quarta-feira, 20 de junho de 2012

Via Emal: BRASIL! BRASIL!



BRASIL! BRASIL!


Posted: 19 Jun 2012 06:03 PM PDT




Posted: 19 Jun 2012 06:01 PM PDT


"Partido mantém apoio à pré-candidatura petista em São Paulo, mas não reivindicará vaga na chapa; deputada saiu após aliança com Maluf

Eduardo Bresciani, estadão.com.br

O presidente nacional do PSB, Eduardo Campos, afirmou que o partido não vai mais reivindicar a vaga de vice na chapa de Fernando Haddad (PT) para a prefeitura de São Paulo após a deputada Luiz Erundina desistir da função. Campos disse que o PT está livre para escolher o vice.

"Comunicamos a Fernando Haddad e o Partido dos Trabalhadores para ficarem a vontade para compor com nome que mais somaria a disputa", disse Campos.

Segundo ele, Erundina disse que trabalhará por Haddad, mas que depois do episódio do apoio de Paulo Maluf não teria mais como continuar na chapa por entender que essa situação geraria instabilidade para a candidatura. Segundo Campos, a deputada disse que mantém as declarações críticas à aliança do PT com Maluf. O presidente do PSB afirmou que a escolha será do PT, mas se o aliado quiser escolher alguém do PSB não haverá proibição. Campos afirmou que o PSB "acredita em Fernando Haddad de corpo e alma" e que manterá o apoio para elegê-lo."


Posted: 19 Jun 2012 05:52 PM PDT


"Cerca de duas mil pessoas estiveram presentes para denunciar Dulene Aleixo Garcez dos Reis. 

Mikaele Teodoro, Revista Fórum

Rua Lauro Muller, bairro do Botafogo, Rio de Janeiro. Ali mora Dulene Aleixo Garcez dos Reis, que foi alvo da manifestação organizada pelo Levante Popular da Juventude, junto a movimentos sociais da Via Campesina e outras entidades, hoje pela manhã.

Dulene foi capitão da Infantaria do Exercito em 1970 e participou da tortura ao jornalista e secretário-geral do Partido Comunista Brasileiro Revolucionário Mário Alves, que foi submetido a uma sessão de torturas que durou mais de oito horas seguidas. Alves teve hemorragia interna por conta de uma perfuração no intestino, feita por um cassetete de madeira com estrias de ferro.

Cerca de duas mil pessoas estiveram presentes para denunciar Dulene, e enfrentaram uma movimentação ostensiva da polícia militar, que contou com a presença da Tropa de Choque, Caveirão e até helicópteros, estrutura digna de grandes eventos.

Embora o ato tenha sido pacífico, a polícia não deixou o grupo se aproximar do prédio do escrachado, sob o risco de aplicação de "práticas de contenção de multidões", como explicou o comandante da operação, Major Pinto. "Este local está sob a responsabilidade do Estado, sob a minha responsabilidade", esbravejou o comandante."
Foto: Paulo Iannone
Matéria Completa, ::AQUI::


Posted: 19 Jun 2012 05:43 PM PDT


Camila Maciel, Agência Brasil

"O presidente do Banco Central (BC), Alexandre Tombini, disse hoje (19) que o Brasil vai crescer a um ritmo de 4% no quarto trimestre do ano, na comparação com igual período do ano passado. E que no primeiro semestre de 2013 a taxa de crescimento será acima de 4,5%.

Segundo Tombini, essa trajetória baseia-se em fatores como a sustentação da demanda doméstica, redução da taxa básica de juros e flexibilização das regras de recolhimento compulsório, que, de acordo com o presidente, melhora as condições de liquidez do sistema financeiro.

"A perspectiva de crescimento da economia brasileira é positiva. O crescimento irá se acelerar ao longo dos próximos trimestres. Nosso sistema financeiro é sólido, bem capitalizado, com níveis elevados de liquidez, provisão bem acima da média das principais economias avançadas e emergentes". Tombini participou de debate, na capital paulista, promovido pela revista Istoé Dinheiro, com quatro ex-presidentes do BC: Pérsio Arida (1995), Gustavo Franco (1997 a 1999), Armínio Fraga (1999 a 2003) e Henrique Meirelles (2003 a 2011).

