domingo, 25 de novembro de 2012

Via Email: BRASIL! BRASIL!



BRASIL! BRASIL!


Posted: 25 Nov 2012 05:08 AM PST
"Resposta rápida, nenhum pingo de indecisão e sem passar a mão na cabeça de ninguém. Foi assim com os ministros "faxinados" e está sendo do mesmo jeito com a ex-secretária de Lula. Não é por acaso que ela desponta na primeira pesquisa Ibope para a sucessão de 2014 com ampla vantagem sobre seus adversários



É possível, e até provável, que alguns veículos de comunicação tentem esticar ao máximo o "Rosegate", mas a crise que envolve Rosemary Nódoa de Noronha, a ex-chefe de gabinete da presidência da República, em São Paulo, tem tudo para ter fôlego curto. Curtíssimo.
Mais informações »


Posted: 25 Nov 2012 04:51 AM PST
Portal Terra


"Uma pesquisa do Datafolha apontou que o índice de paulistanos que consideram o governo ótimo ou bom caiu de 40% em setembro de 2012 para 29% na última quinta-feira, 22 de novembro. No mesmo período, o percentual dos que avaliam a gestão como ruim ou péssima subiu de 17% para 25%. Há dois meses, o índice de quem acha o governo regular era de 40%. Agora, subiu para 42%. A derrubada da aprovação do governador Geraldo Alckmin (PSDB), de acordo com o estudo, é a onda de violência que atinge São Paulo. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

A pesquisa aponta que a avaliação de Alckmin no quesito segurança é pior do que a do então governador Cláudio Lembo durante os ataques do Primeiro Comando da Capital (PCC) em maio de 2006, quando 154 pessoas morreram em oito dias. Alguns indicadores oficiais apontam que a violência está aumentando durante a atual crise. Em outubro, o número de vítimas de homicídios dolosos (praticado com a intenção de matar) saltou 113% quando comparado ao mesmo mês de 2011. Para 55% dos paulistanos, Alckmin é responsabilizado diretamente pelos ataques. Além disso, 71% (ou 3 em cada 4 pessoas) acredita que o governador está escondendo informações sobre as mortes das últimas semanas."


Posted: 24 Nov 2012 04:08 PM PST


Desculpas pedidas por
Boris Casoy foram consideradas
insuficientes pela Justiça
"Jornalista e emissora Band terão de pagar R$ 21 mil por comentário 'preconceituoso' feito no Jornal da Noite em 2009



O jornalista Boris Casoy e a TV Bandeirantes terão de pagar R$ 21 mil de indenização ao gari Francisco Gabriel de Lima, por danos morais, segundo informou hoje (24) o portal de notícias Uol. A condenação foi definida pela 8ª Câmara de Direito Privado de São Paulo.

Em áudio vazado ao fim do Jornal da Band, na noite de 31 de dezembro de 2009, Casoy fez comentários considerados ofensivos sobre a profissão de gari. Após Lima aparecer em uma vinheta desejando feliz natal, e quando o jornal já havia sido encerrado, uma falha técnica da emissora transmitiu em cadeia nacional o comentário do jornalista.
Mais informações »


Posted: 24 Nov 2012 03:37 PM PST
"Hoje, a presidente teria 26% dos votos espontâneos, contra 19% de seu antecessor; ela também venceria com facilidade seus principais adversários potenciais, como Aécio Neves, Marina Silva ou Eduardo Campos; é a primeira pesquisa que mira a próxima disputa presidencial e a tendência é de vitória no primeiro turno



Quem será o candidato do PT à presidência da República em 2014: Dilma ou Lula? Aparentemente, essa questão começa a ficar para trás e, ao que tudo indica, a atual presidente buscará a reeleição.

O cenário é favorecido pela primeira pesquisa Ibope voltada à disputa presidencial de 2014. Na sondagem espontânea, Dilma teria 26% das intenções de voto, à frente de Lula, que apareceria com 19%. Ambos, bem à frente dos potenciais oponentes. José Serra ainda é lembrado, com 4%, à frente do senador mineiro Aécio Neves, com 3%, e de Marina Silva, com 2%.

Na pesquisa estimulada, Dilma seria reeleita em primeiro turno, com 58% dos votos, seguida de 11% de Marina Silva, 9% de Aécio e 3% do governador pernambucano Eduardo Campos. 

O Ibope também fez simulações de um eventual segundo turno, que indicam muitas dificuldades para os eventuais oposicionistas. Contra Marina, Dilma venceria de 66% a 18%. Contra Aécio, 67% a 14%. E, na disputa com Eduardo Campos, um placar de 71% a 8%."


