quinta-feira, 28 de junho de 2012

Via Email: BRASIL! BRASIL!



BRASIL! BRASIL!


Posted: 27 Jun 2012 07:21 PM PDT




Posted: 27 Jun 2012 07:16 PM PDT


"PIG (Partido da Imprensa Golpista). Essa expressão cunhada pelo deputado federal Fernando Ferro (PT-PE), popularizada a partir do jornalista Paulo Henrique Amorim, sintetizou perfeitamente o que representa a velha mídia brasileira. A repercussão nos órgãos do PIG sobre o golpe praticado contra o presidente Fernando Lugo no Paraguai só vem a comprovar.

Kerison Lopes, Vermelho

O tratamento que tem sido dado por colunistas, editoriais e matérias sobre o assunto é uma afronta à liberdade de expressão. Ao contrário de toda a comunidade internacional, o PIG brasileiro defende abertamente o golpe praticado por latifundiários contra a democracia paraguaia, através de seus representantes no oligárquico Congresso daquele país.

Na linha de frente dos interesses golpistas, os colunistas (ou "colonistas", como bem cunhou Paulo Henrique Amorim) põem suas manguinhas de fora. Nesta quarta-feira (27) foi a vez de Elio Gaspari. Em sua coluna reproduzida por vários jornais, Gaspari profere um conjunto de ataques chulos ao Itamaraty pelo seu posicionamento na crise paraguaia. O baixíssimo nível do texto começa logo pelo título: "A leviana diplomacia do espetáculo".

O posicionamento do Brasil na reunião da Unasul em não aceitar o golpe foi chamado pelo "colonista" como uma "truculenta intervenção nos assuntos internos do Paraguai". Gaspari vai além da defesa do golpe no Paraguai e ataca a política externa brasileira por defender o multilateralismo, que para ele "é típica de uma política externa biruta". Assim, o "colonista" entra na sua especialidade, defende os interesses dos Estados Unidos, país que financia suas opiniões sobre a ditadura brasileira e qualquer assunto de interesse ianque.

Por falar em "colonista" defensor de interesses ianques, não poderia faltar Merval Pereira. Sua subserviência aos Estados Unidos já foi desmascarada inclusive por provas obtidas pelo WikiLeaks. Em texto publicado nesta terça-feira (26), ele defende que o que aconteceu no Paraguai não foi um golpe, mas a expressão máxima da democracia representativa. Golpe, para ele, está sendo praticado é pelos governos da Venezuela, Bolívia, Equador e Argentina."
Matéria Completa, ::AQUI::


Posted: 27 Jun 2012 05:15 PM PDT
Bordoni: "Recebi dinheiro sujo
para fazer um trabalho limpo"


"Em depoimento à CPI do Cachoeira, o jornalista Luiz Carlos Bordoni reafirmou ter recebido dinheiro de caixa 2 do governador de Goiás para atuar em sua campanha em 2010

Mariana Haubert, Congresso em Foco

No único depoimento que houve hoje (27) na CPI do Cachoeira, o jornalista Luiz Carlos Bordoni complicou mais a vida do governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB). Bordoni confirmou ter recebido dinheiro do esquema do bicheiro Carlinhos Cachoeira pelo trabalho que fizera na campanha de Perillo em 2010. No depoimento, Bordoni disse que recebeu "dinheiro sujo" para quitar uma dívida de campanha do governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB).

"Eu trago aqui a verdade dos fatos. Pelo meu trabalho limpo, eu fui pago com dinheiro sujo", afirmou. Durante sua fala inicial, que durou quase uma hora, o jornalista confirmou que a empresa Alberto  & Pantoja – um fantasma do esquema de Cachoeira – depositou R$ 45 mil na conta da filha dele pelo trabalho que realizou durante a campanha de 2010 para o governador. Bordoni justificou que a filha recebeu o valor porque ele estaria viajando na época.