Dentre os fatores que permitem a sustentação da demanda doméstica no país, Tombini destacou a geração de empregos e renda. "A economia brasileira continua gerando empregos e renda. Nos últimos 12 meses foram criados quase 1,4 milhão de novos postos de trabalho. A renda real do trabalhador permanece em ascensão. E isso se deve, dentre outros fatores, a queda da inflação".
Matéria Completa, ::AQUI::


Posted: 19 Jun 2012 05:31 PM PDT


Altamiro Borges, Blog do Miro

"A pesquisa Datafolha divulgada neste final de semana deve ter feito soar o sinal de alerta no comando da campanha de José Serra à prefeitura da capital paulista. Ela mostra que o tucano empacou nos 30% das intenções de voto, o mesmo índice da sondagem anterior, o que é um péssimo sinal após a intensa exposição da sua imagem na mídia. Ela confirma ainda que o caudilho do PSDB mantém-se como um dos campeões em rejeição junto ao eleitorado, com 32% dos entrevistados afirmando que não votarão nele.

Para piorar o clima no ninho tucano, a pesquisa indica um leve crescimento da candidatura do ex-ministro Fernando Haddad, que subiu de 3% para 8% nas intenções de voto. O petista ainda terá que suar muito a camisa para viabilizar a sua ida ao segundo turno. Mas ele tem alguns trunfos. Celso Russomanno, do PRB, continua no segundo lugar nas sondagens, com 21%, mas não conta com tempo de televisão e estrutura para manter esta dianteira. A tendência é de queda. O mesmo ocorre com os demais postulantes."
Matéria Completa, ::AQUI::


Posted: 19 Jun 2012 05:17 PM PDT


"E não é pouca coisa: são mais de 100 imóveis adquiridos em sete anos; ex-diretor do Aprov, Hussain Aref Saab é suspeito de enriquecimento ilícito e irregularidades na aprovação de empreendimentos imobiliários dentro da administração municipal de São Paulo

Fernando Porfírio, Brasil 247

O Ministério Público paulista entrou na Justiça, nesta terça-feira (19), com uma ação cautelar, na qual pede o bloqueio dos bens e das aplicações financeiras de Hussain Aref Saab. Ex-diretor do Aprov, o setor da Prefeitura responsável pela aprovação de construções com mais de 1,5 mil metros quadrados, na cidade de São Paulo. Aref é suspeito de enriquecimento ilícito e irregularidades na aprovação de empreendimentos imobiliários dentro da administração municipal.

A ação foi proposta pelo promotor de justiça Silvio Antonio Marques. De acordo com o promotor, o pedido reclama que a justiça torne indisponíveis os bens do ex-diretor, dos seus dois filhos, da mulher dele e da empresa. Para o Ministério Público, há incompatibilidade entre o patrimônio e o salário do servidor, que era de cerca de R$ 20 mil.

Durante a maior parte da gestão Gilberto Kassab na prefeitura da capital (entre 2005 e 2012), Aref foi o homem responsável pela liberação de empreendimentos imobiliários de médio e grande porte na cidade. Nesse período, adquiriu 106 imóveis e acumulou patrimônio de mais de R$ 50 milhões. Só foi afastado da administração após o suposto esquema ser denunciado pela imprensa.

O promotor Silvio Antonio Marques afirmou que também abrirá inquéritos civis para apurar a liberação de obras irregulares em cinco shoppings da cidade, entre os quais Higienópolis e Pátio Paulista. A liberação teria ocorrido após pagamento de propina ao auxiliar de Kassab.

De acordo com investigação do MP, uma ex-diretora financeira da Brookfield Gestão de Empreendimentos (BGE) afirmou que a multinacional pagou R$ 1,6 milhão em propina, entre 2008 e 2010, com o intuito de liberar obras irregulares nos shoppings Higienópolis e Paulista, em São Paulo."
Matéria Completa, ::AQUI::


Posted: 19 Jun 2012 04:55 PM PDT
"Magistrado, que autorizou prisão de Cachoeira, diz se sentir ameaçado. Em documento, ele relata que família sofreu 'ameaças veladas' de policiais.


