sábado, 27 de outubro de 2012

Via Email: BRASIL! BRASIL!



BRASIL! BRASIL!


Posted: 26 Oct 2012 05:11 PM PDT
Ricardo Kotscho, Balaio do Kotscho


"Amanhã está fazendo dez anos que ganhamos a eleição, lembra?", foi logo me dizendo o ex-presidente Lula quando liguei para ele na manhã desta sexta-feira (26) para cumprimentá-lo pelo seu aniversário.

O tempo corre tão depressa que já não me lembrava direito daquele 27 de outubro de 2002, quando Lula comemorou no mesmo dia o seu aniversário e a vitória nas eleições para presidente da República.

Como estamos novamente na antevéspera de uma eleição, Lula desistiu de fazer neste sábado, em que completa 67 anos, uma comemoração para lembrar a data da primeira vitória do PT.

Preferiu deixar para organizar com calma, no começo de janeiro, uma série de atividades em que pretende fazer um balanço dos dez anos de governo do PT (oito dele e dois de Dilma).


"Vamos discutir o que era o Brasil antes do governo do PT e o que é agora", anunciou Lula, depois de voltar de mais uma longa maratona de comícios pelo País."
Artigo Completo, ::AQUI::


Posted: 26 Oct 2012 04:52 PM PDT
"Está passando dos limites", disse Fernando Haddad sobre o fato de José Serra estar ligado a episódios como a criação do site falso Propostas Haddad 13, feito por Hyuan Batista Tejo (acima), dono da Soda Virtual, contratada pelo PSDB por R$ 531 mil para fazer campanha online para o partido; a boataria sobre cancelamento do Enem, pela qual o também contratado tucano Eden Wiedmann (acima) assumiu a autoria; e de folhetos apócrifos com xingamentos; "Esse tipo de pessoa (Serra) faz isso pelas costas, não tem coragem de fazer pela frente", asseverou o petista; debate desta noite na TV Globo promete ferver



O candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, responsabilizou diretamente seu adversário José Serra, do PSDB, pela onda de baixariais eleitorais que invadiu a maior cidade do País na reta final da disputa. "Como alguém com tantos anos de vida pública se dispõe a um jogo tão rasteiro?", questionou Haddad em entrevista coletiva nesta sexta-feira 26. "Está passando dos limites". Segundo pesquisa divulgada na quarta-feira 24 pelo Instituto Datafolha, Haddad tem 60% das intenções de votos válidos, contra 40% para Serra. 

"Vocês, disse ele dirigindo-se aos jornalistas, estão noticiando os fatos. Se fizer um repertório das baixarias nessa reta final da campanha – sites falsos, boatos, faixas, panfletos apócrifos – é impressionante. Está passando dos limites". O candidato do PT disse não acreditar, porém, que Serra seja agressivo contra ele no debate marcado para esta noite na Rede Globo. "No cara a cara é mais difícil uma pessoa que faz isso pelas costas, fazer pela frente. Quem faz esse tipo de coisa, faz pelas costas. Ele não vai ter coragem de fazer na minha frente".

Haddad, em meio ao rebatimento dos ataques recebidos, anunciou a intenção de criar, se eleito, a Controladoria Geral do Município. "Se um órgão desse já existisse, muitos escândalos de corrupção das últimas administrações poderia ter sido evitados, como, por exemplo, o caso Aref, que parece ter sido o maior de todos, a compra de merende e uniformes escolares com superfaturamento e o caso Controlar". Pelo visto, Haddad está afiado para o debate desta noite na Globo."


Posted: 26 Oct 2012 04:25 PM PDT
Conceição Lemes, Vi o Mundo


"A campanha de José Serra  (PSDB) à Prefeitura de São Paulo de São Paulo está repetindo a mesma baixaria que promoveu, em 2010, contra a então candidata à presidência Dilma Rousseff (PT).

Nesta tarde, robôs começaram a disparar ligações para atacar o candidato Fernando Haddad (PT), desqualificando e mentindo sobre as suas propostas. Alguns leitores nos alertaram sobre isso. Checamos. E confirmamos. Isso está acontecendo especialmente nos bairros da periferia, como Penha, Itaquera e Cidade A.E. Carvalho, na Zona Leste da capital.

Legalmente essas ligações são permitidas. Podem repetir as mentiras e sofismas que Serra vem dizendo no horário eleitoral e não há o que fazer. A Justiça Eleitoral paulista já se pronunciou favoravelmente ao tucano em vários questionamentos feitos pela campanha petista.

Portanto, os paulistanos precisam ficar muito alertas. Quando se acha que Serra já atingiu o fundo do poço em termos de jogo sujo, rasteiro,  descobre-se que ele pode ir além. Logo, preparem-se  para baixarias até domingo. E denunciem!"