Os dados bancários foram passados ao ex-assessor especial do governador Lúcio Fiúza Gouthier, que, ontem (26) na CPI, nada disse, valendo-se do direito de não produzir provas contra si. "[Com relação ao dinheiro] não tem nada a ver com extorsão, pelo contrário. É trabalho prestado limpo, decentemente, desde 1998. São quatro vitórias consecutivas do meu ex-amigo Marconi Perillo." O restante do dinheiro, segundo Bordoni, foi pago pela empresa Adécio & Rafael Construtora e Terraplenagem. De acordo com as investigações da Polícia Federal, a empresa Alberto e Pantoja é de fachada, usada por Cachoeira para lavar dinheiro da Delta Construções."
Matéria Completa, ::AQUI::


Posted: 27 Jun 2012 04:54 PM PDT


"O golpe do Paraguai representa uma agressão não apenas à frágil democracia paraguaia, mas também a todas as democracias do subcontinente

 Marcelo Zero, Brasil 247

"O Paraguai sempre foi conhecido, no Brasil, como o país dos produtos falsificados. Com efeito, de lá chegavam ao mercado brasileiro uma grande variedade de bens falsificados: roupas, sapatos, medicamentos, cigarros, uísque, etc. Antes, alguns desses produtos eram made in Paraguai. Hoje, quase todos proveem de Taiwan e China, e apenas passam, com grande facilidade, pelo grande entreposto comercial que é o Paraguai.

Pensávamos que a criatividade dos falsificadores estava se esgotando, mas nos enganamos. A oligarquia paraguaia, herdeira do ditador Stroessner, a mesma que sempre se beneficiou com o contrabando, a falsificação, a corrupção e o fisiologismo, acaba de criar um produto novo: o impeachment falsificado.

Não há outro nome possível ao que aconteceu com o legítimo presidente do Paraguai, Fernando Lugo, que cometeu o único crime de tentar regularizar a situação fundiária do país, alicerçada em títulos tão falsos como uísque paraguaio. Trata-se realmente do impeachment falsificado, que encobre um verdadeiro e autêntico golpe de Estado.

Embora a constituição paraguaia assegure, em seu artigo 225, a possibilidade do "juízo político" contra o presidente, a maneira como esse processo se deu contraria os mais elementares princípios democráticos. Em menos de 36 horas, a velha oligarquia paraguaia tirou do colete um série de acusações sem nenhuma prova consistente contra Lugo, montou o processo, julgou e sentenciou.

Nunca antes na história das democracias viu-se um julgamento tão expedito. Acreditamos que nem mesmo um ladrão de galinhas já tenha sido julgado dessa forma numa autêntica democracia, já que esse pseudojulgamento obviamente inviabilizou o devido processo legal e o amplo direito à defesa, pedras angulares do estado democrático de direito.

Mas a impressão que dá é que o impeachment paraguaio não contrariou somente as normas democráticas internacionalmente consagradas, mas até mesmo a Teoria da Relatividade. Com efeito, um processo tão célere demandaria que os papéis se movessem acima da velocidade da luz, o que Einstein considerava impossível."
Artigo Completo, ::AQUI::


Posted: 27 Jun 2012 04:30 PM PDT


Saul Leblon, Carta Maior / Blog das Frases

"É verdade que os símbolos tem um peso crucial na política, mas os símbolos não contam toda a verdade da política. Não raro ofuscam o discernimento num reducionismo que acaba por comprometer a força, o fôlego e a credibilidade da mensagem que se pretendia condensar. Muitos gostariam que a foto polêmica em que Lula e Haddad posam ao lado de Maluf simbolizasse a essência daquilo que o PT, Lula e Maluf representam para a história política brasileira. Uma gigantesca engrenagem foi posta a serviço dessa tese.