Do G1

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região divulgou ofício (leia aqui a íntegra) em que o juiz Paulo Augusto Moreira Lima, que autorizou escutas da Operação Monte Carlo e também a prisão do bicheiro Carlinhos Cachoeira, pede para deixar o caso e se diz sob ameaça. O magistrado foi afastado do processo nesta semana.

No pedido encaminhado à Corregedoria do TRF-1, feito no dia 13 de junho, o juiz Paulo Augusto relata que havia solicitado, em fevereiro, carro blindado mesmo em horário fora do expediente e viagem de três meses para o exterior a partir de setembro. A justificativa foram ameaças sofridas por ele e familiares."
Matéria Completa, ::AQUI::


Posted: 19 Jun 2012 09:38 AM PDT




Posted: 19 Jun 2012 09:35 AM PDT


Bia Barbosa e Paulo Victor Melo, Observatório do Direito à Comunicação

"Todas as ideias, todas as cores, todas as vozes". Este foi o lema que norteou um dos debates realizado na Cúpula dos Povos da Rio+20 na última sexta-feira (15). A atividade marcou o pré-lançamento da Campanha Nacional em Defesa da Liberdade de Expressão para Todos, reunindo mais de cem militantes sociais em torno de um desafio que pautará a agenda do movimento pela democratização no país no próximo período.

Com o objetivo de pressionar o governo federal pela abertura do debate público em torno de um novo marco regulatório para as comunicações no país e de mobilizar amplos setores da sociedade brasileira na luta por uma transformação estratégica no setor, a Campanha chega num momento em que o tema da liberdade de expressão está no centro do debate dos movimentos sociais. Depois da realização da I Conferência Nacional de Comunicação em 2009 e de uma série de ações e iniciativas dos movimentos em prol de democracia e liberdade para todos e todas na mídia, o desafio de realizar uma Campanha sobre este tema em todo o país é enorme.

"Esta é uma das mais desfiadoras campanhas que os movimentos brasileiros já construíram", disse Jacira Melo, do Instituto Patrícia Galvão. "Temos um adversário muito poderoso pela frente: o sistema midiático brasileiro e seus veículos, que entram diariamente em nossas casas sem qualquer contraponto". Para fazer este enfrentamento, os movimentos acreditam que é preciso mostrar, no dia a dia das pessoas, os impactos das violações à liberdade de expressão e do direito à comunicação do conjunto da população brasileira.

Para Rosane Berttoti, coordenadora-geral do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC), que, ao lado de diversas organizações populares, está à frente da campanha, diante da análise da estrutura dos meios de comunicação no país, altamente concentrados, defender a liberdade de expressão significa defender a pluralidade e diversidade de ideias e opiniões na mídia.

"No entanto, sempre que defendemos a liberdade de expressão somos taxados de censores. Mas nosso objetivo é exatamente o oposto: garantir este direito para todos os cidadãos e não somente para alguns que detém o controle dos meios", disse Rosane. "É um tema estratégico para todos, e por isso deve ser debatido em qualquer lugar, sem barreiras e de forma aberta", acrescentou, fazendo referência à paisagem natural do Aterro do Flamengo, onde acontece a Cúpula dos Povos da Rio+20."
Artigo Completo, ::AQUI::


Posted: 19 Jun 2012 09:16 AM PDT


"Em entrevista à Rádio Brasil Atual, deputada fez críticas à aliança com o PP, mas disse que continua na chapa de Haddad


A deputada federal Luiza Erundina (PSB-SP), que na semana passada confirmou sua candidatura a vice-prefeita de São Paulo, na chapa encabeçada pelo petista Fernando Haddad, disse sentir constrangimento e desconforto com a entrada do Partido Progressista (PP), do deputado Paulo Maluf, na coligação, mas descartou desistir da disputa.

"Não sou de recuar. Vou manter a decisão, porque é uma decisão partidária. Vou me empenhar e fazer o melhor que puder para dar minha contribuição, mas vou procurar demarcar campos. De um lado está o seu Maluf; de outro lado estaremos nós e os setores da sociedade que não concordam, ao meu ver, com essa aliança", disse, em entrevista à Rádio Brasil Atual.