Posted: 24 Nov 2012 03:28 PM PST



Posted: 24 Nov 2012 03:19 PM PST


Cunha. O indômito relator pede o
indiciamento de Policarpo Jr., mas j
á começa a fraquejar
Mino Carta, CartaCapital


"O diretor da sucursal de Veja em Brasília, Policarpo Jr., e o contraventor Carlinhos Cachoeira, que acaba de ser condenado por formação de quadrilha e tráfico de influência, mantiveram uma longa relação baseada na troca de favores. Verdade factual.

Há provas irrefutáveis de que Cachoeira executou grampos a pedido de Policarpo Jr. e organizou a operação para monitorar os movimentos de José Dirceu, cujos resultados geraram uma capa da semanal da Abril. Provado está também que o ex-senador Demóstenes Torres ganhou as célebres páginas amarelas de Veja, prontas a apresentá-lo como um varão de Plutarco, em atenção a uma solicitação de Cachoeira. Investigações da Polícia Federal revelaram que, durante a feliz parceria, o profissional e o contraventor mantiveram mais de 200 conversações pelo telefone.

Situações similares em outros países provocaram a expulsão de jornalistas não somente de suas redações, mas também, e sobretudo, das próprias entidades da categoria. Por ter formulado acusações falsas, um diretor de redação italiano pagou recentemente pela culpa do seu jornal e foi condenado a alguns anos de reclusão. No Reino Unido, Rupert Murdoch teve de sair do país por ter praticado façanhas muito parecidas com aquelas cometidas pela Veja de Policarpo Jr.
Mais informações »


Posted: 24 Nov 2012 07:34 AM PST


Moroso. Há cem dias, Gurgel guarda um
processo que ameaça Roseana Sarney
Mauricio Dias, CartaCapital


"É sinal positivo o clamor da oposição, em coro com trêfegos parlamentares da base governista, contra o texto do deputado Odair Cunha (PT-MG), relator da CPMI sobre as atividades  criminosas e as afinidades eletivas do bicheiro Carlinhos Cachoeira.

Cunha incomodou muita gente e contrariou variados interesses. Não se sabe se o relatório conseguirá cruzar a tempestade provocada pelos contrariados e chegar a porto seguro. Na partida, se assemelha a um barquinho navegando sob bombardeio. E pode afundar antes de ancorar.

A lista de indiciados e de responsabilizados, elaborada por Cunha, é uma carga pesada. O relator julgou suficientes as provas colhidas que, em princípio, são capazes de derrubar o governador tucano Marconi Perillo (GO); de incriminar jornalistas que, ao romper limites éticos, transitaram do campo da investigação para o da associação, e de provocar danos graves ao empresário Fernando Cavendish, da Delta, entre outros casos. Notadamente, o relatório pode desestabilizar o procurador-geral da República, Roberto Gurgel.
Mais informações »



Posted: 24 Nov 2012 06:08 AM PST
"Primeiro, foram os juros. Agora, é a energia elétrica. E a resistência é parte natural do processo, mas não há razões para voltar atrás


Leonardo Attuch, Brasil 247

A palavra "stakeholder" surgiu na década de 60, mas passou a ser amplamente difundida só no fim dos anos 80. Era um trocadilho com "stockholder", que significa acionista. Durante muito tempo, o conflito nas economias, ou a boa e velha luta de classes, se deu entre proprietários e trabalhadores. Foi então que o conceito de "stakeholder" surgiu para propor um caminho do meio. E a boa gestão econômica passou a ser aquela que levasse em conta os interesses de todos os agentes sociais: os acionistas, mas também os empregados, os consumidores e o próprio governo.

De uma semana para cá, no entanto, o Brasil foi atingido por uma sinistrose. Diante do plano do governo Dilma para reduzir as contas de luz, as ações da Eletrobras sofreram quedas sucessivas (de 20% na última quarta-feira 22), acumulando retração de 65% no ano. O bastante para que fossem escalados diversos porta-vozes para criticar a Medida Provisória 579, que trata da renovação das concessões das empresas elétricas. No caso específico da Eletrobras, em linhas gerais, a empresa pretendia ser indenizada em R$ 30 bilhões e o governo oferece a metade disso.
Mais informações »


You are subscribed to email updates from Brasil! Brasil!
To stop receiving these emails, you may unsubscribe now.
Email delivery powered by Google
Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610



--
Francisco Almeida / (91)81003406
Postar um comentário