Posted: 26 Oct 2012 03:27 PM PDT


O ano começou com a violência policial na
cracolândia e termina com números que assustam
"Crescimento na taxa de homicídios é de 96% em setembro na comparação com 2011; governador volta a pregar linha dura e Secretaria de Segurança Pública fala em aumento de crimes passionais


Raimundo Oliveira, Rede Brasil Atual

Com uma média de 4,5 homicídios por dia na cidade de São Paulo, o mês de setembro passou a liderar a série histórica publicada desde janeiro de 2011 pela Secretaria de Segurança Pública do Estado. Os 135 casos registrados no mês passado representam um crescimento de 96% na comparação com o mesmo período de 2011. Nos seis primeiros meses de 2012 o número passou de 900 e o crescimento foi de cerca de 23% em relação ao primeiro semestre do ano passado.

Para a diretora-executiva do grupo Conectas Direitos Humanos, Lucia Nader, estes aumentos consecutivos nos casos de homicídios em São Paulo revelam um quadro preocupante. "Onde a violência e o uso da força aparecem como recurso preferencial para a resolução dos impasses na maior cidade do País", afirma, em nota emitida pela entidade. Após a divulgação dos números pela secretaria, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) afirmou que a ordem de seu governo é para "ir para cima", na mesma linha daquilo que vinha pregando desde o começo da série de estatísticas negativas. 

Hoje, o secretário de Segurança Pública, Antonio Ferreira Pinto, disse durante entrevista coletiva que vai reforçar o número de policiais nas ruas e fazer operações secretas para tentar conter as mortes de policiais no estado. Desde ontem, um policial e outras seis pessoas foram assassindas em São Paulo."
Foto: Sérgio Carvalho. Flickr
Matéria Completa, ::AQUI::


Posted: 26 Oct 2012 03:12 PM PDT
"Provedora de internet GVT informa oficialmente à Justiça Eleitoral que localizou ip de quem fez site falso Propostas Haddad 13: Hyuana Batista Tejo, dono da Soda Virtual; a empresa é contratada da campanha de José Serra, do PSDB, para fazer "criação e inclusão de páginas na internet"; já recebeu R$ 531 mil; crime eleitoral vai sendo configurado; campanha de Fernando Haddad emite nota oficial; a de Serra também, mas evasiva; é soda!


Brasil 247

Complica-se a situação da campanha do candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo, José Serra. Há um  caso concreto que pode configurar crime eleitoral, passível, a depender da severidade da Justiça Eleitoral, em caso de denúncia formal, até mesmo de impugnação. Trata-se da afirmação, pela provedora de internet GVT, de que o falso site Propostas Haddad 13, com idêntica linguagem visual à da página oficial do candidato do PT, foi criado na sede da empresa de comunicação online Soda Virtual. Esta empresa foi contratada pela campanha de Serra com a missão de fazer a "criação e inclusão de páginas na internet". O que era para ser, em tese, ao menos, acreditava-se, a favor do tucano, involuiu para fraude contra Haddad. Na manhã de hoje, sem se referir diretamente a este fato, o candidato petista classificou Serra como "rasteiro".

A notícia da informação prestada pela GVT sobre a Soda foi publicada em primeira mão, hoje, pelo portal do jornal O Estado de S. Paulo.

A assessoria de Serra informou, por meio de nota, que o site não é de iniciativa da campanha. "A campanha se manifesta na internet por meio do site serra45.com.br, da página do Facebook timeserra45 e do twitter @serraja", diz o texto."
Matéria Completa, ::AQUI::


Posted: 26 Oct 2012 08:42 AM PDT




Posted: 26 Oct 2012 08:36 AM PDT
"Em nota oficial, coordenação da campanha do PSDB aponta a existência de "faixas agressivas" espalhadas por São Paulo feitas, segundo o partido, pela campanha de Fernando Haddad; mas peças não têm assinatura; são mesmo do adversário ou é estratégia?



Acirra-se a disputa pela Prefeitura de São Paulo, na reta final da disputa. Depois de ter acusado a campanha do PSDB do candidato José Serra de ter espalhado o boato de suspensão do exame do Enem, agora é o PT quem é acusado de responsabilidade por ataques não assinados por ninguém, materializados na forma de faixas de rua com inscrições contra Serra. A acusação, é claro, parte do PSDB, em nota oficial da coordenação da campanha serrista. Leia abaixo:

Nota oficial

A campanha do PT coloca em São Paulo faixas agressivas ao candidato José Serra. O cinismo do PT prega na TV uma campanha sem ataques, mas utiliza material sem nome da coligação e sem CNPJ. Os recursos desses materiais, seguramente, não são legais.

