sexta-feira, 29 de março de 2013

Via Email: BRASIL! BRASIL!: As empregadas e a escravidão


BRASIL! BRASIL!


O que a Dilma disse na África...e a manipulação da velha mídia

Posted: 28 Mar 2013 05:32 PM PDT

Charge do Bessinha

Posted: 28 Mar 2013 05:28 PM PDT


As empregadas e a escravidão

Posted: 28 Mar 2013 05:27 PM PDT


Urariano Mota, Direto da Redação

"Por caminhos tortos, Joaquim Nabuco teve uma das suas iluminações quando escreveu:  "A escravidão permanecerá por muito tempo como a característica nacional do Brasil". Sim, por caminhos tortos, porque depois de uma frase tão magnífica, de gênio do futuro, Joaquim Nabuco sem pausa continuou, num encanto que esconde a crueldade:

 "Ela (a escravidão) espalhou por nossas vastas solidões uma grande suavidade; seu contato foi a primeira forma que recebeu a natureza virgem do país, e foi a que ele guardou; ela povoou-o como se fosse uma religião natural e viva, com os seus mitos, suas legendas, seus encantamentos; insuflou-lhe sua alma infantil, suas tristezas sem pesar, suas lágrimas sem amargor...".

Penso na primeira frase de Nabuco, a da escravidão como característica do Brasil, nestes dias em que o Congresso dá um primeiro passo para a superação da herança maldita. Não quero falar aqui sobre as conquistas legais para as empregadas domésticas,  da nova lei sobre a qual os jornais tanto têm falado como num aviso: "patroas, cuidado, domésticas agora têm  direitos". Falo e penso nas empregadas que vi e tenho visto no Recife e em São Paulo. No aeroporto de Guarulhos eu vi Danielle Winits, a famosa atriz da Globo, muito envolvida com o seu notebook, concentradíssima, enquanto o filhinho de cabelos louros berrava. Para quê? A sua empregada, vestida em odioso e engomado uniforme, aquele que anuncia "sou de outra classe", cuidava para que a perdida beleza da atriz não fosse importunada. Tão natural... os fãs de telenovelas não viam nada de mais na mucama no aeroporto, pois faziam gracinhas para o bobinho lindinho.
Mais informações »

Serra pode perder até os R$ 1 mil ganhos em indenização contra Privataria Tucana

Posted: 28 Mar 2013 05:20 PM PDT


Correio do Brasil
 
"Candidato derrotado nas eleições presidenciais de 2010 e municipais de 2012, quando concorreu e perdeu a prefeitura de São Paulo, José Serra também corre o risco de não receber os R$ 1 mil garantidos pela sentença judicial que o abonou por danos morais em um suposto "oportunismo eleitoral" do best-seller A Privataria Tucana, escrito pelo jornalista Amaury Ribeiro Júnior. O autor e a editora Geração Editorial foram condenados pelo juiz André Pasquale Scavone, da 10ª Vara Cível, em sentença publicada em 1º de março, sem que pudesse ser executada..

A decisão do magistrado afirma que "não é este o juízo que vai dizer se os fatos narrados são ou não verdadeiros", mas seria "inequívoca a intenção dos réus de atingir a imagem de Serra". Scavone também considerou "curioso" o caráter indenizatório da ação proposta por José Serra: "Se o interesse era preservar a imagem, o pedido deveria ser de impedir a venda do material ofensivo", em vez de exigir uma reparação por parte do autor e da editora.

Em sua sentença, o juiz afirma que o valor é "simbólico (para fins de paraísos fiscais)", em uma clara referência às denúncias contidas na obra, lançada em 2010. A decisão, porém, desagradou aos advogados do político tucano, que prometem recorrer para segunda instância."
Matéria Completa, ::AQUI::

Por que tanta má vontade?

Posted: 28 Mar 2013 04:07 PM PDT


"Projeção de crescimento aponta para PIB de 3,1% este ano, o maior do último triênio; desemprego de 5,6% é o menor em 14 anos, assim como a taxa de juros de 7,25% é a mais baixa dos últimos 20 anos; previsão do Banco Central é de queda de 15% na tarifa de energia e de 2% na de telefonia; empréstimos para empresas crescem 75% em janeiro na Caixa, apontando para investimentos produtivos; inadimplência se mantém estável; preços administrados devem subir 2,7%, dentro da meta traçada; por que esses números não são destacados pela mídia tradicional?