A pesquisa do Datafolha faz parte desse mutirão. Egos foram atiçados. Durante dois dias seguidos, após a divulgação da polêmica fotografia, martelou-se a sentença irrecorrível: a imagem era o ultra-som de uma degeneração terminal que destruía por dentro o principal partido progressista brasileiro e sua liderança máxima. Uma técnica usual na mídia consiste em blindar 'denúncias' contra qualquer arguição vitaminando-as através de uma implacável imersão da opinião pública em declarações reiterativas.

No caso da foto, o esforço anestesiante ganhou um reforço imediato de grande impacto: a deputada Luiza Erundina, ela mesma um símbolo de retidão e dignidade na política, reagiu à pressão do rolo compressor renunciando ao posto de vice na candidatura Haddad à prefeitura de São Paulo. Seu gesto e sucessivas declarações a uma mídia sequiosa foram incorporados à espiral condenatória dando-lhe um torque quase irrespondível nas primeiras 48 horas pós 'flagrante fotográfico'.

Aos poucos, porém, surgiram fissuras. O PT e Lula estão presentes na história e no imaginário do país há quatro décadas. Ambos são filhos do capitalismo brasileiro, cuja principal singularidade foi assentar a supremacia de uma elite indigente na mais desigual estrutura de distribuição de renda (e de poder) existente no planeta. O PT decidiu, e conseguiu, assumir o governo dessa sociedade com a promessa de transformá-la.

O compromisso de torná-la mais justa, inclusiva e democrática, dentro dos marcos institucionais disponíveis (o que não o exime de ampliá-los, por exemplo, no acesso à comunicação) levou-o a um mergulho no moedor de carne de concessões e recuos impostos pela exigência da governabilidade, ao preço, entre outros, de um certo grau de desfiguramento orgânico e partidário. Ainda assim, o partido obteve um voto de confiança das grandes maiorias para testar a sua aposta em 2002, 2006 e 2010."
Artigo Completo, ::AQUI::


Posted: 27 Jun 2012 04:01 PM PDT


Luiz Antonio Mello, Direto da Redação

"Depois de uma volta bem-sucedida no circuito de São Paulo, onde superou as expectativas e recebeu 48 mil visitantes, a exposição interativa Senna Emotion chegou ao Rio. A mais importante mostra sobre a trajetória pessoal e profissional do piloto tricampeão de Fórmula 1, Ayrton Senna da Silva, ocupa as salas do Museu Histórico Nacional e permanecerá em cartaz na cidade até 15 de julho. Segundo  Camila Lamha do portal da Secretaria de Cultura do Estado do Rio, destinada tanto ao fãs saudosos, que viveram os anos de glória do atleta, quanto às gerações mais jovens, que não tiveram a oportunidade de vê-lo correr, a aventura tecnológica multissensorial, inspirada na lógica dos ambientes inteligentes, explora desde os bastidores do automobilismo às vitorias inesquecíveis do eterno herói nacional.

Dividida em seis áreas temáticas que integram um circuito de corrida – pole position, largada, circuito, pit stop, GP Brasil e podium e legado –, a exposição convida o público a fazer uma viagem ativa – e nada contemplativa – pela história de Senna. Seja pelo capacete que exibe um filme virtual, o volante que guia a biografia do piloto ou o carro que parece saltar da tela de Vídeo Mapping, o visitante se sente parte integrante da experiência de resgate à memória de um dos maiores ídolo do esporte brasileiro. Idealizada pela YDreams Brasil, empresa internacional especializada em tecnologia interativa, e realizada em parceira com o Instituto Ayrton Senna, Senna Emotion é produzida com recursos da Lei Rouanet, através do Ministério da Cultura.

