quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Via Email:BRASIL! BRASIL!: Produção industrial aumenta em sete estados entre julho e agosto


BRASIL! BRASIL!



Charge do Bessinha

Posted: 08 Oct 2013 06:03 PM PDT


Presente e futuro

Posted: 08 Oct 2013 06:02 PM PDT


Janio de Freitas, Folha de S. Paulo

"A história das eleições já legou exemplos suficientes de que acordos são passíveis de desmanchar-se no ar

Visão política é a capacidade de olhar para o momento presente e, em vez dele, ver o futuro.

Tudo indica que Marina Silva e Eduardo Campos voltaram os olhos para o futuro e viram apenas um momento do presente.

Em um só lance, os dois plantaram fartos problemas para sua adaptação mútua, em meio a igual dificuldade de seus grupos. Políticos costumam ter flexibilidade circense, mas não é o caso, por certo. Bem ao contrário.

Nem mesmo o pessoal do PSB cita o nome do partido por inteiro, há muito tempo: fazê-lo exigiria mencionar a palavra "Socialista". O que se sabe das ideias do próprio Eduardo Campos não é muito mais do que se sabe de Marina Silva. Em relação aos dois sabe-se, porém, o suficiente para perceber a inconciliação quase completa. Não cabe mais dizer que o PSB seja partido "de esquerda", nem se pode dizer isso de Eduardo Campos. Mas conservadores, o partido e seu presidente não são, nem podem sê-lo, por exigência da ambição eleitoral que expõem.
Mais informações »

O jogo de xadrez de Marina e Eduardo Campos

Posted: 08 Oct 2013 05:49 PM PDT


A ex-senadora durante cerimônia de filiação
ao partido do governador de Pernambuco

"O primeiro grande desafio do PSDB, agora, é garantir o segundo turno. Aí se entra no segundo tempo do jogo: Campos e Marina crescerão tanto a ponto de desbancar Aécio como líder da oposição?

Luis Nassif, CartaCapital

O jogo político eleitoral tem tantas nuances que é impossível prever todos seus desdobramentos. Tome-se o episódio da aliança Eduardo Campos e Marina Silva. Dependendo da forma como se enxerga, o grande derrotado é Aécio Neves. Dependendo da forma, não é.

Nas hostes de Aécio há clareza sobre dois momentos do jogo: o imediato e o futuro. Os competidores de Dilma enfrentam dois grandes desafios: o primeiro é garantir se haverá segundo turno; o segundo, definir quem irá para o segundo turno com Dilma.
Mais informações »

O discreto casamento de Aécio Neves

Posted: 08 Oct 2013 05:41 PM PDT


Altamiro Borges, Blog do Miro

"Numa discreta nota, o jornalista Bruno Astuto, da revista Época, noticiou no sábado (5) o casamento de Aécio Neves, o cambaleante presidenciável tucano: "Provável candidato do PSDB à sucessão de Dilma em 2014, Aécio Neves casou-se esta semana no Rio de Janeiro com a namorada, a ex-modelo gaúcha Letícia Weber. Entre idas e vindas, o romance já dura cinco anos. A loura tem as iniciais A. N. tatuadas atrás da orelha direita. O padrinho da discreta cerimônia foi o melhor amigo do político, o empresário Alexandre Accioly".
Mais informações »

PPS, de Roberto Freire, perdeu de vez a noção

Posted: 08 Oct 2013 05:19 PM PDT


"Site do partido, que se ofereceu a Marina Silva, publica paródia de gosto duvidoso da música Eduardo & Mônica (transformada em Eduardo & Marina), da Legião Urbana, e a considera genial; Roberto Freire, presidente da legenda, estuda candidatura própria em 2014


O PPS, antigo Partido Comunista Brasileiro, perdeu de vez o rumo. Hoje, a página oficial da legenda publica o que considera ser uma "paródia genial" da canção Eduardo & Mônica, da Legião Urbana. Confira:
"Eduardo e Marina", uma canção de amor
(Paródia genial da música "Eduardo e Mônica", sucesso de Renato Russo)

Eduardo e Marina


Quem um dia irá dizer
Que existe razão
Nas coisas feitas pela oposição?
E quem irá dizer
Que não existe razão?


