sábado, 22 de junho de 2013

Via Email: BRASIL! BRASIL!: As manifestações de rua e uso oportunista da Copa


BRASIL! BRASIL!


Charge do Bessinha

Posted: 21 Jun 2013 06:27 PM PDT


As manifestações de rua e uso oportunista da Copa

Posted: 21 Jun 2013 06:25 PM PDT

Luis Nassif, Luis Nassif Online

"Um balanço das manifestações de ontem por todo o Brasil revela o seguinte quadro desconexo:
1. Nas cidades do interior, o movimento foi contra as câmaras municipais. Em muitas cidades, os manifestantes se dirigiram ou à prefeitura ou às Câmaras com listas de reivindicações.

2. Nas capitais, contra prefeitura, governo do estado e assembleias.

3. Na multidão, toda sorte de manifestos, a favor dos direitos dos gays e contra Feliciano, mas também a favor da familia tradicional, contra a PEC 37, contra os estádios na Copa do Mundo etc.

Momentos de catarse, no entanto, favorecem as manifestações oportunistas, de grupos radicais ou de criminosos mesmo. Com 100 mil pessoas em uma passeata. 99.500 podem ter propósitos pacíficos. Mas meia dúzia pode provocar conflitos, eventos e ganhar mais visibilidade que a maioria. Especialmente se souber manobrar alguns sentimentos, informações ou desinformações comuns à multidão.

É por aí que agem os provocadores.
Mais informações »

Dilma à Nação: "Estou ouvindo vocês e não vou transigir com violência"

Posted: 21 Jun 2013 05:58 PM PDT


"Em cadeia nacional de rádio e TV, presidente Dilma Rousseff prometeu conversar nos próximos dias com os chefes dos outros poderes e com governadores e prefeitos para elaborar o Plano Nacional de Mobilidade Urbana, "que privilegia o transporte coletivo"; Dilma reforçou ainda sua promessa de reservar 100% dos royalties do pré-sal para a educação e também se comprometeu a "trazer, de imediato, milhares de médicos do exterior, para ampliar o atendimento no SUS"; ela disse que pretende receber os lideres das manifestações pacíficas; "Não podemos conviver com essa violência que envergonha o Brasil", comentou


"Estamos acompanhando com muita tensão as manifestações que ocorrem pelo país", começou a presidente Dilma Rousseff, ao se dirigir à Nação em cadeia nacional de rádio e televisão, na noite desta sexta-feira. "Se aproveitarmos bem o impulso dessa nova energia política, poderemos fazer melhor e mais rápido muita coisa que o Brasil ainda não coseguiu realizar por causa de limitação política ou econômia", seguiu, destacando que "não podemos conviver com essa violência que envergonha o Brasil".
Mais informações »

Atenção: a Globo virou o fio!

Posted: 21 Jun 2013 05:33 PM PDT


Fernando Brito, Tijolaço

"A Globo não dá ponto sem nó.

Tudo o que faz é calçado em pesquisa, já que o Ibope é quase uma afiliada da rede.

Quem está vendo, como eu o Jornal Nacional,  está percebendo uma mudança clara.

O cenário de caos amplificado continua. Longas sequencias, sem interferencia de apresentador ou repórter.

Mas agora são "baderneiros", "arruaceiros".

"Queremos o caos, mas não concordamos com ele."

Pago o almoço para quem adivinhar se eles não fizeram isso instruídos por pesquisas que mostram o sentimento popular diante das manifestações violentas.

Atenção para isso."

Jean Wyllys: "expulsar e agredir integrantes de partidos é atitude fascista"

Posted: 21 Jun 2013 05:20 PM PDT


Extremistas agridem e roubam bandeiras
de membros de partidos (Foto: ABr)

"Se você acha que, numa manifestação política, partidos não podem se expressar, você não é "apartidário": é analfabeto político! Se você reclama da violência policial contra manifestantes, mas usa de violência contra militantes de partidos, você é um babaca incoerente"


Desde o início da noite desta quinta-feira (20), provocações, palavras de ordem e um clima de tensão tomaram conta da Avenida Paulista, onde aconteceu a sétima manifestação organizada pelo Movimento Passe Livre (MPL), em São Paulo, para comemorar a revogação do aumento das tarifas do transporte público na cidade. Com bandeiras e camisetas de partidos como PT, PSTU, PCO, PCdoB e PSOL, militantes eram hostilizados por manifestantes enquanto tentavam avançar com a marcha que mudou de grito – e de reivindicações – nos últimos quinze dias.

- Filho da puta! Filho da puta! Filho da puta! O sistema está corrompido. Só um golpe militar…

Leia abaixo a nota do deputado Jean Wyllys sobre os acontecimentos nas manifestações.

Jean Wyllys

Acho legítimo não se identificar com partidos, mas, daí, querer expulsá-los de manifestações populares sem centro nem líderes é fascismo! Acho legítimo gritar que não se identifica com nenhum dos partidos disponíveis, mas querer o monopólio do grito é totalitarismo!

