quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Via Email: BRASIL! BRASIL! : Ex-demônio, Henrique Alves vira anjo no PIG. Instantaneamente



BRASIL! BRASIL!


Posted: 07 Feb 2013 04:30 AM PST


Eduardo Guimarães, Blog da Cidadania

"O tom no Jornal Nacional de quarta-feira 6 de fevereiro de 2013 foi triunfal: Henrique Alves se ajoelhara aos pés da mídia golpista e chantagista. O telejornal não deixou de anotar a "mudança de posição" do presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves.

Em seguida, entra em cena Gilmar Mendes. Com semblante e fala serenos e igualmente triunfantes, anunciou que nunca teve dúvidas de que a Câmara cederia. A dupla de apresentadores do JN chama a matéria seguinte com um sorriso de orelha a orelha.

Afinal, o principal poder do PIG não é o de informar, mas o de ser temido.

Mas será mesmo que esse tom triunfante faz sentido ou é só produto do objetivo da direita midiática de nunca deixar enfraquecer a sua fama de toda poderosa? De minha parte, acho que é a segunda opção, pois não houve vitória alguma.

Antes de prosseguir, quero anotar que a sessão de tripúdio do JN começou antes aqui no Blog. Leitores discordantes da linha editorial da Casa não tardaram em vir com seus kkkk's e  me declararem "mudo", como se eu tivesse garantido alguma postura de Alves, quando apenas disse que os escândalos contra ele brotaram do éter como por mágica simplesmente por conta de ter deixado entender anteriormente, a alguns, que poderia não cumprir o rito de cassação dos mandatos dos réus do mensalão."
Artigo Completo, ::AQUI::
Posted: 07 Feb 2013 04:08 AM PST


"Estou inteiramente solidário aos bravos estudantes da Universidade de São Paulo, que têm reagido até com timidez e comedimento à escalada autoritária em curso

Celso Lungaretti, Brasil 247

Novamente São Paulo é o palco escolhido para uma flagrante provocação contra o movimento estudantil, que parece ter tudo a ver com a sequência de descalabros e arbitrariedades cometidos pelos sucessivos governo tucanos no Estado.
Mais informações »
Posted: 06 Feb 2013 03:56 PM PST


"Historicamente, a chamada grande imprensa tem se colocado contra os interesses da classe trabalhadora. Como instrumento de classe, essa mídia defende os interesses dos seus proprietários e da burguesia. Basta dar um pequeno giro no tempo para constatar o quanto os interesses nacionais e dos trabalhadores foram vergonhosamente combatidos. E por isso mesmo ela se tornou conservadora, venal e golpista.

Messias Pontes, Vermelho

Ardilosamente, o baronato da mídia manipula, deturpa, omite, mente, criminaliza os movimentos sociais e procura incutir na cabeça dos trabalhadores que faz tudo isso para defender os próprios trabalhadores. A repetição à exaustão de uma opinião ou de uma mentira acaba pegando alguns incautos. Contudo essa realidade hoje é bem diferente de duas décadas atrás .
Mais informações »
Posted: 06 Feb 2013 03:49 PM PST

Posted: 06 Feb 2013 03:48 PM PST


"O senador Fernando Collor (PTB-AL) prometeu e cumpriu a promessa de denunciar o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, pela licitação para comprar tablets para a Procuradoria Geral da República; para o parlamentar, houve "direcionamento" na concorrência pública de R$ 3 milhões para comprar 1.200 equipamentos; PGR nega e diz que compra da iPads está amparada na lei

Juliane Sacerdote, Brasília 247

Depois de subir à tribuna algumas vezes para proferir críticas duras ao procurador-geral da República, o senador Fernando Collor (PTB-AL) cumpriu a promessa e protocolou nesta quarta-feira 6, uma representação junto ao Tribunal de Contas da União.

No documento, o senador alagoano destaca que possui legitimidade para fazer a denúncia, segundo dispositivos da Constituição Federal, e que o fato tem "indícios suficientes" para ter prosseguimento dentro do TCU. Para o parlamentar, houve "direcionamento" da licitação pública realizada pela Procuradoria Geral da República para comprar tablets, e por isso, deve haver uma investigação e punição dos responsáveis.

Collor destaca que a PGR determinou que os 1.200 equipamentos fossem exclusivamente da marca Apple, impedindo assim que outras empresas participassem da concorrência pública, orçada em R$ 3 milhões. "Imaginem o que faria o Ministério Público da União, se essa licitação tivesse ocorrido em outra esfera de poder; nesta casa ou numa prefeitura?, questionou no plenário do Senado Federal.

Além da representação junto ao TCU, o senador pelo PTB também encaminhou a representação à Mesa Diretora do Senado Federal."
Matéria Completa, ::AQUI::

Posted: 06 Feb 2013 03:29 PM PST


 
"Contestada severamente por militares, com um formato considerado tímido por parentes de vítimas, a Comissão Nacional da Verdade começa aos poucos a expor a tétrica realidade dos anos de chumbo.

Nesta terça-feira, o coordenador da comissão, o ex-procurador-geral da República Cláudio Fontelles, disse que não há mais dúvidas em relação ao assassinato do ex-deputado Rubens Paiva, dentro do DOI/Codi, no Rio de Janeiro, por agentes da ditadura.

Fontelles afirmou, ainda, que a comissão terá condições de identificar, inclusive, os autores do homicídio –dois dos quais ainda vivos.
Mais informações »

Posted: 06 Feb 2013 02:50 PM PST


Altamiro Borges, Blog do Miro

"Em sua passagem pelo Paraná, onde visitou um assentamento do MST, a presidenta Dilma Rousseff anunciou que o seu governo estuda para este ano a desoneração integral dos produtos da cesta básica e a revisão do seu conceito. O objetivo do corte dos impostos é baratear o custo da alimentação na mesa dos trabalhadores brasileiros. "Como a lei que definiu a cesta básica é bastante antiga, nós estamos revisando os produtos que integram a cesta, a fim de que possamos desonerá-los integralmente", explicou Dilma.

