sábado, 2 de junho de 2012

Via Email: BRASIL! BRASIL!



BRASIL! BRASIL!


Posted: 01 Jun 2012 06:23 PM PDT




Posted: 01 Jun 2012 06:21 PM PDT


Agência Brasil

"A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 2,953 bilhões em maio, saldo de exportações equivalentes a US$ 23,215 bilhões e importações de US$ 20,262 bilhões. Foi o melhor saldo mensal do ano até agora, mas que é 16,2% menor que o saldo de maio de 2011, que ficou em US$ 3,524 bilhões.

O bom desempenho do comércio externo em maio contribuiu para elevar o superávit acumulado no ano para US$ 6,271 bilhões. No entanto, como os primeiros meses de 2012 tiveram desempenho menor que o verificado no mesmo período do ano passado, o resultado do acumulado do ano até maio é 26,5% menor que o de 2011, que ficou em US$ 8,529 bilhões."



Posted: 01 Jun 2012 06:09 PM PDT


Saul Leblon, Carta Maior

"Escudado na proteção republicana da toga, o ministro Gilmar Mendes desnudou uma controversa agenda política pessoal na última semana de maio. Onipresente na obsequiosa passarela da mídia amiga, lacrou seu caminho na 6ª feira declarando-se um caçador de blogs adversários de suas ideias e das ideias de seus amigos. Em preocupante equiparação entre a autoridade da toga e a arbitrariedade da língua, Gilmar decretou serem inimigos das instituições republicanas todos aqueles que contestam os seus malabarismos discursivos, a adequar denúncias a cada 24 horas, num exercício de convencimento à falta de testemunhas e fatos que as comprovem.

A fragilidade desse discurso impele-o agora ao papel de censor a exigir da Procuradoria Geral da República, e do ministro Mantega, que sufoque blogs adversários asfixiando-os com o corte da publicidade oficial. Sobre veículos que incluem entre suas fontes e 'colaboradores informais', notórios acusados de integrar quadrilhas do crime organizado, o ministro nada observa em relação à presença da publicidade oficial. Cabe ao governo Dilma dar uma resposta ao autonomeado censor da República.

O ataque da língua togada contra a imprensa crítica não é aleatório. O dispositivo midiático conservador vive em andrajos de credibilidade e pautas. A semana final de maio estava marcada para ser um desses picos de desamparo, na despedida humilhante de seu herói decaído. E de fato o foi: em depoimento no Conselho de Ética do Senado, na 3ª feira, o ex-líder dos demos na Casa, Demóstenes Torres, deixaria gravado no bronze dos falsos savonarolas a lapidar confissão de que um chefe de quadrilha pagava as contas, miúdas, observaria, de seu celular. E ele, o centurião da moralidade, a direita linha dura assim cortejada pela língua togada e pelo aparato conservador --quem sabe até para vôos maiores em 2014--, não viu nenhum tropeço ético nesse pequeno mimo que elucida todo um perfil.

O fecho de carreira do tribuno goiano contaminaria as manchetes que ele tantas vezes ancorou à direita não fosse a providencial intervenção da língua amiga do ministro do STF, Gilmar Mendes. Na mesma 3ª feira desde as primeiras horas da manhã, lá estava ela a falar pelos cotovelos. Diuturnamente, contemplou a orfandade da mídia amiga naquele dia cinzento. A cada qual ofereceu uma frase brinde para erguer a moral da tropa e justificar a manchete com o carimbo 'exclusivo' no alto da página. Não se poupou. O magistrado, não raro em destemperados decibéis, esfregou na opinião pública recibos e documentos que comprovariam o pagamento, com recursos próprios --'tenho-os para umas três voltas ao mundo'-- de seu giro europeu, em abril de 2011, onde se encontraria com o herói decaído da linha dura, Demóstenes Torres."
Artigo Completo, ::AQUI::