Erundina ressaltou que a decisão de incluir Maluf na coligação foi à sua revelia e representa "um desestímulo", mas afirmou que seguirá a campanha normalmente."


Posted: 19 Jun 2012 09:02 AM PDT


Maria Golovnina, Reuters / Extra

"Pelo menos uma pessoa é morta por semana no mundo em alguma disputa ambiental envolvendo terras, recursos naturais e florestas, segundo um relatório divulgado nesta terça-feira.

A entidade de direitos humanos Global Witness avaliou a disputa por recursos naturais e disse que pelo menos 106 pessoas foram mortas só em 2011, quase o dobro da cifra de 2009, em atentados e confrontos em países ricos em recursos, como Brasil, Indonésia e Peru.

Ao todo, 711 pessoas foram mortas entre 2002 e 2011 nesse tipo de disputa, ou mais de uma por semana, afirmou o grupo, acrescentando que raramente há punições por esses crimes.

"É um paradoxo bem conhecido que muitos dos países mais pobres do mundo abrigam os recursos que movimentam a economia global", disse o relatório. "Agora, com a intensificação da corrida para garantir o acesso a tais recursos, são os pobres e os ativistas que cada vez mais se encontram na linha de fogo."
Matéria Completa, ::AQUI::


Posted: 19 Jun 2012 08:51 AM PDT


 Agência Brasil

"O número de empresas que procuraram crédito em maio cresceu 6,7% ante abril, segundo levantamento divulgado nesta terça-feira (19) pela Serasa Experian. Entre janeiro e maio deste ano, a demanda por crédito registrou elevação de 0,6% em relação com o mesmo período de 2011. Já na comparação de maio com o mesmo mês do ano passado, houve queda de 1,3% na procura.

De acordo com os economistas da Serasa, a alta de 6,7% registrada em maio recupera parcialmente a queda de 8,1% apurada no mês de abril ante março. Porém, para a entidade, ainda há baixo dinamismo no quadro da demanda das empresas por crédito, mesmo com as medidas adotadas pelo governo para reaquecer a economia.
No mês passado, as micro e pequenas empresas se destacaram em termos de demanda por crédito, com crescimento de 7,1% em relação a abril. As médias e grandes registraram pequeno aumento na procura, 1,1% e 0,6%, respectivamente.

Apesar de terem apresentado crescimento mais modesto no mês de maio, no acumulado do ano são as médias e grandes empresas que registram as maiores altas da demanda por crédito, 10,6% e 15,6%, respectivamente. No caso das micro e pequenas empresas, houve estabilidade. De acordo com a Serasa, o agravamento do quadro externo – principalmente na zona do euro – tem induzido as médias e grandes empresas a buscar crédito nas fontes tradicionais domésticas (crédito bancário e crédito mercantil), em detrimento de outras fontes (recursos externos e emissões primárias de ações) que se retraem em momentos de instabilidades na conjuntura internacional.

Segundo o levantamento da Serasa, todos os setores econômicos registraram crescimento da demanda por crédito em maio. O destaque ficou com o setor de serviços, que apresentou alta de 7,5%. Em seguida, vêm empresas comerciais, que registraram alta de 6,1%, e indústrias, que expandiram a demanda por crédito em 5,8%.

No acumulado dos primeiros cinco meses de 2012, as empresas de serviços apresentam o maior crescimento da demanda por crédito: 2,8% ante o período de janeiro a maio de 2011. Em segundo lugar, aparecem as indústrias, com alta de 1,8% nesse mesmo critério de comparação. Apenas as empresas comerciais diminuíram a demandas por crédito neste ano de 2012 (-1,3%).

Em todas as regiões do país, houve aumento da procura por crédito. O destaque ficou com o Norte, com alta de 12,9% ante abril. As demais regiões registraram crescimento entre 6% (Centro-Oeste) e 6,6% (Nordeste). No acumulado do ano, as regiões Centro-Oeste e Sudeste registram quedas na demanda de suas empresas por crédito (-0,7% e -0,4%, respectivamente). Por outro lado, as regiões Sul e Norte, com altas de 2,8% e de 2,4%, lideram a procura por crédito neste ano."


