data do falecimento.

Há outros sinais.

Um ex-espião uruguaio, Mario Neira Barreiro, denunciou o assassinato no passado. Barreiro não é propriamente um cidadão acima de qualquer suspeita.

Ao contrário.

Mas ampara suas revelações em detalhes de quem, ao menos, conhecia minuciosamente a rotina de Jango.

A ditadura só permitiu o sepultamento do ex-presidente, em São Borja, a 40 metros do túmulo de Getúlio Vargas, com féretro blindado.

Ainda assim, na última hora, o então ministro do Exército, Sylvio Frota, da extrema direita militar, tentou anular a autorização expedida pela cúpula do governo Geisel.

O caixão lacrado, conduzido em carro a alta velocidade, cruzou a fronteira de Uruguaiana a 120 km por hora, vindo de Mercedes, na Argentina, onde ficava a estância dos Goulart.

Ladeava-o um aparato militar com ordens expressas de não permitir manifestações populares."
Artigo Completo, ::AQUI::

Marco Feliciano vai depor por estelionato mas ainda preside comissão de Direitos Humanos

Posted: 20 Mar 2013 05:46 PM PDT


Marco Feliciano permanece à frente da Comissão de Direitos Humanos, mas não se sabe ainda por quanto tempo

Correio do Brasil 
 
"Desembarcou no gabinete do deputado Marco Feliciano (PSC-SP), presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados, no início da noite desta quarta-feira, a intimação do Supremo Tribunal Federal (STF) para que o parlamentar compareça a interrogatório no dia 5 de abril, às 14h30, na ação penal em que é acusado de estelionato. A informação foi veiculada na página de andamento processual da Suprema Corte, na internet, por determinação do relator, o ministro Ricardo Lewandowski.

Marco Feliciano foi denunciado no processo aberto pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul, em 2009, antes de ele ser eleito. Devido ao foro privilegiado, o parlamentar responderá à ação no STF, acusado de obter vantagem ilícita de R$ 13.362,83, após simular um contrato "para induzir a vítima a depositar a quantia supramencionada na conta bancária fornecida". A denúncia do MP do Rio Grande do Sul informa que o parlamentar firmou contrato para ministrar um culto religioso, deixou os fiéis esperando e não apareceu. O processo tem, até agora, 261 páginas, e será decidido no Plenário da Corte.

Procurador-geral da República, Roberto Gurgel, afirmou que Feliciano "não está minimamente indicado" para presidir a Comissão de Direitos Humanos da Câmara e o parlamentar chegou a se ausentar da sessão desta tarde, sob vaias e protestos dos manifestantes, que reproduziam as declarações consideradas homofóbicas e racistas do pastor evangélico."
Matéria Completa, ::AQUI::

Inspiração ideológica

Posted: 20 Mar 2013 05:23 PM PDT

Roberto Amaral, CartaCapital

"Não se discute o reacionarismo da 'grande imprensa' no Brasil (eu havia escrito 'da imprensa brasileira', mas pensei melhor);  a questão é seu entranhado entreguismo, pois, para ser de direita não precisa ser entreguista.  A imprensa dos EUA, por exemplo, embora conservadora, é nacionalista… É este, aliás, o único ponto em que a imprensa aqui instalada se afasta de sua congênere norte-americana: vive de costas para os interesses nacionais.

A explicação, porém, é fácil: no reverso, para atender aos interesses dos EUA (mais precisamente da dupla Pentágono-Departamento de Estado, e, logo, Departamento de Comércio), ela, essa imprensa, precisa ser antinacional. Por isso, em seu viés, o Brasil pode até crescer, desde que jamais ouse deixar de ser 'quintal' do grande 'irmão do Norte'. Pode até ser rico, o Brasil,  para poder ser bom comprador; contanto que jamais ouse qualquer arroubo de autonomia.

Nossas 'elites', ideologicamente colonizadas, não entendem que um país mestiço possa ter política externa, mormente ditada pelos seus próprios interesses.

Não é de hoje. Não é anti-lulismo, embora tenha encontrado nessa paixão política terreno fértil para se desenvolver. A grande imprensa, que ainda hoje odeia a Petrobras (que deslocou a Esso de nosso território), foi sempre contra a exploração brasileira do petróleo brasileiro. Chegou mesmo a defender a tese de que não devíamos gastar dinheiro procurando um 'óleo que não tínhamos', se podíamos comprá-lo das 'sete irmãs'. Foi contra a triticultura brasileira, pois deveríamos comprar o trigo subsidiado do Ponto IV, quando os EUA renovavam seus estoques de Guerra. Foi contra a industri alização do país. Repercutindo as teses de Eugênio Gudin, dizia-nos que nossa vocação, de país agrícola 'por natureza', era a de ser, palavras de hoje,  'a grande fazenda do Ocidente'. Jamais gostou da democracia. Foi contra a posse de JK, contra a posse de Jango, a favor do golpe  de 1964 e do regime militar, cuja implantação defendeu com entusiasmo, dando-lhe sustentação,  até  o momento em que, como genipapo maduro, a ditadura anunciou que ia cair do galho."
Artigo Completo, ::AQUI::

E se Lulinha fosse sócio do bilionário Lemann?

