quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Via Email: Revisor absolve Genoino e critica criminalização da política


Página da Carta Maior no Facebook Siga a Carta Maior no Twitter Canal da TV Carta Maior no Youtube Assine nossos FEEDS
Boletim Carta Maior - 4 de Outubro de 2012 Ir para o site


Página Especial - Clique aqui

Revisor absolve Genoino e critica criminalização da política
Com duras críticas à peça acusatória elaborada pelo Ministério Público Federal, Ricardo Lewandowski classificou a acusação contra José Genoino, por corrupção ativa, de lacônica, abstrata e impessoal e disse que o réu não pode ser condenado pelo fato de ter sido presidente do PT. "Nós não vamos criminalizar a política", disse. O relator, ao contrário, votou pela condenação do petista e outros 7. Lewandowski condenou 5 e ainda irá se pronunciar sobre José Dirceu.
> LEIA MAIS | Política | 04/10/2012
Lewandowski votará sobre Dirceu, já condenado pelo relator
O ministro-revisor abre a sessão desta quinta (4) analisando a acusação de corrupção ativa contra José Dirceu, já condenado na quarta (3) pelo ministro-relator. Na sequência, os demais ministros apresentarão seus votos. Ainda não é possível prever se haverá um veredito final antes das eleições municipais deste domingo (7). Mas o procurador-geral avalia que seria "bom" se julgamento influísse nos resultados das urnas.
> LEIA MAIS | Política | 04/10/2012
Um tribunal opinático
Comentários togados a fatos eleitorais e políticos revelam assustadora imperícia na atribuição de sentido a esses fatos, tomados como indiscutíveis evidências de gravíssimos crimes. O risco de que a sentença final seja informada por essas interpretações canhestras, em acréscimo às adequadas provas jurídicas, é uma ameaça à sociedade política brasileira, não somente aos eventuais sentenciados de agora. São abundantes as ilustrações das distrações de análise dos magistrados do Supremo. O artigo é de Wanderley Guilher dos Santos.
> LEIA MAIS | Política | 03/10/2012
• STF condena 12 após falas contundentes contra a corrupção
• Julgamento do mensalão entra em fase decisiva para o uso eleitoral
• Barbosa se irrita com divergências e constrange STF
• Bastidores de um julgamento e de uma "cruzada midiática"
Ajustes de esquerda e de direita na Europa
França e Espanha escolheram estratégias diferentes para enfrentar a crise. Pela esquerda, François Hollande tentou proteger o gasto público e colocar o acento em uma maior arrecadação mediante aumento de impostos para os setores mais ricos da sociedade. Na Espanha, Mariano Rajoy se concentrou no corte de gastos e em impostos sobre o consumo. Segundo dois especialistas consultados pela Carta Maior, embora a saída de esquerda seja preferível a de direita, o problema de fundo é a própria idéia de austeridade. O artigo é de Marcelo Justo.
> LEIA MAIS | Internacional | 03/10/2012
• Trabalhistas tentam melhorar imagem para voltar ao poder em 2015
• França: orçamento socialista taxa mais ricos e empresas
• As aves de Rapina aplaudem a Espanha moribunda
Os descaminhos do dinheiro: apropriação via juros oficiais
A maior apropriação privada de recursos públicos no Brasil, além de legal, criou a sua justificação ética: trata-se da taxa Selic. Como muitos sabem, e a imensa maioria não sabe, a Selic é a taxa de juros que o governo paga aos que aplicam dinheiro em títulos do governo, gerando a dívida pública. Os intermediários financeiros passaram a dispor de um sistema oficial de acesso aos nossos impostos. Uma monumental transferência de recursos públicos para rentistas, que além de nos custar muito dinheiro, desobriga os bancos de fazerem investimentos. O artigo é de Ladislau Dowbor.
> LEIA MAIS | Economia | 02/10/2012
• Os descaminhos do dinheiro: a compra das eleições
A história do marxismo na América Latina: uma introdução crítica
Obra organizada por Michael Löwy analisa a evolução do pensamento marxista no quadro das lutas políticas em cada período histórico da América Latina. Fio condutor se baseia na suposição de que a história do marxismo na América Latina não pode ser considerada como um universo à parte, separado do contexto internacional; por isso, ressalta em cada etapa sua ligação com as transformações do movimento operário mundial. O trabalho desenvolvido por Michael Löwy é amplo e retorna ao final do século XIX para buscar os primeiros vestígios de intenções socialistas no continente.
> LEIA MAIS | Arte & Cultura | 02/10/2012
Chico de Oliveira debate "A crítica da razão dualista" na USP
Série de debates celebra 40 anos da obra que propôs uma nova forma de pensar a economia brasileira, oposta à da intelectualidade da época. As referências do sociólogo estavam no marxismo e nas teses da Cepal – as quais, para ele, fazem pouco sentido nos dias de hoje. "O Brasil é, ao mesmo tempo, centro e periferia. E, mesmo assim, é uma periferia nova", afirma.
> LEIA MAIS | Política | 02/10/2012
A lição de método de Marx e o legado de Hobsbawm
Paul Valéry, no início de sua "Introdução ao Método de Leonardo da Vinci", disse que "o que fica de um homem é o que nos leva a pensar seu nome e as obras que fazem desse nome um signo de admiração, de ódio ou de indiferença". A obra de Eric Hobsbawm é um signo de admiração e de lições para o século XXI. Em um de seus últimos trabalhos, reafirmou sua confiança política e metodológica na obra de Marx: "o liberalismo econômico e o liberalismo político, sozinhos ou combinados, não conseguem oferecer uma solução para os problemas do século XX. Mais uma vez chegou a hora de levar Marx a sério".
> LEIA MAIS | Internacional | 01/10/2012
• Eric Hobsbawm (1917-2012)
• Como mudar o mundo. Marx e o marxismo
• Crise explica deriva à direita na Europa
• Uma nova igualdade depois da crise
• Socialismo fracassou, capitalismo quebrou: o que vem a seguir?