Segundo relato do jornalista Danilo Macedo, da Agência Brasil, a desoneração visa combater qualquer retomada da inflação. "Não descuidamos dela em nenhum momento, em nenhuma circunstância. Vários fatores vão contribuir para redução da taxa de inflação neste ano", garantiu Dilma. A medida de maior impacto neste sentido foi tomada no mês passado com o projeto que reduziu as tarifas de energia elétrica – 18% para as residências e 32% para a indústria, a agricultura, o comércio e o setor de serviços.

O anúncio de Dilma deve ter desagradado Aécio Neves, o cambaleante presidenciável tucano. Quando da redução das contas de luz, o senador mineiro fez o maior escarcéu. Ele escreveu artigos e deu entrevistas defendendo os interesses dos acionistas das empresas de energia. Será que agora ele também vai protestar contra a cesta básica mais barata? Ele bem que podia usar o próximo programa de rádio e tevê do PSDB para criticar a "medida populista e demagógica" da presidenta. 

Reage Aécio! Toma uma providência – não estou falando da excelente cachaça de Salinas."
Posted: 06 Feb 2013 07:39 AM PST


"A gente imaginava que tinha acontecido,
 tinha indícios, mas não tinha prova
 material", diz Vera Paiva


"O sentimento ontem [segunda-feira, 4] foi mais uma vez dar conta do luto interminável de 42 anos. Hoje é uma certa sensação de alívio," disse emocionada a psicóloga Vera Paiva durante entrevista coletiva a respeito da revelação da Comissão Nacional da Verdade (CNV) sobre a morte de seu pai, o ex-deputado Rubens Paiva.

Vermelho / Agência Brasil

Documentos revelados pela comissão indicam que Paiva morreu sob custódia do Destacamento de Operações de Informações - Centro de Operações de Defesa Interna (DOI-Codi) do 1º Exército, no Rio de Janeiro.
Mais informações »
Posted: 06 Feb 2013 07:30 AM PST


Luciano Martins Costa, Observatório daImprensa

"A eleição dos dirigentes do Senado Federal e da Câmara dos Deputados produz um conjunto de reportagens que merece uma observação mais acurada dos leitores de jornais. Antes, porém, é conveniente rever as ideias do sociólogo alemão Herbert Gans, descritas em artigo publicado pelo Laboratório Nieman de Jornalismo, da Universidade Harvard, e reproduzidas neste Observatório (ver "Sociólogo defende jornalismo em prol da democracia"), no qual ele argumenta que os jornalistas devem repensar sua forma de trabalho como contribuição para a democracia no século 21.

Trata-se, resumidamente, de uma crítica à forma como a imprensa cobre assuntos importantes, deixando vácuos imensos de informação para serem preenchidos pelas opiniões de colunistas. No caso da política, observa o pesquisador, a falta de profundidade se percebe na preferência dos jornais por reproduzir decisões, ações e discursos de políticos eleitos, omitindo os processos por trás desses eventos.
Mais informações »

Posted: 06 Feb 2013 06:47 AM PST


"Estudantes que invadiram Reitoria em 2011 querem anulação da denúncia apresentada pela Promotoria do Ministério Público, que acusa 72 pessoas de terem cometido cinco crimes na ação, inclusive formação de quadrilha; "Foi o maior ataque contra o movimento estudantil desde a época da ditadura", disse ao 247 Diana Assunção, uma das acusadas; creem que reitor Grandino Rodas e governador Geraldo Alckmin agem em sintonia contra eles


Acusados de terem cometido cinco crimes, 72 estudantes e trabalhadores que invadiram e ocuparam a reitoria da Universidade de São Paulo em novembro de 2011 pretendem entrar com pedido de anulação caso algum dos juízes do Fórum Criminal de São Paulo aceite a denúncia apresentada nesta terça-feira 5 pela promotora Eliana Passarelli, do Ministério Público de São Paulo. O protesto, que terminou no dia 8 de novembro com a invasão da Tropa de Choque, que cumpria ordem de reintegração de posse, era contra a presença da PM dentro da USP, de acordo com os estudantes.
Mais informações »

Posted: 06 Feb 2013 06:36 AM PST
Ivan Richard, Agência Brasil

"O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), será recebido hoje (6), às 13h30, pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa. Segundo a assessoria do presidente da Câmara, será uma visita de cortesia. Na última segunda-feira (4), Alves e Barbosa estiveram juntos durante a cerimônia de abertura dos trabalhos legislativos. Na ocasião também estava presente o presidente do Congresso, senador Renan Calheiros.

Desde o ano passado, a Câmara e STF divergem em relação à cassação do mandato dos deputados João Paulo Cunha (PT-SP), Valdemar Costa Neto (PR-SP), Pedro Henry (PP-MT), condenados no julgamento da Ação Penal 470, o processo do mensalão.

Encerrado o julgamento do mensalão, o STF considerou que a decisão de cassar o mandato dos condenados não cabe ao Congresso Nacional, pois as Casas Legislativas só devem ratificar o entendimento da Corte.

O deputado Henrique Alves tem dito que a última palavra é da Câmara. Ontem (5), ele reafirmou que "quem declara a perda de mandato, a vacância do cargo e a convocação do suplente é a Câmara dos Deputados".
You are subscribed to email updates from Brasil! Brasil!
To stop receiving these emails, you may unsubscribe now.
Email delivery powered by Google
Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610



--
Francisco Almeida / (91)81003406
Postar um comentário