Posted: 20 Mar 2013 04:22 PM PDT


"Pergunta é do jornalista Paulo Nogueira, titular do blog Diário do Centro do Mundo; foi feita nesta quarta-feira 20 após afirmação registrada pelo site Viomundo: "Certas perguntas têm a força de mil respostas, e este é um caso"; ex-redator chefe da revista Exame, Nogueira afirma que tratamento da mídia tradicional para hipotética associação entre filho de Lula e o homem mais rico do Brasil, Jorge Paulo Lemann, seria bem diverso do que está sendo dispensado para o caso real de união de interesses entre filha do ex-presidenciável tucano José Serra e o mesmo bilionário; não seria um massacre o que é agora, para os outros veículos, apenas um discreto pé de página?

Brasil 247

O jornalista Paulo Nogueira tem disparado para o Brasil comentários originais e ferinos a partir de Londres, de onde publica o blog Diário do Centro do Mundo. Pela expressão, suas colunas têm publicadas por 247. Agora, mais uma vez Nogueira faz uma reflexão que dá a seus leitores o que pensar.

Ele partiu de uma menção feita pelo site Viomundo, depois de mais um negócio feito pelo fundo de investimentos Inova Capital, que tem entre seus cotistas o homem mais rico do Brasil, Jorge Paulo Lemann, e a filha do ex-governador e sempre presidenciável do PSDB José Serra, Verônica Serra. O Inova, como 247 destacou em seu noticiário, comprou por R$ 100 milhões 20% da sorveteria Diletto, cujo faturamento anual é estimado pelo mercado em R$ 30 milhões no ano passado.

Tratado com ares de normalidade, sem merecer destaque na mídia tradicional, como seria encarado o negócio se, em lugar de Verônica, o sócio de Lemann no Inova fosse Lulinha, o filho do ex-presidente Lula que já foi alvo de uma capa e uma série de reportagens da revista Veja? Se fosse Lulinha o condutor de uma aquisição milionária às vésperas de seu pai indicar se concorre mais uma vez à Presidência da República?"
Matéria Completa, ::AQUI::

Ana Paula Padrão deixa a Rede Record após fim do contrato de quatro anos

Posted: 20 Mar 2013 04:01 PM PDT


Jornalista não renovou contrato
para se dedicar às suas empresas
Portal Imprensa

"Nesta quarta-feira (20/3), em nota, a Rede Record informou que Ana Paula Padrão deixa a bancada do "Jornal da Record" a partir desta data. De comum acordo, a jornalista e a emissora decidiram não renovar o contrato, que tinha duração de quatro anos.



No período em que fez parte do rol da Record, a apresentadora esteve à frente do principal telejornal da emissora, o "Jornal da Record", participou da cobertura dos principais eventos jornalísticos e esportivos, bem como produziu séries e reportagens especiais.
Mais informações »

Charge do Bessinha

Posted: 20 Mar 2013 09:12 AM PDT


Dieese aponta: 95% das negociações salariais de 2012 resultaram em ganhos reais

Posted: 20 Mar 2013 09:09 AM PDT


Fernanda Cruz, Agência Brasil
 
"Cerca de 95% das negociações salariais que ocorreram durante o ano passado resultaram em ganhos reais, de acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). A análise, feita com 704 unidades de negociação da indústria, comércio e serviços, mostrou que 2012 foi o ano mais expressivo em termos de reajustes acima da inflação desde 1996.

O Sistema de Acompanhamento de Salários (SAS-Dieese) usou como parâmetro a evolução do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo o SAS, aproximadamente 4% das negociações conquistaram reajustes em percentual igual ao índice de inflação e 1% delas tiveram reajuste inferior. O aumento real médio observado nas negociações foi de 1,96%.
Mais informações »

Dilma dispara e Aécio se desespera

Posted: 20 Mar 2013 09:05 AM PDT


Altamiro Borges, Blog do Miro

"A pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) deve atiçar as bicadas no ninho tucano e bagunçar os cálculos eleitorais dos setores que já ensaiavam uma dissidência no campo governista. Ela indica que 63% dos entrevistados consideram o atual governo ótimo ou bom, o maior índice registrado desde o início da gestão. Já a presidente Dilma aparece com uma aprovação pessoal de 79%, índice bem superior ao obtido por Lula (58%) e FHC (70%) no mesmo período de mandato.

Apesar dos impactos da crise capitalista mundial, que reduziram o ritmo de crescimento da economia, e da oposição raivosa da mídia direitista e do seu dispositivo partidário – composto por PSDB, DEM e PPS –, a pesquisa confirmou que a sociedade confia nos rumos adotados pelo governo Dilma. A avaliação positiva manteve a tendência de crescimento iniciada em setembro de 2011. Já para o futuro próximo, 65% dos entrevistados afirmam que estão otimistas e que acreditam que o país vai melhorar.
Mais informações »

Dilma cresce; mídia busca um 'Capriles Nieto' brasileiro

Posted: 20 Mar 2013 08:03 AM PDT


Saul Leblon, Carta Maior / Blog das Frases

"A restauração conservadora fareja frestas e flancos para romper o colar de governos de centro-esquerda que, nos últimos dez anos, estendeu suas contas formando um cinturão de políticas progressistas no interior da América Latina.