Posted: 01 Jun 2012 06:01 PM PDT


"Colunistas de Veja.com, Reinaldo Azevedo e Augusto Nunes, em artigos sucessivos, exigem para Lula o mesmo que a ditadura militar determinou a ele em 1980: prisão; o primeiro quer até quatro anos; seu vizinho, algemas; eles merecem rodar ao volante e na janelinha de uma viatura da Rota

Brasil 247

A partir de 19 de abril de 1980, em plena vigência da ditadura militar, no plantão de João Figueiredo e sob a custódia do delegado Romeu Tuma, Luiz Inácio Lula da Silva passou 30 dias no xadrez do temido Dops – o Departamento de Ordem Política e Social. A ditadura acabou, Figa e Tumão morreram e o Dops foi extinto. Mas há quem continue querendo mandar Lula para trás das grades outra vez. Mais precisamente, e não por coincidência, dois dos mais hidrófobos colunistas de Veja.com: Reinaldo Azevedo e Augusto Nunes, vizinhos de página virtual.

Cada um ao seu modo, Azevedo com seus jatos biliáticos e Nunes usando e se lambuzando de adjetivos, eles partiram de dois fatos isolados, sem dúvida protagonizados por Lula, para embicarem seus leitores na rota do autoritarismo. Ao mesmo tempo investigadores e juízes, fizeram como se estivessem um ao volante de uma daquelas antigas viaturas da Rota, e o outro na janelinha, para exigirem cadeia sem recurso para o que entenderam como crimes de Lula."
Foto: Edição/247
Matéria Completa, ::Aqui::


Posted: 01 Jun 2012 05:44 PM PDT


"Dos 31 dias de maio, trens metropolitanos de São Paulo tiveram problemas em quase metade do mês; usuários reclamam

Daniel Torres, iG

No mesmo mês em que faz 20 anos de fundação, a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) encerra maio com uma estatística que não pode ser comemorada. Dos 31 dias do mês, em 15 ocorreram problemas em pelo menos uma das linhas de trens distribuídas por cidades da Grande São Paulo, segundo reconhece a própria companhia.

As causas dos problemas são diversas. De trens de passageiros que precisam diminuir a velocidade devido à presença de trens de carga na linha, passando por defeitos na sinalização e queda de energia, até chegar a linhas inteiras paralisadas por conta de greve de funcionários.
Assim como as causas, os prejudicados também são muitos.

Aproximadamente 2,7 milhões de passageiros utilizam as linhas todos os dias. "Sempre tem problema, não tem dúvida. Os maiores problemas são a lotação e a lentidão. Às 17h sempre fica parado porque a energia está baixa. O trem fica parado por muito tempo na estação. Quatro, cinco minutos e aí quando vai sair está tão cheio que não consegue fechar as portas", reclama Mauro de Souza Macedo, corretor de vendas de um banco."
Foto: ADRIANO LIMA/FRAME/AE
Matéria Completa, ::Aqui::


Posted: 01 Jun 2012 05:40 PM PDT


Agência Brasil

"A criação de 600 mil novos postos de trabalho, nos primeiros quatro meses do ano, reflete o dinamismo da indústria, principalmente a construção civil e serviços, na avaliação do ministro da Fazenda, Guido Mantega, que falou a jornalistas nesta sexta-feira (1º), na capital paulista.

"Eu diria que esse é um dos melhores resultados do mundo em geração de emprego e um forte indicador econômico. Mantendo os aumentos do emprego, salário-mínimo e massa salarial, temos um mercado consumidor que vai continuar estimulando o crescimento da economia brasileira".

O ministro também atribuiu às importações parte da responsabilidade pelo baixo crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro trimestre. Ele lembrou que parcela da demanda de consumo foi para o exterior, no período contabilizado, o que influenciou no resultado do PIB de 0,2%. "Tivemos uma expansão da exportação de 0,2% no primeiro trimestre e a expansão das importações de 1,1%".