Se você acha que, numa manifestação política, partidos não podem se expressar, você não é "apartidário": é analfabeto político! Se você reclama da violência policial contra manifestantes, mas usa de violência contra militantes de partidos, você é um babaca incoerente! Se você se chama de "apartidário", mas ataca apenas um dos dois grandes partidos que se opõe, desculpe-me, você tem partido sim!

Manifestação popular ou festa da democracia é aquela em que apartidários, partidos, simpatizantes e imprensa podem se expressar livremente!"

Com partido! Não dá pra eleger presidente por enquete do Facebook

Posted: 21 Jun 2013 05:06 PM PDT


Manifestantes na avenida Paulista na noite desta quinta-feira

"Com o fim dos partidos, as políticas públicas, serão debatidas onde, no Instagram? E depois de derrubarmos a Dilma, vamos escolher o próximo presidente por enquete do Facebook?

Lino Bocchini, CartaCapital

Um senhor de seus 70 anos tentava caminhar pela avenida Paulista com uma bandeira vermelha do PCO na noite desta quinta-feira. Era hostilizado o tempo todo: "Sem Partido!" era o básico. O grito era direcionado a todos com qualquer bandeira ou camiseta de partido político. Sempre gritado em coro, e de forma pausada --"Sem par-ti-dooo!!". Mais um pouco e um de grupo recém-saídos da adolescência começa a urrar em sua orelha, bem próximo, em uníssono: "O-por-tu-nis-taaa! O-por-tu-nis-taaa!". O militante veterano teve mais sorte do que muitos outros que tiveram as bandeiras arrancadas de suas mãos e queimadas. "Só pode bandeira do Brasil!" foi a ordem determinada aos berros e que ecoou não apenas em São Paulo, mas em muitas outras cidades do país.
Mais informações »

Datafolha: pesquisadora amedronta entrevistada, diz jornalista

Posted: 21 Jun 2013 04:06 PM PDT



"O site Viomundo reproduz texto extraído do Facebook do jornalista Gilberto Nascimento:
"Há cerca de uma hora, na esquina de casa, vi uma mulher abordando outra para perguntar o que achava das manifestações e quebra-quebra no país e se era a favor do que vinha acontecendo.

Como o assunto me interessou, parei e fiquei um pouco próximo para ouvir do que se tratava. A mulher que perguntava tinha um crachá branco e azul, com o nome do Datafolha.

Minha surpresa foi quando a pesquisadora indagou em quem a mulher votava e se ela gostava da Dilma e do Lula. A entrevistada respondeu que votava e continuaria votando no PT.

Aí, a tal pesquisadora respondeu: "Fala baixo, você pode apanhar". Cheguei perto e questionei: "como pesquisadora, a senhora não pode interferir nas respostas". A suposta representante do Datafolha disse que só estava avisando "porque gente do PT estava apanhando ontem na Paulista".

Respondi novamente: "a senhora quer amedrontar a entrevistada? Quer que ela mude de opinião?". Peguei o nome da entrevistadora no crachá e disse que iria informar o instituto.

Pelo visto, é assim que se colhe a opinião do povo nas ruas. E preparem-se: nas próximas horas pode sair uma nova pesquisa dizendo que o povo não quer mais a Dilma e o PT no poder."

Charge do Bessinha

Posted: 21 Jun 2013 09:50 AM PDT


Vídeo: A Globo e os protestos

Posted: 21 Jun 2013 09:49 AM PDT

Na Paulista, extrema direita agride partidos de esquerda

Posted: 21 Jun 2013 09:36 AM PDT


Marina Dias, Bob Fernandes,  Terra Magazine

"Desde o início da noite desta quinta-feira (20), provocações, palavras de ordem e um clima de tensão tomaram conta da Avenida Paulista, onde aconteceu a sétima manifestação organizada pelo Movimento Passe Livre (MPL), em São Paulo, para comemorar a revogação do aumento das tarifas do transporte público na cidade. Com bandeiras e camisetas de partidos como PT, PSTU, PCO, PCdoB e PSOL, militantes eram hostilizados por manifestantes enquanto tentavam avançar com a marcha que mudou de grito – e de reivindicações – nos últimos quinze dias.

A redução da tarifa, principal bandeira dos protestos, foi substituída por faixas e cartazes em que se estampavam desde o não à PEC 37, proposta que limita a atuação do Ministério Público em investigações criminais, até o fim da corrupção e o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), do prefeito Fernando Haddad (PT) e do governador Geraldo Alckmin (PSDB). "Só Jesus salva" também teve espaço entre as novas bandeiras.

Vestido com uma jaqueta preta e um capacete de motoqueiro na cabeça, um homem de 50 anos, morador do bairro de Perdizes, zona oeste da capital paulista, e que se identifica como V -de vingança ou de vinagre?-, caminhava com o peito estufado em direção ao cordão humano formado por petistas e dirigentes de movimentos estudantis e sociais.

