domingo, 27 de janeiro de 2013

Via Email: BRASIL! BRASIL!



BRASIL! BRASIL!


Posted: 27 Jan 2013 05:02 AM PST


Dilma disse que os dois países precisam
se integrar por meio de rodovias e ferrovias,
construindo uma ponte entre o
Atlântico e o Pacífico


Correio do Brasil / Reuters

"Após reunir-se neste sábado, em Santiago, com o mandatário chileno, Sebastián Piñera, a presidenta brasileira Dilma Rousseff disse que os dois países precisam se integrar por meio de rodovias e ferrovias, construindo uma ponte entre o Atlântico e o Pacífico.

- Apesar de não termos fronteira, temos grande possibilidade de interligação – afirmou a presidente.

- Esse corredor interoceânico rodoviário e ferroviário liga dois elementos fundamentais do comércio mundial, o comércio do Atlântico e do Pacífico.

O encontro dos dois presidentes ocorreu no Palácio de la Moneda, sede do Executivo chileno.
Mais informações »
Posted: 27 Jan 2013 04:54 AM PST


Lucilda da Veiga paga dízimo com
cartão de débito em igreja
evangélica de Brasília


Flávia Foreque, Folha de S. Paulo

"Em um país onde só 8% da população declaram não seguir uma religião, os templos dos mais variados cultos registraram uma arrecadação bilionária nos últimos anos.

Apenas em 2011, arrecadaram R$ 20,6 bilhões, valor superior ao orçamento de 15 dos 24 ministérios da Esplanada --ou 90% do disponível neste ano para o Bolsa Família.

A soma (que inclui igrejas católicas, evangélicas e demais) foi obtida pela Folha junto à Receita Federal por meio da Lei de Acesso à Informação. Ela equivale a metade do Orçamento da cidade de São Paulo e fica próxima da receita líquida de uma empresa como a TIM.

A maior parte da arrecadação tem como origem a fé dos brasileiros: R$ 39,1 milhões foram entregues diariamente às igrejas, totalizando R$ 14,2 bilhões no ano."
Foto: Sérgio Lima/Folhapress
Matéria Completa, ::AQUI::
Posted: 27 Jan 2013 04:37 AM PST

Posted: 27 Jan 2013 04:30 AM PST


"Segundo Suzana Singer, o maior jornal do País foi excessivamente alarmista em relação à suposta crise do setor elétrico e poderia vestir a carapuça dos que foram "do contra" em relação ao corte das tarifas da energia; segundo ela, o jornal pintou um cenário de "pré-caos"


O espaço interno da Folha, dedicado à crítica ao jornal, questiona a postura da publicação em relação ao corte das tarifas de energia. Segundo a ombudsman Suzana Singer, o jornal foi excessivamente alarmista em relação à suposta crise do setor elétrico. Leia abaixo:

OMBUDSMAN


Lusco-fusco

Jornal exagerou risco de racionamento e destacou pouco as vantagens do corte na tarifa de luz

Em pronunciamento em rede de rádio e televisão, na quarta-feira passada, a presidente Dilma criticou aqueles que, "por precipitação, desinformação ou algum outro motivo", previram racionamento de energia e duvidaram que o governo conseguiria reduzir a conta de luz.
Mais informações »
Posted: 26 Jan 2013 04:15 PM PST


"Livro recém-lançado trata da cobertura política oferecida pelo jornal Folha de S. Paulo e parte da divulgação da falsa ficha "criminal" dos arquivos do Dops da militante da VAR-Palmares Dilma Rousseff, então pré-candidata à Presidência da República, em 4 de abril de 2009.

Venício Lima, Teoria e Debate / Carta Maior

Se o leitor (a) ainda precisa de alguma comprovação sobre o comportamento partidário dos jornalões brasileiros, sobretudo nos períodos eleitorais, recomendo a leitura do excelente "A Ditadura Continuada – Fatos, Factoides e Partidarismo da Imprensa na Eleição de Dilma Rousseff", resultado de uma cuidadosa pesquisa realizada por Jakson Ferreira de Alencar, recentemente publicado pela editora Paulus.