É um desrespeito à cidade. Quem quer ser prefeito de São Paulo não pode se apresentar como um delinquente que não respeita as leis municipais que conservam a cidade limpa.

A campanha de José Serra repudia veementemente tal atitude.
Coordenação da Campanha"


Posted: 26 Oct 2012 07:23 AM PDT
CartaCapital


"A reta final das eleições municipais em São Paulo, com a disputa entre Fernando Haddad (PT) e José Serra (PSDB), esquentou a tal ponto que o Ministério de Educação pediu que a Polícia Federal abra uma investigação contra um funcionário da campanha do tucano.

De acordo com o jornal O Estado de S.Paulo, o MEC fez a solicitação diretamente ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, a quem a PF está subordinada. O MEC acusa Eden Wiedemann, integrante da campanha de Serra nas redes sociais, de ser responsável por divulgar a falsa informação de que a próxima edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) teria sido cancelada.

De acordo com o Estadão, Wiedemann postou no Twitter às 20h11 de quarta-feira 24 a mensagem "Vai Haddad!!! MEC confirma cancelamento das provas do Enem" seguida de um link para uma reportagem de 2009 que anunciava o cancelamento da prova.

Há três anos, a prova foi cancelada depois do vazamento de algumas questões."
Matéria Completa, ::AQUI::


Posted: 26 Oct 2012 07:02 AM PDT
'Notícia' provoca confusão entre inscritos para o Exame; MEC aciona Polícia Federal para investigar crime eleitoral


Redação, Rede Brasil Atual

O publicitário Eden Wiedemann, coordenador de redes sociais da campanha de José Serra (PSDB) à prefeitura de São Paulo, pode ser investigado pela Polícia Federal por ter plantado no Twitter o boato de que o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), marcado para os dias 3 e 4 de novembro, teria sido cancelado. O Enem é uma das principais realizações do adversário de Serra na campanha, o petista Fernando Haddad, ex-ministro da Edcuação.

Às 20h11 de quarta-feira (24) Wiedemann postou em sua conta no Twitter: "VAI HADDAD! MEC confirma cancelamento das provas do Enem". Na sequência, indicou um link para notícia do portal Terra publicada em 2009 – quando as provas foram realmente canceladas. O título da matéria de três anos atrás era "MEC confirma cancelamento das provas do Enem".
Matéria Completa, ::AQUI::


Posted: 26 Oct 2012 06:51 AM PDT
Nielmar de Oliveira, Agência Brasil


"Alavancada principalmente pela expansão da soja, do milho e do algodão herbáceo, a área cultivada no Brasil, em 2011, foi 2,8 milhões de hectares maior do que a de 2010, registrando um crescimento de 4,3% e atingindo um total de 68,1 milhões de hectares.

Os dados fazem parte da Produção Agrícola Municipal (PAM), Culturas Temporárias e Permanentes, de 2011. Divulgada hoje (26), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a pesquisa investiga 64 culturas em 5.565 municípios brasileiros.

Segundo o IBGE, entre os produtos pesquisados, 48 apresentaram variação positiva de produção e 36, variação da área positiva plantada – com dez dos produtos analisados registrando melhor produtividade, na comparação com 2010.

Os dados do levantamento indicam, ainda, que o valor da produção agrícola alcançou R$ 195,6 bilhões, um crescimento de 27,1% em relação ao ano anterior. O crescimento, segundo o IBGE, foi impulsionado, de maneira geral, pela elevação dos preços dos produtos agrícolas, que vêm registrando alta desde 2010 – seja em razão do aumento da demanda ou da redução da oferta, tanto nos mercados interno quanto externo.

Entre os produtos que mais se destacaram no aumento do valor da produção estão a soja (34,9%); a cana-de-açúcar (38,6%); e o milho (46,4%). Apesar de registrar uma redução na produção, segundo o IBGE, "devido à alternância de anos de alta e de baixa produtividade", o café também se destacou ao obter uma valorização absoluta da produção, de 40,1%.

Estimulado pelos bons preços do produto na época do plantio, o algodão herbáceo se destacou com um aumento da produção de 76,2%, em decorrência da elevação do volume plantado.

A pesquisa da Produção Agrícola Municipal de 2011, segundo o IBGE, registrou também que a ocorrência de boas condições climáticas, principalmente do final de 2010 para o primeiro trimestre de 2011, como fator determinante para o bom desempenho de algumas culturas – o que fez com que, entre as 64 culturas pesquisadas, 23 apresentassem recordes de produtividade média nacional, com destaque para a soja, o arroz e o feijão, produtos que compõem a cesta básica da população."