- Filho da puta! Filho da puta! Filho da puta!
Mais informações »

IBGE: número de pessoas ocupadas continua aumentando

Posted: 21 Jun 2013 09:25 AM PDT


Alana Gandra, Agência Brasil
 
"O número de empresas industriais com mais de uma pessoa ocupada cresceu 4% no Brasil de 2010 para 2011, passando de 299.862 para 312 mil. Do mesmo modo, o número de pessoas ocupadas mostrou expansão de 3%, subindo de 8,4 milhões de pessoas pra 8,6 milhões, com média de 28 pessoas empregadas por empresa.
Os dados fazem parte da Pesquisa Industrial Anual – Empresa (PIA-Empresa), divulgada hoje (21) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De acordo com a economista Maristella Rodriguez, da Coordenação de Indústria do IBGE, a indústria brasileira mostrou estabilidade em 2011, em comparação ao ano anterior. "Ela teve um crescimento muito modesto que, na verdade, [decorre] do cenário internacional". Lembrou que a economia mundial foi afetada pela crise financeira de 2008, pela debilidade da economia norte-americana e, mais recentemente, pela crise do euro.
Mais informações »

Vox Populi / CartaCapital: Dilma é favorita em todos os cenários eleitorais

Posted: 21 Jun 2013 08:13 AM PDT


Se eleição para presidente fosse hoje,
Dilma venceria no primeiro turno

"Se a eleição fosse hoje, presidenta teria 51% dos votos em uma eventual disputa contra Aécio Neves, Marina Silva e Eduardo Campos

CartaCapital

A pouco mais de um ano para as eleições, a presidenta Dilma Rousseff aparece como favorita para a reeleição em todos os cenários para a disputa em 2014. É o que aponta a pesquisa Vox Populi / CartaCapital realizada entre 7 e 11 de junho.

Nas pesquisas de intenção de voto estimulada, quando o eleitor é submetido a uma lista de candidatos, Dilma venceria em um eventual confronto os possíveis candidatos Marina Silva (Rede Sustentabilidade), Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB). Neste cenário, a presidenta conseguiria 51% dos votos, enquanto Marina e Aécio teriam 14% cada um e Campos, 3%. Votos brancos, nulos ou eleitores indecisos representam 18% do eleitorado.
Quando o cenário apresenta Dilma, Aécio e Marina, a presidenta apresenta 53% das preferências, enquanto o tucano mantém 15% e a ex-ministra do Meio Ambiente, 14%

Quando o eleitor tem de escolher entre a presidenta, o tucano José Serra e Marina, Dilma volta a apresentar 51% dos votos, contra 18% do ex-rival da eleição de 2010 e 13% de Marina."
Pesquisa Completa, ::AQUI::

Inflação recua 0,08 ponto percentual em junho

Posted: 21 Jun 2013 07:05 AM PDT

Vinícius Lisboa, Agência Brasil

"O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 teve variação de 0,38% em junho, divulgou hoje (21) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. A taxa recuou 0,08 ponto percentual em relação à de maio, que alcançou 0,46%. Em junho de 2012, o IPCA-15 foi 0,12%.

Com o resultado, o acumulado no 1º semestre de 2013 é 3,45%, índice superior ao registrado no primeiro semestre de 2012: 2,58%. Em doze meses, a inflação acumulada no IPCA-15 chegou a 6,67%.

Os principais grupos que contribuíram para a desaceleração foram remédios e alimentos. A inflação dos medicamentos caiu de 2,94% em maio para 0,65% em junho, já que o índice do mês anterior ainda foi afetado pelo reajuste dos remédios vigente desde abril. Os alimentos tiveram queda de 0,47% para 0,27%.

O IPCA-15 leva em conta os preços coletados entre 15 de maio e 13 de junho, comparados aos de 13 de abril a 14 de maio. A pesquisa é realizada nas regiões metropolitanas do Rio de Janeiro, de Porto Alegre, Belo Horizonte, do Recife, de São Paulo, Belém, Fortaleza, Salvador, Curitiba, Brasília e Goiânia."

MPL acusa direita por 'ar fascista' de protesto

Posted: 21 Jun 2013 06:57 AM PDT


"Em nota, Movimento Passe Livre anunciou que deixou a manifestação na noite desta quinta-feira em São Paulo e criticou o oportunismo no ato: "O MPL é um movimento social apartidário, mas não antipartidário. Repudiamos os atos de violência direcionados a essas organizações durante a manifestação de hoje, da mesma maneira que repudiamos a violência policial"


Depois de convocar o Brasil todo para se unir à onda de manifestações pelo país, o Movimento Passe Livre (MPL) deixou o protesto no meio da noite desta quinta-feira na capital paulista.

Em nota divulgada na rede social Facebook na madrugada desta sexta-feira (21), criticam a violência contra grupos que não pertencem ao MPL e que também participaram da marcha de quinta (20) nas ruas de São Paulo.
Segundo o professor Lucas Monteiro, 29 anos, integrante do MPL, o movimento "não abandonou" os manifestantes. "A gente saiu porque a manifestação cumpriu com a obrigação dela, que era de comemorar a redução da tarifa."
Mais informações »
You are subscribed to email updates from Brasil! Brasil!
To stop receiving these emails, you may unsubscribe now.
Email delivery powered by Google
Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610



--
Francisco Almeida 




Postar um comentário