O livro se concentra na cobertura política oferecida pelo jornal Folha de S. Paulo e parte da divulgação da falsa ficha "criminal" dos arquivos do Dops da militante da VAR-Palmares Dilma Rousseff, então pré-candidata à Presidência da República, em 4 de abril de 2009.
Mais informações »
Posted: 26 Jan 2013 04:06 PM PST


Lucidez. "Sou dedo-duro para a
oposição, comunista para o governo,
subversivo para os patrões"


Mino Carta, CartaCapital

"E vem à tona, de súbito, um fato de 35 anos atrás. Uma entrevista de Luiz Inácio da Silva, mais popular como Lula, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Bernardo do Campo e Diadema, então com 32 anos. Ali está a essência do pensamento de um operário que se tornaria presidente da República. A lucidez, a clareza, a coerência, a energia.

Volto ao presente. Telefona Cynara Menezes, valente jornalista da sucursal de Brasília. Acaba de inaugurar uma nova seção no seu blog, destinada a divulgar antigas entrevistas. Pergunta se conservo uma de minha autoria, aquela de Lula publicada pela IstoÉ de 1º de fevereiro de 1978. Não, não conservo. Diga-se que nada guardo da minha vida profissional, artigos, colunas, coleções de revistas e jornais que dirigi. Nem sei se tenho em casa algum exemplar dos meus livros.

Entra em cena outro valente, Dilico Covizzi, foi meu companheiro de trabalho em diversas ocasiões, a começar por Veja, na qualidade de peça fundamental do Departamento de Documentação da Editora Abril. Seguiu-me no Jornal da República e na IstoÉ. Pesquisador emérito, sabe à perfeição como e por que um arquivo não há de ser necrotério de documentos e informações. Hoje a exercer a profissão na qual se formou, Direito, ainda me atende quando preciso, e cabe a ele a tarefa de capturar aquela entrevista, capaz de levar um presidente da Fiesp, Mario Amato, a dizer: "Só falta agora o Mino namorar Lula".
Mais informações »
Posted: 26 Jan 2013 03:54 PM PST


"Explode, enfim, a teoria neoliberal. Fracassou pela mesma razão evidente: os baixos salários deprimem a demanda, que deprime o emprego"

Márcia Denser, Congresso em Foco

Um artigo recente de George Montbiot no jornal inglês The Guardian nos chama atenção pelas questões que levanta. Ele se pergunta se o neoliberalismo estará mesmo acabado, uma vez que tem observado, atônito, as lições desaprendidas na Grã-Bretanha, Europa e EUA, o que o faz concluir que toda a estrutura do pensamento neoliberal seja uma fraude. As demandas dos ultra-ricos se travestiram de teoria econômica sofisticada e foram aplicadas independentemente de seu resultado. O completo fracasso desta experiência em escala mundial não impede que ela se repita. E isto não tem nada a ver com a economia. Tem a ver com o poder.


Ele observa que em 2012, as cem pessoas mais ricas do mundo enriqueceram 241.000 milhões de dólares a mais. Sua riqueza se estima agora em 1,9 trilhões de dólares – só um pouco menos que o PIB do Reino Unido.
Mais informações »
Posted: 26 Jan 2013 03:43 PM PST
Posted: 26 Jan 2013 03:20 PM PST


Eduardo Guimarães, Blog da Cidadania

"O primeiro e o segundo maiores jornais do país, entre outros, continuam enveredando por um processo kamikaze em que se recusam a aceitar a derrota da tentativa que fizeram de criar, antes para Lula e agora para Dilma, um problema energético como o que se abateu sobre o Brasil durante o governo Fernando Henrique Cardoso, de triste memória.

Entre sexta e sábado, esses dois veículos publicaram textos literalmente surreais sobre o tal "racionamento" que depois reduziram para "apagão" e depois para "apaguinhos", mas que terminou em desconto maior nas contas de luz. O Globo, em editorial, e a Folha de São Paulo, na sua seção de cartas de leitores, mostram uma direita à beira da histeria.

Comecemos por O Globo. Em editorial em que diz que Dilma "erra ao explorar energia como tema político" – veja só, leitor: quem explora politicamente o tema é… "Dilma"! – o jornal não se limita a tomar partido da oposição, como faz em qualquer assunto há pelo menos uma década. O Globo, acredite quem quiser, elogiou o racionamento de energia de 2001/2002."
Artigo Completo, ::AQUI::
Posted: 26 Jan 2013 06:42 AM PST

Posted: 26 Jan 2013 06:40 AM PST


Wellton Máximo, Agência Brasil

"A recuperação da economia no segundo semestre chegou ao caixa das empresas no fim do ano. Segundo números da Receita Federal, a arrecadação dos tributos que refletem a lucratividade das empresas voltou a subir em dezembro depois de oito meses em queda.