Brasil 247

Entre 1999 e 2002, na gestão do fundador do Gávea Investimentos, Armínio Fraga, na presidência do Banco Central, a inflação saltou de 8,44% para 12,53%, variando entre 5,97% e 7,67% nos dois anos intermediários. As metas de inflação daquele quadriênio estouraram por três vezes, sendo respeitadas, com a entrada na variação permitida pela banda pré-estabelecida, em apenas um exercício. Era o segundo mandato do presidente Fernando Henrique Cardoso, com Pedro Malan no Ministério da Fazenda. A alegação para a quebra de todos os limites impostos pelo próprio BC, invariável: culpa da crise internacional.

A mídia tradicional, naquela quadra histórica, não apenas compreendia o momento, como aquiescia diante das decisões e elevou Fraga ao patamar de intocável, no qual ele está até hoje.

Nos últimos dois anos, o cenário de crise permaneceu tanto nos Estados Unidos quanto na Europa. O euro, moeda única do Velho Continente, quase virou pó, com os países membros da União Européia tendo conseguido um consenso em torno da manutenção de sua moeda apenas depois de meses de longas reuniões. Países industrializados como a Itália, ascendentes como Portugal e modelares como a Espanha chegaram perto de quebrar. Aconteceu com a Grécia. Para todos, foram necessários bilhões de euros em ajuda para impedir o pior. No entanto, os efeitos da crise que, para ser contida nos Estados Unidos, leva o Federal Reserv a manter as taxas de juros no patamar zero até 2015 – decisão anunciada formalmente –, não levaram o Banco Central do Brasil, como no passado da virada dos anos 1990 para 2000, a estourar suas metas. Ao contrário."
Matéria Completa, ::AQUI::

O perfeito imbecil politicamente incorreto

Posted: 28 Mar 2013 04:01 PM PDT


No Brasil, é aquele sujeito que se sente
no direito de ir contra as idéias mais
progressistas e civilizadas possíveis em
nome de uma pretensa independência
de opinião. Saiba como reconhecê-lo.
Por Cynara Menezes. Foto: Reprodução

Cynara Menezes, CartaCapital

"Em 1996, três jornalistas –entre eles o filho do Nobel de Literatura Mario Vargas Llosa, Álvaro –lançaram com estardalhaço o "Manual do Perfeito Idiota Latino-Americano". Com suas críticas às idéias de esquerda, o livro se tornaria uma espécie de bíblia do pensamento conservador no continente. Vivia-se o auge do deus mercado e a obra tinha como alvo o pensamento de esquerda, o protecionismo econômico e a crença no Estado como agente da justiça social. Quinze anos e duas crises econômicas mundiais depois, vemos quem de fato era o perfeito idiota.

Mas, quem diria, apesar de derrotado pela história, o Manual continua sendo não só a única referência intelectual do conservadorismo latino-americano como gerou filhos. No Brasil, é aquele sujeito que se sente no direito de ir contra as idéias mais progressistas e civilizadas possíveis em nome de uma pretensa independência de opinião que, no fundo, disfarça sua real ideologia e as lacunas em sua formação. Como de fato a obra de Álvaro e companhia marcou época, até como homenagem vamos chamá-los de "perfeitos imbecis politicamente incorretos". Eles se dividem em três grupos:
Mais informações »

Pressão sobre Copom pautou especulação

Posted: 28 Mar 2013 08:52 AM PDT


"Especuladores apostaram na alta dos juros, mas perderam com manipulação de fala presidencial: taxas futuras caíram; antes da reunião dos Brics, André Esteves, do BTG Pactual, atacou política econômica; "medidas macroprudenciais não fazem sentido hoje", disse ele; "ocorreu uma mudança estrutural nos juros brasileiros, mas isso não quer dizer que as taxa não vão mais subir ou cair. Só que vão subir para 8,5% ou 9%, e não para 14%, 15% ou 16%"; carga sobre o Copom presidido por Alexandre Tombini ficou evidente

Brasil 247

Hoje, os jornais destacaram nas manchetes que o mercado foi afetado por declarações da presidente Dilma Rousseff, ontem, em Durban, na África. A manchete deveria ser outra: especuladores que apostam na subida dos juros perderam dinheiro, mas jogo está só começando, pois objetivo final é Copom.