"Faz 18 anos que Senna morreu, e tem uma geração inteira de jovens adultos que não o viu correr. A exposição é para quem viveu a era Senna, mas também para esse público que não era nem nascido quando ele se foi", conta a diretora executiva da YDreams Brasil, Karina Israel. "O nosso objetivo era o de realizar uma exposição interativa em que as pessoas pudessem vivenciar, através de cada conteúdo, os acontecimentos marcantes da vida dele", completa a organizadora, destacando uma vitrine, logo na entrada da mostra, em que uma malha, um relógio, uma par de luvas e outro de óculos representam objetos de acervo que remontam a momentos singelos vividos pelo corredor."


Posted: 27 Jun 2012 03:53 PM PDT


Daniel Lima, Yara Aquino e Pedro Peduzzi, Agência Brasil

"Na busca de alavancar o crescimento da economia, o governo anunciou hoje (27) o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Equipamentos. A finalidade é disponibilizar R$ 8,4 bilhões para agilizar as compras governamentais com preferência à aquisição de produtos da indústria nacional. Esta é mais uma série de medidas para tentar evitar a queda do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país, ante a crise internacional.

O programa anunciado pelo governo prevê aquisições nas áreas de saúde, defesa, educação e agricultura, como retroescavadeiras, ambulâncias, ônibus escolares, motocicletas para policiais, veículos lançadores de mísseis e blindados.

Na área de saúde, mais de 80 itens produzidos no país poderão ser adquiridos com preços até 25% superiores aos dos concorrentes, de acordo com o Ministério da Saúde. A margem de preferência vai variar entre 8% e 25% para o que for produzido pela indústria brasileira até junho de 2017. Entre os itens previstos estão tomógrafos e aparelhos de hemodiálise.

O governo também oferecerá financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para a compra de equipamentos na área de saúde. Nesse caso, o índice de nacionalização deve ser de, no mínimo, 60% como forma de estimular a produção de equipamentos médicos no Brasil, conforme dados do Ministério da Saúde."
Matéria Completa, ::AQUI::


Posted: 27 Jun 2012 09:45 AM PDT


Luciana Lima, Agência Brasil

"O jornalista Luiz Carlos Bordoni informou hoje (27) à Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do Cachoeira que foi pago com recursos do caixa 2 da campanha do governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), por serviços prestados em 2010. Bordoni relatou ter recebido na conta de sua filha, Bruna Bordoni, R$ 45 mil da empresa Alberto e Pantoja, investigada pela Polícia Federal como parte do esquema criminoso atribuído ao empresário Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira.

"O meu serviço limpo foi pago com dinheiro sujo", disse o jornalista que produziu os programas de rádio da campanha de Perillo. "O que existiu, de fato, foi o pagamento feito a mim com dinheiro de caixa dois", destacou.

Além desse depósito, o jornalista disse ter recebido mais R$ 33,3 mil do departamento financeiro da campanha e mais R$ 10 mil pagos pelo presidente da Agência de Transportes e Obras (Agetop) de Goiás, Jayme Rincón, que era tesoureiro da campanha. Bordoni entregou à comissão documentos sobre sua movimentação bancária e de sua filha e autorizações de quebra dos sigilos bancários, telefônico e fiscal dele e de sua filha."
Matéria Completa, ::AQUI::


Posted: 27 Jun 2012 09:39 AM PDT




Posted: 27 Jun 2012 09:36 AM PDT


"Foi publicada hoje mais uma pesquisa Datafolha de intenções de voto para as eleições municipais 2012 em São Paulo. Sem grandes novidades, o levantamento, que ouviu 1.081 eleitores na capital paulista entre os dias 25 e 26, demonstra mais uma vez a faixa dos 30% de eleitores de José Serra (PSDB), que aparece com 31% – com um ponto percentual para cima, mas, como a margem de erro da pesquisa é de três pontos para mais ou para menos, se mantém no mesmo patamar.

Vermelho / Folha de São Paulo

Em seguida vem o ex-deputado Celso Russomanno (PRB), que oscilou três pontos para cima e agora aparece com 24%. Desde janeiro, quando tinha 17%, ele vem em um ritmo constante de crescimento. Fernando Haddad (PT), que registrou crescimento na pesquisa realizada em meados de junho (8%), aparece em terceiro, com 6%, o que o deixa praticamente no mesmo patamar de establidade, por conta da margem de erro.