Vive-se, grosso modo, um interregno entre dois ciclos.

Um, que parece ter se completado com a consolidação de políticas sociais e salariais, que remodelaram a dinâmica da cidadania e do consumo em largas fronteiras da América Latina.

Em graus distintos, esse estirão foi favorecido pelo afrouxamento do gargalo externo, marcado por uma década de preços altos das commodities.

Não há automatismos na história.
Mais informações »

Aécio peita Serra e será presidente do PSDB

Posted: 20 Mar 2013 07:47 AM PDT


"Conversas entre Aécio Neves e José Serra em curso; senador mineiro anuncia que é candidato a presidente do PSDB; governador Geraldo Alckmin dá apoio; mas José Serra, ultrapassado, ainda está calado; seminário do PSDB em São Paulo, na segunda-feira, será primeira prova dos nove sobre o que ele quer da sua vida política; Serra vai sair da toca para apoiar Aécio ou rachará unidade partidária?; na dúvida, convenção tucana deve ser adiada de maio para junho

Brasil 247

A bola está com José Serra. O presidenciável Aécio Neves já mostrou seu jogo. O governador Geraldo Alckmin diz que está ao lado dele. Observador, é como se o ex-presidente Fernando Henrique estivesse na tribuna de honra comendo pipocas.

Assim está o PSDB nesta quarta-feira 20. Semanas antes da convenção nacional que vai definir o novo presidente do partido, o senador Aécio Neves acredita estar conseguindo o apoio do PSDB paulista, mas não tem a mesma certeza quanto a obter o aval do ex-governador José Serra. Pode ser, mas também tudo ainda pode acontecer.

Aécio já admite publicamente o que havia dito nos bastidores do partido: está decidido a se tornar presidente da legenda. Ele recebeu conselhos em contrário de bons aliados, mas contra-argumentou que considera a posição importante para se firmar como líder da oposição ao governo Dilma e ao PT. Para essa empreitada, segundo apurou 247, ele obteve o apoio dos sete governadores do partido. Reunidos na casa do senador mineiro, em Brasília, na semana passada, eles fizeram rápidos discursos de apoio à candidatura de Aécio à presidência da República, o que deixou claro que irão aceitar toda e qualquer estratégia que ele quiser adotar para atingir o objetivo."
Matéria Completa, ::AQUI::

Francisco demonstra conhecer política de combate à pobreza no Brasil

Posted: 20 Mar 2013 07:10 AM PDT


Renata Giraldi, Agência Brasil/EBC

"Na conversa com a presidenta Dilma Rousseff, o papa Francisco demonstrou hoje (20) conhecer a política de combate à pobreza e à fome desenvolvida no Brasil. Dilma reiterou que a prioridade do papa é dar assistência aos pobres e mais frágeis, tema que Francisco ressaltou em seus sermões desde que foi eleito papa no último dia 13. A presidenta foi a primeira chefe de Estado recebida por Francisco, depois da cerimônia que marcou ontem (19) o início do pontificado.

"O papa é extremamente carismático e tem um compromisso com os pobres, o que torna a relação com o Brasil muito importante porque o governo brasileiro vem, nos últimos dez anos, a partir do [ex-presidente Luiz Inácio] Lula [da Silva] focando a questão da superação da pobreza", disse a presidenta, que se reuniu com o papa no Vaticano.
Mais informações »

Rodrigues da Folha diz que mídia não derruba Dilma

Posted: 20 Mar 2013 05:54 AM PDT


"Segundo o jornalista Fernando Rodrigues, colunista político da Folha, Aécio Neves, Eduardo Campos e Marina Silva têm recebido farto espaço para atacar a gestão petista, mas isso não parece ser suficiente para abalar a popularidade presidencial


Por que será que os opositores recebem tanto espaço para atacar a presidente Dilma Rousseff e, ainda assim, sua popularidade continua crescendo? Quem fala sobre o paradoxo é o jornalista Fernando Rodrigues, da Folha. Leia abaixo:

Oposição descalibrada

Fernando Rodrigues

BRASÍLIA - No terceiro dia de Itália, Dilma Rousseff finalmente conseguiu 24 segundos cumprimentando o papa Francisco. Garantiu presença nos telejornais. Hoje, terá uma reunião mais longa com o pontífice. E tome mídia espontânea a favor.

Enquanto isso, no Brasil, saiu uma pesquisa Ibope sobre a popularidade da administração da presidente.
Mais informações »
You are subscribed to email updates from Brasil! Brasil!
To stop receiving these emails, you may unsubscribe now.
Email delivery powered by Google
Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610



--
Francisco Almeida 




Postar um comentário