Segundo Mantega, as importações influenciaram no resultado do PIB porque levaram cerca de 30% do crescimento do trimestre para o exterior. "Isso não é pouca coisa, o que demonstra a necessidade de continuarmos com medidas de defesa comercial para que nosso mercado estimule a nossa produção", ressaltou.

O ministro disse que o crescimento modesto das exportações é reflexo da crise econômica internacional e da dificuldade de alguns países em adquirir produtos brasileiros. Mantega salientou que o país está diante de uma desaceleração de todos os países do mundo.

"Os países europeus estão próximos da recessão, com crescimento abaixo de zero, e mesmo os EUA estão demonstrando pouco dinamismo. E o mais preocupante é uma desaceleração da economia chinesa, indiana e dos demais Brics [grupo de países que inclui ainda Rússia e África do Sul, além do Brasil]. Alguns desses países estão caminhando para a metade do desenvolvimento que tiveram em 2011".

Mantega atribuiu a aceleração da economia brasileira  às medidas tomadas pelo governo. "Esse primeiro semestre já ficou para trás, já estamos olhando pelo retrovisor, já estamos dois meses depois desse primeiro trimestre e, principalmente a partir de maio, o nível de atividade econômica no Brasil está se acelerando".
Segundo o ministro, resultados prévios indicam que a venda de veículos em maio ante abril tiveram crescimento de 12,8%, o que  já demonstra resultado das medidas de estímulo do governo para o setor.

Mantega estimou que a partir do segundo trimestre de 2012 já se perceberá efeitos da redução da taxa de juros para 8,5%. "Essa é a menor [taxa da Selic] dos últimos 30, 40 anos, e isso ajuda muito a economia; além disso, os bancos privados e públicos estão reduzindo as taxas e aumentando o credito. Nós vamos ter um cenário de política monetária mais favorável ao crescimento".


Posted: 01 Jun 2012 04:51 PM PDT
Jailton de Carvalho, O Globo / Extra


"O senador Pedro Taques (PDT-MT) pedirá a convocação do jornalista Luiz Carlos Bordoni para depor na CPI do Cachoeira. Bordini diz que recebeu dinheiro do bicheiro Carlinhos Cachoeira para prestar serviços à campanha eleitoral do governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), nas eleições de 2010. O pagamento de R$ 45 mil foi feito por intermédio da empresa Alberto & Pantoja, na conta da filha do jornalista Bruna Bordoni em 14 de abril do ano passado.

A Pantoja é uma das supostas empresas fantasmas usadas por Cachoeira para lavar dinheiro da Delta. Taques também analisa a possibilidade de chamar Bruna para depor.

O assunto veio a público na terça-feira durante o interrogatório do senador Demóstenes Torres (Sem partido-GO) no Conselho de Ética do Senado. Taques fez perguntas sobre a até então desconhecida Bruna e Demóstenes se embaraçou nas respostas. Agora, o próprio Bordoni vem a público e confirma que recebeu dinheiro da empresa de Cachoeira.

As declarações do jornalista complicam ainda mais a situação de Perillo. A Polícia Federal identificou mais de 230 citações do nome do governador nas conversas gravadas durante a Operação Monte Carlo, da Polícia Federal."


Posted: 01 Jun 2012 09:27 AM PDT




Posted: 01 Jun 2012 09:23 AM PDT


Natalia Julio, Terra

"O deputado Sérgio Guerra, presidente nacional do PSDB, criticou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o pré-candidato do PT à prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, em relação à entrevista cedida por ambos ao programa do Ratinho na última quinta-feira. Guerra criticou os depoimentos, encarados como uma espécie de propaganda favorável ao PT."Não vamos permitir que a campanha seja contaminada de ilegalidade antes de começar", afirmou, em entrevista ao Terra.

Guerra afirmou ainda que as declarações de Lula "demonstram com clareza o desequilíbrio que caracteriza suas aparições recentes" e que tal atitude não condiz com um ex-presidente democrático. "A declaração do presidente foi arrogante. Ninguém pode afirmar o que permite que o povo faça, é uma frase alucinada", analisou.