A candidata do PPS, Soninha Francine (PPS) também tinha 8% e ficou com 6%, o mesmo percentual tem o deputado Gabriel Chalita (PMDB) , que antes tinha 7%. O vereador Netinho de Paula (PCdoB), que deixou sua candidatura própria para apoiar Haddad, também ficou com 6% da preferência do eleitorado (ele foi incluído na pesquisa porque quando foi registrada ainda era pré-candidato).

Paulinho da Força (PDT) tem 3%, e Carlos Giannazi (PSOL), que conquistou 1% dos eleitores no levantamento de meados de junho, manteve o percentual. Os demais pré-candidatos não pontuaram. Nulos e brancos somam 11%, e 5% não opinaram.

O apoio do deputado Paulo Maluf (PP-SP) ao petista Fernando Haddad é rejeitado por 62% dos eleitores de São Paulo. Entre os que declaram preferência pelo PT, a reprovação da aliança chega a 64%.

A desistência de Erundina, em protesto contra a aliança do PT com o adversário histórico, teve aprovação de 67% dos eleitores. Outros 17% reprovaram a atitude, e 16% não opinaram."


Posted: 27 Jun 2012 09:23 AM PDT


Marina Dias, Terra Magazine

"Com a notícia de que a campanha de José Serra anunciará, nesta quinta-feira (28), o ex-secretário de Cultura Andrea Matarazzo à vaga de vice na chapa do PSDB à Prefeitura de São Paulo, o PR resolveu reivindicar o posto junto ao tucano por meio de uma nota divulgada na manhã desta quarta-feira (27), como antecipou Terra Magazine.

O vereador Antonio Carlos Rodrigues, uma das principais lideranças do PR na capital paulista e ex-presidente da Câmara Municipal, disse que seu partido precisou se antecipar a uma possível "chapa puro-sangue" do PSDB. Segundo ele, caso os tucanos insistam em um nome da sigla para a vaga de vice, o PR deverá reunir seus onze integrantes do Diretório Municipal e tomar uma decisão definitiva quanto à coligação.

"Temos até dia 30 de junho para rever a coligação. Juridicamente, ainda podemos voltar atrás", afirmou Rodrigues em entrevista a Terra Magazine. O PR faz parte da aliança em torno da candidatura de Serra junto com DEM, PSD, PV, e já havia aberto mão da vaga de vice caso ela ficasse com o PSD de Gilberto Kassab.

Rodrigues disse ainda que não conversou com Serra sobre o assunto mas que, mesmo assim, achou que a melhor decisão era reivindicar a vaga por meio de uma nota pública."
Matéria Completa, ::AQUI::


Posted: 27 Jun 2012 08:34 AM PDT


Terra, Mauricio Tonetto

"Os membros da executiva municipal do PSDB de São Paulo elaboraram um manifesto e encaminharam ao candidato a prefeito da cidade pela sigla, José Serra, exigindo que ele escolha um tucano para concorrer a vice. Conforme o presidente do diretório municipal, Júlio Semeghini, a indicação não passa por nomes, mas sim pela garantia de que seja um filiado ao PSDB. Ele afirmou que a decisão de Serra deve ser anunciada até o próximo sábado.

"O partido já cedeu espaço suficiente às legendas que estão fazendo coligação proporcional nessas eleições (DEM, PSD e PR). A reunião da executiva optou pelo manifesto na majoritária porque entende que é preciso o apoio de uma chapa própria nesta disputa. Ele está analisando e vai definir até o final de semana", disse Semeghini.