A luta democrática no Oriente Médio
A chamada primavera árabe propriamente dita, se limitou, até aqui, à Tunisia e ao Egito. Os outros processos estão sobredeterminados pelo contexto geopolítico internacional. Quem pode dizer que hoje a Líbia se democratiza? - 02/10/2012

Os antecedentes das próximas horas
Quis o destino que a resposta da Presidenta Dilma Rousseff à soberba 'paulista' de Serra acontecesse num simbólico 2 de outubro. Nessa data, há 80 anos, Getúlio Vargas derrotou a secessão da oligarquia de São Paulo, cuja marca de fantasia se atribui o rótulo de 'revolução constitucionalista de 32'. - 02/10/2012

Colunistas
Paulo Kliass
Dilma na ONU: Os verdadeiros protecionistas
Ron Kirk, o principal responsável da equipe de Obama para o comércio exterior, criticou o governo brasileiro por ter adotado medidas consideradas por aquele assessor como protecionistas, além de "prejudiciais ao livre comércio". A resposta brasileira foi firme e objetiva, não se deixando intimidar pelo peso que representa o governo norte-americano no cenário internacional. - 04/10/2012
Antonio Lassance
Neoconservadorismo religioso: fé, dinheiro e comunicação de massa
Os candidatos que surpreenderam por suas intenções de voto em algumas cidades podem não ser apenas "azarões". Talvez sejam a face mais evidente de um fenômeno político que junta fé, dinheiro e comunicação de massa. Uma legião de candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador será eleita fazendo uso dessa receita. - 03/10/2012
Venício Lima
TV Justiça: Efeito pedagógico da Ação Penal 470
Perplexo diante da dificuldade que o ministro relator revela em lidar com o contraditório, o telespectador leigo deve se perguntar como é possível que, analisando os mesmos fatos descritos nos autos e submetidos às mesmas regras, juízes possam chegar a conclusões diametralmente opostas. Justiça é apenas o resultado de uma votação? - 02/10/2012
Francisco Carlos Teixeira
Eric Hobsbawm: uma obra insuperável
Poliglota, viajante incansável, marxista desde sua juventude, profundamente humanista, amante da música e das artes, escritor combativo e aguerrido. Amigo do Brasil, apreciador do "chorinho" carioca, perdemos um grande intelectual, um dos poucos homens com o "coração no lado certo do peito". - 02/10/2012
Flávio Aguiar
Alemanha: uma nova "epidemia alimentar"
Doença considerada típica de terceiro mundo, a epidemia dos coliformes está abalando a auto-estima alemã. Já há mais de 8 mil crianças contaminadas por nova epidemia de origem alimentar. A fonte apontada para a contaminação são merendas escolares de baixo custo. - 01/10/2012

Opinião
Jacques Gruman
Carta a um amigo judeu sionista
Sou inteiramente solidário com as famílias de israelenses massacrados em atentados terroristas. Atos covardes, dirigidos contra civis desarmados, que não podem ser justificados. Por outro lado, não há como não se indignar com o comportamento do exército de ocupação israelense e dos colonos frente à população palestina. - 01/10/2012
Lula Miranda
A suprema caricatura
Recebi, via e-mail (como muitos outros, imagino), uma fotografia do ministro Joaquim Barbosa, de costas no plenário, associando-o ao Batman. Essa mensagem simbolizaria uma espécie de redenção do povo brasileiro, que estaria, finalmente, vingado de toda a corrupção e de todas as mazelas da política brasileira por esse novo paladino. - 01/10/2012



Se você não deseja mais receber nossos e-mails, cancele sua inscrição neste link



--
Francisco Almeida / (91)81003406

Postar um comentário