Haddad, que tem como um dos principais rivais na campanha o pré-candidato do PSDB José Serra, é visto pelo presidente do PSDB como uma escolha pessoal de Lula para concorrer às eleições. "O Fernando Haddad não tem legitimidade pra ser candidato em São Paulo", disse Guerra.

O departamento jurídico do PSDB está agora analisando medidas a serem tomadas em relação aos comentários, encarados pelo advogado especialista em direito eleitoral como um tipo de campanha eleitoral antecipado. Durante a entrevista televisiva, Haddad recebeu elogios de Lula e, questionado pelo apresentador, comentou problemas da capital."


Posted: 01 Jun 2012 09:18 AM PDT
O ex-presidente Lula durante 
entrevista ao Ratinho


CartaCapital

"Teve Corinthians, histórias sobre rabadas, troca de afagos, depoimento de Ronaldo Fenômeno, música de Geraldo Vandré e até brinde com cerveja oferecido por Zeca Pagodinho. Mas a entrevista do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao Programa do Ratinho, do SBT, serviu basicamente para dois objetivos: tentar alavancar a candidatura de Fernando Haddad junto ao grande público e mandar recados (muitos) para a oposição.

Descontraído na maior parte do tempo, Lula subiu o tom, apesar da voz ainda debilitada, para dizer que não permitirá que "um tucano volte à Presidência do Brasil". Disse que, para isso, aceitaria até  voltar a ser candidato.

"Xi, o Serra então está ferrado", brincou Carlos Massa, o Ratinho – que se apresentou como "grande amigo" do ex-presidente.

E foi no último minuto da entrevista que o apresentador e amigo perguntou ao ex-presidente sobre a polêmica envolvendo o ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes, que acusa Lula de oferecer apoio à CPI do Cachoeira em troca do adiamento do julgamento do mensalão (Mendes é suspeito de ter viajado a Berlim com dinheiro pago pelo bicheiro Carlinhos Cachoeira, o que ele nega).

"Vou perguntar apesar de saber que a população não está entendendo isso", frisou Ratinho.

"Não tenho interesse em falar nesse assunto, porque já respondi em nota. Quem inventou que prove. Quem acreditou, que prove. O dado concreto é que o Brasil hoje é muito melhor, e vai melhorar ainda mais." E completou: "Quero que o Brasil que teve ascensão nunca mais  retroceda."
Foto: Reprodução/SBT
Matéria Completa, ::Aqui::


Posted: 01 Jun 2012 08:47 AM PDT


Eduardo Guimarães, Blog da Cidadania

"Não deixa de ser irônico que o cenário escolhido pela pré-campanha de José Serra para perpetrar a primeira das costumeiras jogadas eleitorais sujas que o tucano costuma praticar tenha sido o metrô paulistano, a prova em aço e concreto da incompetência e da corrupção do PSDB paulista.

Na manhã da última quinta-feira, ocupado pela participação em uma feira de meu setor de atividade profissional, recebo ligação de minha mulher – talvez a pessoa mais avessa à política que conheço e que se opõe frontalmente ao que faço neste blog.

Como precisei do carro para ir à feira, Cristina foi trabalhar de metrô. Tanto na estação em que embarcou quanto na que desembarcou presenciou distribuição gratuita de uma revista com uma capa que qualificou como "inacreditável".

Estava indignada. Disse que a revista estampava na capa a figura da morte com o símbolo do Partido dos Trabalhadores (a estrela vermelha de cinco pontas) no lugar do rosto. E que, logo abaixo, havia um texto que acusava o partido inteiro de ser uma agremiação de assassinos.

Ela não soube precisar do que se tratava e não pude avaliar na hora, pois estava ocupado no evento. Ao chegar em casa à noite, porém, entendi tudo. Bastou um giro pela internet para descobrir que a revista é ligada a José Serra e que requentou a morte do ex-prefeito de Santo André Celso Daniel.