Com a coligação, os tucanos terão que dividir a chapa que concorrerá à Câmara de Vereadores entre os partidos da coligação. Semeghini ressaltou que serão privilegiados na escolha dos candidatos aqueles que já têm mandato de vereador, depois os que já exerceram o cargo, os que já foram candidatos e os que tiveram votação expressiva. Algumas vagas também serão divididas por segmentos."
Matéria Completa, ::AQUI::


Posted: 27 Jun 2012 08:16 AM PDT






Posted: 27 Jun 2012 07:35 AM PDT


'Três execuções coletivas em quatro dias, a última na noite da terça-feira 27; nove ônibus queimados em duas semanas; 40 PMs mortos desde o início do ano; o que Alckmin precisa mais para admitir a vendeta do PCC pelos seis bandidos mortos pela Rota?


Dentro das viaturas policiais, nas salas das delegacias e nos corredores e gabinetes do Palácio dos Bandeirantes pouca gente duvida que o temível Primeiro Comando da Capital voltou com tudo aos seus tempos de exibição máxima. Entre os dias 13 e 23 deste mês, seis policiais militares foram mortos fora do seu horário de trabalho, em emboscadas e a tiros. Nove ônibus foram queimados no mesmo período. Na Grande São Paulo, em Poá, a noite da terça-feira 26 registrou a terceira chacina em quatro dias, com a execução de quatro jovens de 16 e 20 anos. Todos os crimes têm a típica assinatura do PCC, mas as autoridades, a começar pelo governador Geraldo Alckmin, que não tem se pronunciado sobre o problema, ainda se recusam admitir a revanche em curso do banditismo organizado.

"Precisamos saber mais sobre quem morreu para entender quem teria interesse em matar esses policiais", refugou o delegado-geral Marcos Carneiro Lima, diante da hipótese de os crimes terem sido uma resposta direta do PCC à morte de seis de seus integrantes, pela Rota, no mês passado. Enquanto Alckmin se cala e Lima procura subterfúgios – na véspera, o delegado-geral atribuiu ao hábito de se fazer seguro de automóvel a elevação assustadora nas taxas de roubos de carros em São Paulo (leia mais) -, o certo é que a crise na segurança em São Paulo só se amplia.

A autoridades já estão gostando de definir como "período de transição" o atual momento de caos na segurança pública. A expressão encobre, porém, uma onda de crimes que só se acentua, sem prazo para acabar. Com os bandidos se refestelando em arrastões a restaurantes e edifícios residenciais – mais de trinta ocorrências do gênero recentemente --, agindo nas mais diferentes regiões do Estado e apavorando todas as classes sociais, a respota das autoridades têm sido tímida. Enquanto a Polícia Civil não dá mostras de ter assimilado as práticas profiláticas do secretário Antonio Ferreira Pinto (aqui) e a Polícia Militar, que está em regime de alerta geral, se mostrar retraída frente a proliferação dos bandidos, o certo é que o maior estado da federação vai se tornando refém, em seu dia a dia, do crime organizado."


Posted: 27 Jun 2012 07:23 AM PDT
Wálter Maierovitch, CartaCapital
"Em tempo de carlinhos Cachoeira, Demóstenes Torres, Tourinho Neto, Gilmar Mendes e Dias Toffoli, passei a perguntar às minhas canetas como deveria ser o juiz do amanhã. Para usar uma imagem, pensei numa casa de vidros transparentes, fincada em lugar distante, construída e mobiliada com recursos ganhos honestamente, em solo terreno e não nas nuvens. Assim, teríamos juízes transparentes, imparciais, honestos e atentos à realidade social.

Com efeito, acostumados a jogar com a sorte para garantir a impunidade e a obtenção de vantagens indevidas, os notórios Cachoeira e Demóstenes – o primeiro é chefe de uma organização criminosa parasitária e infiltrada no Estado, e o segundo, seu fâmulo no Senado da República – apostaram as fichas no voto do desembargador federal Tourinho Neto. Só que deu zebra.

