segunda-feira, 17 de junho de 2013

Via Email: BRASIL! BRASIL!: Dilma, exclusivo: estamos preparando o país para os próximos vinte anos


BRASIL! BRASIL!


Dilma, exclusivo: estamos preparando o país para os próximos vinte anos

Posted: 16 Jun 2013 04:15 PM PDT



"O ar aparenta um certo cansaço. Mas os olhos brilham e Dilma Rousseff é capaz de discorrer por duas horas sem perder o pique sobre seu tema preferido: o Brasil.

Garante que no segundo semestre o país testemunhará o deslanche das concessões e parcerias público-privadas. Entusiasma-se ao falar da construção naval, da lei dos portos e de como a reserva do campo de Libra impactará o país.

Criaram-se lendas de que Dilma irrita-se com críticas, a ponto de romper com o crítico. Não é o que transpareceu na conversa de duas horas, na quinta-feira no Palácio do Planalto. Mostrou sua visão de país e informou ter alertado alguns ministros mais suscetíveis sobre a importância de se dar atenção às críticas fundamentadas.

Um dos interlocutores de Dilma garante que a imagem da "gerentona" não faz justiça a ela. Segundo ele, poucos presidentes na história tiveram a visão estratégica de futuro de Dilma. "Ela sempre pensa no país daqui a 10, 15 anos", explica o interlocutor. "Não se inebria com resultados imediatos".
Mais informações »

Charge do Bessinha

Posted: 16 Jun 2013 03:58 PM PDT


Desmoralizada, PM acusa PSOL de usar MPL contra PT e PSDB

Posted: 16 Jun 2013 03:23 PM PDT


Eduardo Guimarães, Blog da Cidadania

"Relatório do serviço de inteligência da Polícia Militar paulista, conhecido como P2, foi divulgado pela Folha de São Paulo neste domingo. O documento acusa o PSOL de estar instrumentalizando os protestos contra tarifas de ônibus ao menos na capital paulista.

Não fica claro na matéria como documentos tidos como "sigilosos" acabaram indo parar em um dos maiores jornais do país, o que sugere que seria do interesse do "serviço reservado" da corporação que tais documentos "vazassem".

A matéria coincide com a divulgação de acusações de que a própria PM teria infiltrado agentes entre os manifestantes, como sempre faz com grupos que saem às ruas para protestar, só que, agora, com a finalidade de a própria corporação promover vandalismo e atribuí-lo a eles.

Textualmente, a matéria afirma que "Punks que partem para o quebra-quebra são arregimentados por militantes do PSOL com o objetivo de desgastar o PT do prefeito Fernando Haddad e o PSDB do governador Geraldo Alckmin".

Para a PM, essa seria uma "forma que integrantes do PSOL teriam encontrado de constranger os dois governantes sem aparecer numa situação que poderia desgastar a imagem do partido".

O relatório "sigiloso" não acusa o PSOL diretamente, mas "militantes" que estariam agindo isoladamente.

Apesar de acusar militantes psolistas de orquestrarem os atos de vandalismo, o mesmo material atribui tais atos à ingestão de "pinga" por "punks", que se valeriam de "meias recheadas com ferro e pregos" para quebrar "vitrines".
Matéria Completa, ::AQUI::

Governo Alckmin: "Não haverá prisão por vinagre"

Posted: 16 Jun 2013 02:53 PM PDT



"Secretário de Segurança do Estado de São Paulo, Fernando Grella convida manifestantes para reunião às 10h desta segunda-feira, cinco horas antes do protesto agendado para o dia; "Não queremos ver mais o que aconteceu na semana passada. Queremos que as pessoas se manifestem, mas queremos também que a população consiga chegar em casa", disse Grella; "Sabemos que a imensa maioria dos manifestantes quer se manifestar em paz", completou, garantindo que, desta vez, quem estiver portando vinagre não será detido


Pela primeira vez desde o início dos protestos contra o aumento das passagens em São Paulo, o governo de Geraldo Alckmin convidou lideranças dos manifestantes para conversar. Em entrevista coletiva concedida na tarde deste domingo, o secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo, Fernando Grella, fez um convite para reunião às 10h desta segunda-feira 17. Uma nova manifestação já está agendada para as 17h do mesmo dia, no Largo da Batata, e conseguiu reunir mais de 180 mil confirmações pelo Facebook.

A ideia da conversa é tentar evitar novas cenas de violência, como as da última quinta-feira. "Não queremos ver mais o que aconteceu na semana passada. Queremos que as pessoas se manifestem, mas queremos também que a população consiga chegar em casa", disse o secretário, completando: "Sabemos que a imensa maioria dos manifestantes quer se manifestar em paz".

Para Grella, o uso da tropa de choque não deve ser necessária na próxima manifestação, já que, segundo ele, o ato será pacífico. Detalhe importante: quem estiver portando vinagre não será detido, garantiu o secretário de segurança, que também não aposta no uso de bombas e de balas de borracha durante o protesto da segunda-feira."

Foto: casal que estava em bar na avenida Paulista é agredido por policiais militares; eles foram obrigados a deixar o local

Posted: 16 Jun 2013 02:32 PM PDT


Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress

Jovens voltam às ruas em SP

Posted: 16 Jun 2013 08:50 AM PDT


Do sítio da União da Juventude Socialista (UJS):

"Está marcado para esta segunda (17), às 17 horas, novo manifesto dos jovens contra o aumento de tarifas do transporte coletivo da região metropolitana de São Paulo. O ato ocorrerá no Largo da Batata, em Pinheiros, por onde circulam muitos ônibus.

Os jovens mostram disposição em continuar as manifestações pacíficas coma palavra de ordem que mais se ouviu no ato de quinta-feira (13): "Sem violência".