Cristina relatou que a publicação estava sendo distribuída por um idoso e um rapaz trajados humildemente. O idoso, segundo ela, estava mal-humorado e agressivo. Após lhe entregar a revista, alguém lhe pediu informação, ele negou e reagiu com fúria. Disse que "não estava ali" e que já lhe bastava ter que ficar "distribuindo aquela bosta de revista".
Matéria Completa, ::Aqui::


Posted: 01 Jun 2012 08:34 AM PDT


Tadeu Breda, Rede Brasil Atual

"Movimentos sociais se manifestaram no centro de São Paulo hoje (31) para exigir maior participação popular na elaboração e na execução das políticas públicas municipais. A marcha começou na Praça Ramos de Azevedo, no centro, e seguiu até a Praça da Sé, fazendo uma parada em frente à prefeitura para deixar seu recado à administração Gilberto Kassab (PSD).

"Vamos exigir das autoridades que olhem pro povo, que deixem o povo trabalhar e que melhorem os investimentos nas políticas públicas, porque o trabalhador precisa de um transporte com dignidade, precisa de médico, precisa de creche e precisa de moradia", disse o carro de som, resumindo o propósito da manifestação.

O protesto foi convocado pela Central de Movimentos Populares (CMP), entidade que reúne organizações da sociedade civil que reivindicam ao Estado direitos estabelecidos pela Constituição, pressionando os governos do país pela elaboração de políticas públicas voltadas à moradia, à saúde e ao trabalho. "O 31 de maio é nosso dia de lutas por políticas públicas", explica Miriam Hermógenes, membro da direção executiva do CMP. "A marcha acontece há mais de uma década."
Matéria Completa, ::Aqui::


Posted: 01 Jun 2012 07:33 AM PDT


"Depois da rusga com o ex-presidente Lula, Gilmar Mendes anuncia ação judicial para contestar patrocínios concedidos por empresas estatais aos chamados "blogs sujos"; um de seus alvos é o jornalista Paulo Henrique Amorim, crítico contumaz da conduta do ministro do STF

Brasil 247

Pivô da grande polêmica da semana, junto com o ex-presidente Lula, o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, quer calar seus críticos na blogosfera e já anunciou que vai entrar com uma ação na Justiça para solicitar que empresas estatais deixem de "patrocinar ataques às instituições". Gilmar Mendes revelou a intenção ao jornalista Jorge Bastos Moreno, do blog Rádio do Moreno.

Leia reportagem do blog Rádio do Moreno:

O ministro Gilmar Mendes acaba de informar à Rádio do Moreno que vai entrar com uma ação na Procuradoria Geral da República, solicitando o substrato das empresas estatais que usam o dinheiro público para o financiar blogs que atacam as instituições."
Artigo Completo, ::AQUI::


Posted: 01 Jun 2012 07:10 AM PDT


José Dirceu, Blog do Noblat / Globo

"Nada além da Constituição". Esse foi o lema definido como norte para as discussões em torno da liberdade de expressão e da democratização da comunicação brasileira, durante o terceiro Encontro Nacional de Blogueiros Progressistas, realizado em Salvador, no último final de semana.

Registrado na "Carta de Salvador" —documento que contém as principais deliberações do encontro—, o lema sintetiza e reforça a necessidade de se estabelecer um marco regulatório para a atividade da mídia, em cumprimento ao que prevê a nossa Constituição. Nada além disso.

O evento, que já é referência para ativistas digitais de todo o país, discutiu estratégias para garantir a livre circulação da informação e ampliar o debate para além dos setores mais politizados e mobilizados, formadores de opinião, levando-o para toda a sociedade.