A presidente Dilma não disse nada de novo. Ela apenas repetiu que o governo está atento à inflação e trata o tema como prioridade, refletiu que não considera o melhor caminho a velha receita da promoção de uma recessão na economia. Uma obviedade, já repetida em várias ocasiões.

Mas os especuladores, predadores na sua essência, se aproveitaram para operar em cima da fala da presidente Dilma.

Os especuladores estão em plena safra de apostas em relação ao próximo Copom. Será que vai subir, ou manter o juro? Com a inflação no teto da meta estabelecida pelo governo, os economistas que defendem o pensamento neoliberal de que o melhor remédio é a recessão, passaram a defender a alta dos juros já."
Matéria Completa, ::AQUI::

Inadimplência das empresas cai 0,7% em fevereiro em relação ao mesmo mês do ano passado

Posted: 28 Mar 2013 08:42 AM PDT


Camila Maciel, Agência Brasil
 
"O nível de inadimplência das empresas apresentou queda de 0,7% em fevereiro na comparação com igual período do ano passado, segundo levantamento da empresa de consultoria Serasa Experian. Em relação a janeiro, houve redução de 12%. No acumulado do ano, no entanto, o índice registra alta de 2,2% em relação ao primeiro bimestre de 2012.

Para os economistas da Serasa, a queda expressiva em relação a janeiro está relacionada ao recuo da inadimplência do consumidor e às encomendas para reposição do estoque para o Dia das Mães. De acordo com a empresa de consultoria, esses fatores favorecem a geração de receitas e melhoram o fluxo de caixa das empresas. O crescimento da inadimplência no acumulado do ano, por outro lado, é explicado pelo aumento do salário mínimo em janeiro, que impactou os custos das empresas.

O valor médio das dívidas de cheques sem fundos, R$ 2.905,97, foi o que apresentou maior crescimento em relação ao primeiro bimestre do ano passado, uma alta de 29,9%. Também houve acréscimo (2,3%) no valor médio dos títulos protestados, que ficou em R$ 1.913,15.

As dívidas com bancos tiveram queda de 3,3% na comparação com os dois primeiros meses de 2012, e atingiram valor médio de R$ 5.118,53. Os débitos não bancários (R$ 776,39), que envolvem dívidas com cartões de crédito, financeiras, lojas em geral e prestadoras de serviços, também apresentaram decréscimo, de 2,4%."

Charge do Bessinha

Posted: 28 Mar 2013 07:16 AM PDT


Ditadura: adolescente sofreu nove dias de tortura por ter pai 'comuna safado'

Posted: 28 Mar 2013 07:05 AM PDT


O coronel Kardec Lemme, quando ainda
era considerado 'herói de guerra' e hoje,
sobrevivente de um período de intolerância
(Fotos: arquivo pessoal e Daniella Cambaúva)

"Segunda reportagem sobre integrantes das Forças Armadas punidos pela ditadura mostra história do coronel do exército Kardec e seu filho, Luiz Carlos Teixeira Lemme, perseguidos por meras suspeitas

Daniella Cambaúva, especial para a RBA

Luiz Carlos Teixeira Lemme, engenheiro aposentado, é quem conta a história de seu pai, o coronel Kardec Lemme, cujo nome aparece na primeira lista de cassações feita pela ditadura militar brasileira. Conversou com a reportagem na sede da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), no centro da cidade do Rio de Janeiro. No décimo andar daquele prédio – "o mais badalado da rua Araújo de Porto Alegre" como descreveu ele –, funciona a Associação Democrática e Nacionalista de Militares (Adnam), entidade que reúne membros das Forças Armadas perseguidos depois de 64.  

Kardec Lemme, membro da Adnam, não está presente na entrevista por conta de imposições da idade. É Luiz Carlos quem tem guardada na memória a história do pai. Sua trajetória de filho, porém, não é menos dramática, pois também foi perseguido. "Tive uma vida normal de estudante, com um pai servindo no Ministério da Guerra, até 1964", diz.

À época, ele tinha 15 anos, estudava no Colégio Militar e morava com os pais e a irmã no edifício Havana, em Copacabana, o mesmo onde até hoje Kardec vive. O primeiro ato da ditadura se deu antes mesmo de o golpe se consolidar: na noite de 31 de março para 1° de abril, quando houve o golpe. "Eles – na época eu nem sabia quem eram – invadiram a nossa casa. Encostou um camburão, um carro preto, chapa branca, tinha umas grades atrás. Eles subiram, se colocaram na escada, em possíveis rotas de fuga e entraram com armas ostensivas: 'Coronel Kardec, está preso!'".
Matéria Completa, ::AQUI::

Por que o Brasil tem o carro mais caro do mundo?