Na quinta, os excessos da polícia militar resultaram em 50 feridos e 243 presos, muitos pela acusação de "porte de vinagre", que só carregam par se defender dos efeitos das bombas de efeito (i)moral. O movimento deseja apenas o direito de manifestar-se livremente.
Mais informações »

A utopia violentada: o dia em que o poder perdeu

Posted: 16 Jun 2013 08:39 AM PDT


"Os senhores governantes, que diziam que não voltariam atrás, terão que voltar atrás; terão que governar, daqui pra frente, para uma maioria e não mais para alguns poucos privilegiados que, definitivamente, não andam de trem, ônibus ou metrô superlotados

Lula Miranda, Brasil 247

"Desculpe-nos o transtorno, estamos mudando o Brasil". Vi cartazes com essa frase-bandeira empunhados por mais de um militante do movimento de jovens insurrectos que incendiou São Paulo e ameaça agora despertar todo o país. A frase é muito bonita, sagaz e dá margem a várias possíveis leituras ou interpretações. Denota criatividade, sarcasmo, destemor – tão caros aos jovens. Mas, sobretudo, sinaliza, com insuspeita galhardia, uma obra que estaria sendo construída: a utopia.

 Poderia denotar também, sejamos honestos, uma mera pretensão e ingenuidade, também tão caras aos jovens. Ingenuidade pretensiosa ou utopia? Fico com a utopia.

E o que vem ser uma utopia? Uma civilização ideal; algo que se busca ad eternum? O fim da pobreza não é em si uma utopia? Já não ousamos dar pequenos, mas firmes passos, no Brasil rumo a essa meta elegendo governos comprometidos com bandeiras sociais, populares? Isso já não encerraria uma utopia? Pelo visto não. Não parece ser o bastante. Não parece ser essa a utopia ora pretendida. A juventude parece clamar a mesma poesia titânica que (en)cantava a minha geração:  "A gente não quer só comida/ a gente quer comida, diversão, balé./ A gente não quer só comida/ a gente quer a vida como a vida quer/ a gente quer saída para qualquer parte (...).

Eu também já fui jovem e também já tive a pretensão de mudar o mundo. Eu fracassei; a minha geração talvez tenha fracassado, bem como as anteriores a minha, com certeza. Mas isso não quer dizer que essa geração que aí está vá fracassar na semeadura de sua/nossa utopia. Talvez devamos pensar que cada geração dá a sua contribuição, passo a passo, semente após semente, para a transformação das coisas do mundo. Deixemos a desesperança para os caquéticos, para os fracassados, para os conservadores."
Artigo Completo, ::AQUI::

PF diz não invadir dados de brasileiros na internet

Posted: 16 Jun 2013 08:32 AM PDT


Chefe do Serviço de Repressão a Crimes
Cibernéticos garante que a PF não monitora
os brasileiros na rede mundial
Imagem: FutUndBeidl/Flickr

"Chefe do Serviço de Repressão a Crimes Cibernéticos garante que órgão não monitora os movimentos de usuários, mas investe na caça a pedófilos

Deutsche Welle, CartaCapital

A segurança de dados que circulam na internet e por telefone está em xeque. Desde a revelação de que o governo norte-americano monitora importantes serviços virtuais, a rede mundial de computadores se tornou um campo minado. A justificativa para o monitoramento é a identificação de grupos terroristas, que usariam a rede como cenário para a organização de ataques.

No Brasil, apenas investigações autorizadas pela Justiça podem reter informações pessoais. Para as autoridades que precisam manter a segurança da rede, não é o terrorismo que mais preocupa. Os ataques ao sistema financeiro, crimes sexuais e a manutenção dos serviços essenciais estão no topo da lista.

Em entrevista exclusiva para a DW Brasil, o delegado Carlos Eduardo Miguel Sobral, chefe do Serviço de Repressão a Crimes Cibernéticos da Polícia Federal, conta que cerca de 1 bilhão de reais são roubados dos bancos brasileiros todos os anos por criminosos virtuais. Além disso, o país figura entre os mais ativos nas redes de pornografia infantil. Combater os criminosos da Era da Informação exige conhecimento técnico e investimento em tecnologia."
Matéria Completa, ::AQUI::

Avisem a Roberto Freire: o tomate já caiu

Posted: 16 Jun 2013 05:54 AM PDT


"O alimento foi um dos destaques das inserções do PPS na televisão, em que uma voz grave avisa que a "incompetência do PT trouxe de volta a inflação"; cenas com donas de casa atordoadas com o preço do tomate omitem o fato de que, em maio, o produto caiu 10% e ajudou a trazer a inflação de volta a níveis mais baixos


Roberto Freire, presidente nacional do PPS, talvez ainda não saiba, mas o preço do tomate caiu 10% em maio. A queda, uma das maiores registradas nos itens que compõem os índices de preços, ajudou a trazer a inflação a níveis mais baixos.

A despeito disso, o alimento foi um dos destaques da propaganda gratuita do PPS, exibida neste fim de semana. Em todos os filmes, uma voz grave destacava que "a incompetência do PT trouxe de volta a inflação". Donas de casa mostravam-se atordoadas com os preços dos alimentos - em especial do tomate.

E os filmes foram a prova de que o lobby do tomate, que contou com uma capa de Veja, uma de Época e um colar no pescoço de Ana Maria Braga, não buscava apenas a elevação das taxas de juros. Um dos objetivos era estimular o terrorismo econômico e iniciar a série de campanhas negativas rumo a 2014, como se viu no filme do PPS."
You are subscribed to email updates from Brasil! Brasil!
To stop receiving these emails, you may unsubscribe now.
Email delivery powered by Google
Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610



--
Francisco Almeida 




Postar um comentário