No mês passado, a arrecadação do Imposto de Renda das Pessoas Jurídicas (IRPJ) e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) somou R$ 12 bilhões. Em relação a dezembro de 2011, a alta soma 22,56% descontando a inflação oficial pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).
Mais informações »
Posted: 26 Jan 2013 06:29 AM PST


"Agora, a pergunta que teima em não calar: os empresários da mídia de mercado vão abrir mão das tarifas a preços mais baixos para e energia?

Davis Sena Filho, Brasil 247

Estou aqui a pensar o que leva os megaempresários da imprensa, dos meios de comunicação comerciais e privados a nadar contra a maré ou a dar tiros em seus pés quando se trata de favorecer não somente o povo brasileiro, mas também a classe empresarial, dona e responsável pelo setor produtivo e que tem importantíssimo papel no que tange ao desenvolvimento da sociedade brasileira em todos os sentidos.

A presidenta trabalhista, Dilma Rousseff, anuncia a queda nos preços da luz, da energia, com o apoio quase unânime da população e dos empresários da Fiesp e da Firjan, além de outras federações do País.
 De forma incoerente e inconsequente, os donos de O Globo, Folha de S. Paulo e Estadão publicam editoriais contrários à diminuição dos preços de energia, fato este essencial para que o chamado custo Brasil tão criticado pelas famílias midiáticas e seus especialistas de prateleiras durante anos a fio, e que agora, de maneira oportunista e raivosa, questionam a decisão do Governo trabalhista e publicam palavras tão ridículas e sem sentido que até setores ideologicamente conservadores do mundo empresarial estão literalmente de saco cheio dos barões da imprensa de tradição golpista, pois os considero a categoria do empresariado mais reacionária e atrasada, a verdadeira lástima.
Mais informações »
Posted: 26 Jan 2013 06:20 AM PST
Dilma conversa com funcionários do Samu antes de cerimônia que entregou ambulâncias e apartamentos em São Paulo (Foto: Adriano Vizoni/Folhapress)
"Prefeito de SP participou com presidenta e ministros de entrega de ambulâncias e unidades habitacionais no aniversário da cidade



O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), disse hoje (25) durante entrega de 300 unidades habitacionais do programa Minha Casa Minha Vida, na zona leste de São Paulo, que a redução imposta pelo governo federal à conta de luz fará com que trabalhadores e empresas paulistanas economizem juntos cerca de R$ 1,9 bilhão ao ano. "Com esse recurso, as famílias vão movimentar o comércio, aumentar seu consumo e seu lazer, ter mais acesso à cultura e poder pagar suas dívidas", enumerou. "Vão poder comprar o que hoje não podem comprar."
Mais informações »
Posted: 26 Jan 2013 05:29 AM PST


Dilma visita São Paulo, no dia do aniversário da cidade


Correio do Brasil 
 
"No encontro realizado entre a presidenta Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, nesta sexta-feira, em São Paulo, segundo interlocutor privilegiado de ambos, em conversa reservada com o Correio do Brasil, o assunto principal foi mesmo a política e a corrida para a sucessão, no ano que vem, com um dado a mais que tanto Dilma quanto Lula e alguns dos principais líderes do PT passaram a avaliar com mais cuidado: o 'fogo amigo'. Pessoas com influência tanto na direção do partido quanto no Palácio do Planalto estariam manobrando o noticiário na mídia conservadora na tentativa de "causar o maior estrago possível no relacionamento entre Dilma e Lula".

– Esse movimento já foi identificado e as pessoas que trabalham no sentido de embaralhar o quadro político têm razões bem definidas. Aqueles que, dentro do PT, visam desgastar a imagem da presidenta Dilma têm motivos para querer a volta do ex-presidente Lula ao Planalto. E há quem, na administração de Dilma, preferira ver Lula o mais distante possível de seu antigo gabinete – afirmou.


Os ataques que partem de dentro da própria base aliada, tanto a Dilma quanto a Lula, têm feito a alegria dos meios conservadores de comunicação. A ponto de a revista semanal de ultradireita Veja, nesta sexta-feira, afirmar que a reunião entre o ex e a atual chefe do Estado brasileiro seria "inconveniente".
Matéria Completa, ::AQUI::
You are subscribed to email updates from Brasil! Brasil!
To stop receiving these emails, you may unsubscribe now.
Email delivery powered by Google
Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610



--
Francisco Almeida / (91)81003406
Postar um comentário