Por meio de habeas corpus impetrado pelo advogado Márcio Thomaz Bastos em favor de Cachoeira, a meta consistia, além da soltura, em reduzir a "pó de traque" as comprometedoras gravações telefônicas, sustentadas por decisão lançada pelo juiz Moreira Lima, que se afastou da jurisdição por ameaças de morte e talvez por lembrar da fuzilada juíza Patrícia Acioli, cuja proteção foi indeferida pelo conhecidíssimo desembargador Luiz Zveiter.


A anulação permitiria a Cachoeira deixar a cadeia como virgo intacta, ele que saiu ileso da CPI dos bingos e do episódio em que se fez filmar corrompendo Waldomiro Diniz, antigo presidente da Loteria do Estado do Rio de Janeiro (Loterj). Por outro lado, a anulação seria "ouro em pó" para Demóstenes sustentar a inexistência de prova lícita das suas interlocuções com o capo Carlinhos Cachoeira. Para Tourinho, o inquérito iniciado pela Operação Monte Carlo estava estribado somente em carta anônima e grampos telefônicos. E a decisão do juiz arrimava-se em indícios insuficientes. No mais, e como tudo estava desbaratado, desnecessária seria a manutenção da prisão cautelar."
Artigo Completo, ::AQUI::


Posted: 27 Jun 2012 07:14 AM PDT


Extra / Valor Online

"
A Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED), realizada em conjunto pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Econômicos (Dieese) e pela Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade), mostrou nesta quarta-feira que a taxa de desemprego no conjunto de sete regiões metropolitanas do país caiu para 10,6% em maio, de 10,8% em abril. No mesmo período do ano passado, o desemprego era de 10,9%.

O contingente de desempregados em maio foi estimado em 2,382 milhões de pessoas, 46 mil a menos que em abril.

O levantamento é realizado nas regiões metropolitanas de São Paulo, Belo Horizonte, Porto Alegre, Salvador, Recife, Fortaleza e no Distrito Federal.

A menor taxa de desemprego foi verificada em Belo Horizonte: 5%, a mesma de abril. Em São Paulo, o desemprego caiu de 11,2% para 10,9%; no Distrito Federal, 13,1% para 13%; em Porto Alegre, de 7,8% para 7,3% e, em Recife, de 12% para 11,7%. Houve leve aumento do desemprego em Fortaleza, de 9,8% para 9,9%, e em Salvador, de 17,5% para 17,6%."
Matéria Completa, ::AQUI::


Posted: 27 Jun 2012 06:55 AM PDT


"Os crimes ocorreram na noite desta segunda-feira (25) na zona sul e no extremo leste da cidade


Em apenas quatro horas, nove jovens foram assassinados na noite desta segunda-feira (25) em São Paulo. Os crimes ocorreram nos bairros de Jardim Robru, na zona leste, Capão Redondo,  Jardim Ângela  e Jardim São Luis, na zona sul, e no município de Poá, na região metropolitana da capital paulista.

Das nove mortes, quatro foram no Jardim Picosse, em Poá. Os jovens Dênis Silva Aparecido e Estevam Marine de Campos, ambos de 19 anos, estavam na rua Pará, na altura do número 178, com Raimonde Anunciação Batista, de 20 anos, e Hederton José Cunha, de apenas 16. Os moradores que ouviram os tiros acionaram a Polícia Militar (PM), que foi até o local e encontrou as quatro vítimas caídas em via pública. Os jovens foram levados ao pronto-socorro central da cidade, mas não resistiram e morreram.

A chacina foi registrada no Distrito Policial do município e será investigada pelo Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP). Essa é a quinta chacina do ano registrada na Região Metropolitana de São Paulo, subindo para 16 o número de mortos neste tipo de crime."


You are subscribed to email updates from Brasil! Brasil!
To stop receiving these emails, you may unsubscribe now.
Email delivery powered by Google
Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610



--
Francisco Almeida / (91)81003406

Postar um comentário