Posted: 28 Mar 2013 06:28 AM PDT


Lucro, e não imposto, faz brasileiro
pagar o carro mais caro
"A margem de lucro das montadoras no Brasil chega a ser três vezes maior que a de outros países. Em nenhum país do mundo onde a indústria automobilística tem um peso importante no PIB, o carro custa tão caro para o consumidor

Pragmatismo Político

O Brasil tem o carro mais caro do mundo. Por quê? Os principais argumentos das montadoras para justificar o alto preço do automóvel vendido no Brasil são a alta carga tributária e a baixa escala de produção. Outro vilão seria o "alto valor da mão de obra", mas os fabricantes não revelam quanto os salários – e os benefícios sociais – representam no preço final do carro. Muito menos os custos de produção, um segredo protegido por lei.

A explicação dos fabricantes para vender no Brasil o carro mais caro do mundo é o chamado Custo Brasil, isto é, a alta carga tributária somada ao custo do capital, que onera a produção. Mas as histórias que você verá a seguir vão mostrar que o grande vilão dos preços é, sim, o Lucro Brasil. Em nenhum país do mundo onde a indústria automobilística tem um peso importante no PIB, o carro custa tão caro para o consumidor.

A indústria culpa também o que chama de Terceira Folha pelo aumento do custo de produção: gastos com funcionários, que deveriam ser papel do estado, mas que as empresas acabam tendo que assumir, comocondução, assistência médica e outros benefícios trabalhistas.

Com um mercado interno de um milhão de unidades em 1978, as fábricas argumentavam que seria impossível produzir um carro barato. Era preciso aumentar a escala de produção para, assim, baratear os custos dos fornecedores e chegar a um preço final no nível dos demais países produtores.

Pois bem: o Brasil fechou 2010 como o quinto maior produtor de veículos do mundo e como o quarto maior mercado consumidor, com 3,5 milhões de unidades vendidas no mercado interno e uma produção de 3,638 milhões de unidades."
Matéria Completa, ::AQUI::

2012 foi ano de "pibão" para a Globo

Posted: 28 Mar 2013 06:12 AM PDT


"Grupo da família Marinho fechou o ano de 2012 com um crescimento de 16% nas receitas líquidas líquidas e chegou a R$ 12,7 bilhões - publicidade representa 71% do faturamento total; desempenho ultrapassa média do mercado publicitário brasileiro no ano, que cresceu 6%


Na contramão da crise, as Organizações Globo, grupo de comunicação que controla a TV Globo, TVs por assinatura, revistas As e veículos de internet, fecharam o ano de 2012 com um crescimento de 16% nas receitas líquidas e chegaram a R$ 12,7 bilhões.

Segundo o Teletime, as receitas publicitárias obtidas pela empresa, em TV aberta, paga e nos veículos impressos e de internet, cresceram 10% em 2012, somando R$ 9 bilhões em 2012. O segmento representa 71% do faturamento total do grupo, ante 25% do segmento "conteúdo e programação" e 4% de outras receitas.

O salto ultrapassou a média do mercado publicitário no ano, que cresceu 6%, totalizando um faturamento de R$ 44,8 bilhões, segundo o projeto Inter-Meios, do grupo Meio&Mensagem.

Para Carlos Henrique Schroder, diretor-geral do canal, a internet tem funcionado como uma alavanca da audiência. "Vimos no Oscar que quem comentava a cerimônia na internet ia assisti-la na TV", disse."

Taxa de desemprego é a menor para o mês desde 2003

Posted: 28 Mar 2013 05:56 AM PDT



"A taxa de desemprego em seis regiões metropolitanas do país subiu para 5,6% em fevereiro na comparação com o mês anterior, mas foi o menor índice para o período desde 2003, primeiro ano completo da série histórica do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O levantamento teve início em março de 2002.

Segundo pesquisa divulgada nesta quinta-feira (28) pelo IBGE, houve incremento de 100 mil pessoas desocupadas no país. A variação foi considerada estável pelo instituto de pesquisa.
Mais informações »
You are subscribed to email updates from Brasil! Brasil!
To stop receiving these emails, you may unsubscribe now.
Email delivery powered by Google
Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610



--
Francisco Almeida 




Postar um comentário