Diferentemente da grande mídia, que, para fugir da questão, alardeia censura quando se fala em regulamentação, os blogueiros aproveitaram o encontro para discutir também a criação do marco civil para a Internet, a fim de balizar as regras para uso da rede mundial de computadores no Brasil, cujo projeto de lei tramita na Câmara dos Deputados.

Foi enfatizada ainda a luta pela defesa da ação da blogosfera e das redes sociais, que, em consequência do aumento de sua força, têm enfrentado ataques constantes por parte da velha mídia e dos grupos que a financia.
Está nítido que a blogosfera vem sofrendo pressão de um movimento articulado para criar empecilhos à sua atividade e criminalizar o ativismo digital.



Além disso, cresce a judicialização da censura, de que já foram vítimas jornalistas bastante representativos desse universo dos blogs, os quais respondem a inúmeros processos."
Artigo Completo, ::Aqui::


Posted: 01 Jun 2012 07:02 AM PDT


Josias de Souza, UOL / Blog do Josias

"O jornalista Luiz Carlos Bordoni, responsável pela campanha radiofônica de Marconi Perillo na eleição de 2010, afirma que parte do pagamento que recebeu pelo serviço veio de uma empresa fantasma do esquema de Carlinhos Cachoeira. Coisa de R$ 45 mil.

Deve-se a revelação ao repórter Fernando Gallo. Em notícia veiculada nesta sexta (1o), ele reproduz declarações de Bordoni. O personagem lhe contou que saíra da campanha com um crédito de R$ 90 mil. O depósito de R$ 45 mil refere-se a metade dessa cifra.

O dinheiro pingou, em 14 de abril de 2011, na conta da filha do jornalista, Bruna Bordoni. Proveio da Alberto & Pantoja Construções, empresa fantasma que, segundo a Polícia Federal, era controlada por prepostos da quadrilha de Cachoeira. A movimentação bancária foi rastreada e consta dos autos da Operação Monte Carlo.

De acordo com Luiz Bordini, os R$ 45 mil foram borrifados na conta de sua filha depois que ele cobrou a dívida de campanha. Detalhista, Bordini contou que seu contato foi feito com Lúcio Gouthier, hoje assessor de Perillo no governo de Goiás. Ouça-se o jornalista:

"O sr. Lúcio Gouthier me ligou perguntando o número da minha conta pra depositar esse dinheiro. Eu disse a ele que estava viajando, e que minha filha, que paga minhas contas e administra as minhas coisas, iria receber. Dei o número da conta dela para ele. De repente, essa conta foi passada para a Pantoja."
Matéria Completa, ::Aqui::


Posted: 01 Jun 2012 06:34 AM PDT
Terra


"Peritos da Polícia Federal revelam que os cheques que pagaram o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), pela venda da casa que ele comprou em 2011 provêm de uma conta bancária que recebeu dinheiro da empreiteira Delta. Entre março e maio, o tucano recebeu três cheques nominais da Excitant Confecções, oriundos de uma conta na Caixa Econômica Federal em Anápolis. Dois eram de R$ 500 mil e um era de R$ 400 mil. A empresa pertence a uma cunhada do Bicheiro Carlinhos Cachoeira. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

Segundo a PF, nesse período a Delta depositou altas quantias nessa conta por meio de uma empresa fantasma chamada Alberto e Pantoja Construções, criada pelo grupo de Cachoeira com o único fim de receber dinheiro da construtora. No dia 30 de março, por exemplo, houve um repasse de R$ 1 milhão. A assessoria de Marconi Perillo diz que ele agiu de boa-fé na venda da casa: "Se houvesse má-fé ele não teria recebido em cheques nem depositado em sua conta. (...) Não cabia ao vendedor do imóvel verificar a origem dos cheques nem dos recursos. Quem deve explicações sobre os cheques é o emitente".
Matéria Completa, ::Aqui::



You are subscribed to email updates from Brasil! Brasil!
To stop receiving these emails, you may unsubscribe now.
Email delivery powered by Google
Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610



--
Francisco Almeida / (91)81003406

Postar um comentário