Eduardo abriu os olhos, mas não quis polemizar
Devolveu os cargos, bons cabritos não berram
Enquanto Marina tentava montar a sua Rede
Mas parou no TSE, como eles disseram


Eduardo e Marina um dia se encontraram sem querer
Nem conversaram muita coisa pra tentar se conhecer

Um carinha do partido do Eduardo que disse
"A Rede não tá legal, eles querem se unir"


Governo estranho, com base esquisita
"Eu vou pro outro lado, não agüento mais petista"
E a Marina riu, e quis saber um pouco mais
Sobre o governador que poderia apoiar
E o Eduardo, meio tonto, só pensava em ir pra casa
"Se eu não ligar pro Lula, eu vou me ferrar"

Eduardo e Marina trocaram telefone
Depois telefonaram e decidiram se aliar
O Eduardo sugeriu uma vice-presidência
Mas Marina queria mesmo era se candidatar

Eduardo e Marina eram nada parecidos
Ele estava na rabeira e ela tinha 26
Ela fazia discurso contra o velho esquemão
E o PSB no mundinho pequeno-burguês

Ela gostava do Sirkis e do Gabeira
Do Castells e de Sambô
E o Eduardo gostava era de frevo
E ocupava o cargo que era do seu avô

Ela falava coisas sobre sustentabilidade
Também ecologia e metabolização
E o Eduardo ainda estava no esquema
"Escola, hospital, porto, transposição"

E, mesmo com tudo diferente
Veio mesmo, de repente
Uma vontade de concorrer
E os dois se encontravam todo dia
E a campanha crescia
Como tinha de ser

Eduardo e Marina querem chegar em Brasília
Com o PPS e até o Kassab na coligação
Porque 2014 a luta é dura
Tem o Aécio e tem o Lula 
E a presidente Dilma tá bolada
Pensando só na reeleição

E quem um dia irá dizer
Que existe razão
Nas coisas feitas pela oposição?
E quem irá dizer
Que não existe razão?

Produção industrial aumenta em sete estados entre julho e agosto

Posted: 08 Oct 2013 05:50 AM PDT


Vitor Abdala, Agência Brasil

"A produção industrial cresceu em sete dos 14 locais pesquisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) entre julho e agosto deste ano, apesar de a produção nacional ter se mantido estável no período. As maiores altas foram observadas no Paraná (3,6%), em Goiás (1,7%) e Santa Catarina (1,6%).

Também tiveram avanço na produção os estados do Ceará (1%), de São Paulo (0,6%), Minas Gerais (0,3%) e Rio Grande do Sul (0,2%).

Entre os sete estados com queda na produção, a Bahia foi o que mais apresentou recuo (-8,6%), devido ao desligamento do setor elétrico ocorrido em agosto no Nordeste. A região, como um todo, teve redução de 2,2%. Também tiveram quedas o Rio de Janeiro (-4,2%), Pará (-1,6%), o Espírito Santo (-1,4%), Pernambuco (-0,8%) e o Amazonas (-0,7%).

Na comparação de agosto deste ano com o mesmo período do ano passado, houve queda em nove dos 14 locais, com destaque para o Espírito Santo (-5,9%), Minas Gerais (-4,5%), o Rio de Janeiro (-3,9%), São Paulo (-3,4%) e o Amazonas (-3,2%), todos acima da queda nacional de 1,2%.

No acumulado do ano, 11 dos 14 locais tiveram avanço na produção, enquanto em 12 meses, oito dos 14 locais acumulam alta."

Vandalismo de jovens mostra perda de fé na democracia

Posted: 08 Oct 2013 05:39 AM PDT


Eduardo Guimarães, Blog da Cidadania

"Pelo quinto mês consecutivo, o país convive com cenas assustadoras de violência em protestos convocados pelas mais diversas razões – algumas justíssimas, outras nem tanto. Em todos esses movimentos populares, porém, a violência, o vandalismo e algumas vezes verdadeiras tragédias tornaram-se subprodutos. Eventos tão previsíveis como o próximo alvorecer.

Por exemplo: na segunda-feira, um protesto de moradores de três favelas de São Paulo terminou em tragédia: manifestantes viraram um carro em cima de uma barreira com material pegando fogo e o veículo explodiu. Seis pessoas ficaram feridas. Duas delas, gravemente. Uma das vítimas foi uma criança.
Algumas dezenas de pessoas já morreram durante protestos, desde junho. Os feridos chegam a centenas, entre civis e policiais. E algumas vítimas nem participavam dos protestos, tendo sido tolhidas por estarem passando pelos locais.
Mais informações »
You are subscribed to email updates from Brasil! Brasil!
To stop receiving these emails, you may unsubscribe now.
Email delivery powered by Google
Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610



--
Francisco Almeida 




Postar um comentário