Posted: 19 Jun 2012 08:06 AM PDT


Folha.com / ANSA

"O grupo de hackers Anonymous invadiu o site oficial da Cúpula do G20, evento que reúne os chefes de Estado e de Governo dos países mais industrializados e emergentes.

Putin (Rússia) e Obama conversam durante encontro do G20, que teve site oficial invadido por hackers
 A invasão ocorreu ontem, no momento em que o presidente mexicano, Felipe Calderón, fazia o discurso de abertura da cúpula em Los Cabos, no México.

Os hackers colocaram mensagens contra o G20 no site, acusando o grupo de países de ser "responsável, em grande parte, pela pobreza do mundo".

As páginas g20.org e g20mexico.org permaneceram fora do ar por vários minutos, impossibilitando a visualização dos vídeos, ao vivo, do encontro."
Foto: Carolyn Kaster/Associated Press


Posted: 19 Jun 2012 07:45 AM PDT


Lilian Ferreira, Maria Denise Galvani e Maurício Stycer, UOL

"O Brasil buscou o meio termo com o uso de palavras brandas para conseguir que seu rascunho final da Rio+20 seja aprovado na manhã desta terça-feira (19) em plenária de negociadores. Se por um lado manteve os princípios das responsabilidades diferenciadas, pela qual países mais ricos devem arcar com mais dinheiro, por outro, diminui o tom da obrigatoriedade de financiamento por parte deles e ainda incluiu o setor privado.

O UOL obteve uma cópia do documento, disponível para todas as delegações. Mais enxuto ainda que o texto que vinha sendo discutido, esta nova versão tem apenas 49 páginas e 283 parágrafos. A declaração, que pode ser aprovada ou alterada na plenária, será entregue aos chefes de Estado, que se reúnem de 20 a 22 de junho, no Rio de Janeiro. A União Europeia defende que os ministros e a alta Cúpula discutam o texto.


O rascunho final do documento 'O Futuro que Queremos", entregue pelo Brasil pela manhã, reconhece a importância em aliar financiamento, transferência de tecnologia e necessidades nacionais para as politicas do desenvolvimento sustentável, mas não faz menção ao fundo de US$ 30 bilhões. Desde que o Brasil assumiu a redação do texto no sábado (16), o fundo pedido pelos países em desenvolvimento e criticado pelos ricos estava fora do documento."
Matéria Completa, ::AQUI::


Posted: 19 Jun 2012 07:13 AM PDT
"A partir de quinta-feira, site do jornal não terá mais logotipo "Folha.com", publicará todo o conteúdo da versão impressa e será pago; assinatura será de R$ 29,90 mensais


Brasil 247

Na próxima quinta-feira, o portal Folha.com deixará de existir. Com o logotipo Folha de S.Paulo, o novo site subirá com todo o conteúdo da versão impressa. Outra novidade é que o site será pago. O jornal vai liberar até 20 textos por mês e outros 20 após preenchimento de cadastro. O restante estará disponível por R$ 29,90 mensais. Leia na matéria da Folha:

A partir de quinta-feira, a Folha passará a cobrar pelo acesso frequente ao seu site, que ganhará todo o conteúdo da versão impressa, incluindo os colunistas.

Assinantes do jornal impresso continuarão tendo acesso irrestrito a todos os formatos do jornal -na internet, em tablets e em celulares. Quem assina o pacote digital também pode ler o jornal em qualquer tela.

Visitantes do site poderão ler até 20 textos por mês gratuitamente. A partir disso, será pedido o preenchimento de um breve cadastro, que dará acesso a mais 20 notícias ou colunas gratuitamente. Do quadragésimo-primeiro texto em diante, o visitante será convidado a fazer uma assinatura paga.
Assinantes do UOL, empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha, seguem com acesso aos textos do site, mas não à edição do jornal."
Matéria Completa, ::AQUI::


You are subscribed to email updates from Brasil! Brasil!
To stop receiving these emails, you may unsubscribe now.
Email delivery powered by Google
Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610



--
Francisco Almeida / (91)81003406

Postar um comentário