Posted: 26 Oct 2012 06:30 AM PDT
Altamiro Borges, Blog do Miro


"O Movimento dos Sem Mídia (MSM), liderado pelo blogueiro Eduardo Guimarães, ingressou hoje à tarde com uma representação na Procuradoria Geral Eleitoral (PGE) contra a TV Globo. O motivo da ação foi a descarada edição do Jornal Nacional de quarta-feira (24), que usou longos 18 minutos para fazer escarcéu com o julgamento do chamado "mensalão do PT". O MSM argumenta que a emissora cometeu "crime eleitoral" visando interferir nos resultados do pleito de domingo próximo.

Outra representação também poderia ser protocolada pelo combativo Eduardo Guimarães contra a mesma TV Globo por ela omitir os resultados das últimas pesquisas sobre as eleições para a prefeitura paulistana. O Jornal Nacional simplesmente não divulgou as duas mais recentes sondagens do Ibope, contratadas pela própria emissora, que apontam folgada vantagem de Fernando Haddad – 49% das intenções de voto contra 36% do tucano José Serra. A escancarada omissão caracterizaria outro "crime eleitoral".

Kamel e João Roberto Marinho

Segundo o sítio Brasil 247, a decisão de esconder os resultados das pesquisas partiu diretamente de Ali Kamel, diretor da Central Globo de Jornalismo, e de João Roberto Marinho, um dos três filhos do falecido chefão do império midiático. "Na quarta-feira, 24, ao saber que pesquisa encomendada pela própria Rede Globo ao Ibope havia apontado larga dianteira de Fernando Haddad sobre José Serra, Kamel correu para a sala de João Roberto Marinho e, ainda mais rápido, ordenou que nenhum dos telejornais da casa noticiaria o fato. Os números, afinal, estavam em desacordo com os interesses do patrão".
Artigo Completo, ::AQUI::


Posted: 26 Oct 2012 05:18 AM PDT
"Boato de que a prova de 3 e 4 de novembro seria cancelada, prejudicando milhões de estudantes, começou a se a alastrar nas redes sociais, especialmente no Facebook, a partir de uma reportagem do Globo de 2009; até o jornal se viu forçado a desmentir a falsa notícia que poderia afetar a disputa entre José Serra e Fernando Haddad; PF entrará na apuração do caso e provas ocorrerão nornalmente


Brasil 247

Um movimento viral, nas redes sociais, é a última baixaria da disputa eleitoral em São Paulo. Uma mentira espalhada no Facebook "informava" que a próxima prova do Enem, marcada para os dias 3 de e 4 de novembro, seria suspensa, anexando uma falsa reportagem do jornal O Globo, que se viu forçado a desmentir. O governo colocou a Polícia Federal para investigar o caso e descobrir a autoria do crime eleitoral.

Abaixo, nota do Globo:

Esclarecimento: Enem 2012 não foi cancelado

RIO - Por motivo alheio à vontade do GLOBO, uma reportagem publicada no site em 2009, que noticiava o cancelamento das provas do Enem naquele ano, voltou a circular na rede via Facebook, aparecendo em listas de mais lidas da rede social, reproduzidas de forma automática em nossa homepage.
O GLOBO esclarece que o Enem 2012 não foi cancelado e que está tomando providências junto aos administradores da rede social para que a reportagem de 2009 saia das citadas listas do Facebook em nosso site
Abaixo, notícia da Agência Brasil sobre a prova que ocorrerá normalmente:

Provas do Enem serão distribuídas e aplicadas "com total segurança", garante Mercadante

Yara Aquino
Repórter da Agência Brasil


Brasília – O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, disse hoje (25) que as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) já estão nos pontos estratégicos para serem distribuídas aos locais onde serão aplicadas nos dias 3 e 4 de novembro. Segundo o ministro, as provas serão distribuídas e aplicadas "com total segurança".

Mercadante detalhou que o esquema de segurança em torno do transporte e distribuição das provas conta com 72 batalhões do Exército, agentes da Polícia Federal, da Polícia Rodoviária Federal e da Polícia Militar.
De acordo com o ministro, houve ainda reforço no treinamento dos fiscais que irão aplicar as provas. "Foi tudo reforçado. Esse é um grande desafio. Estamos falando de 450 mil pessoas orientadas com total segurança. Até agora, e estamos na véspera, esse trabalho já foi feito e não tivemos nenhuma dificuldade", disse após participar de cerimônia no Palácio do Planalto para anúncio do Plano Safra da Pesca e Aquicultura.

Em relação à correção da redações, o ministro disse que haverá mudanças importantes na forma de correção e haverá aumento de 40% na equipe que fará o trabalho. Pela primeira vez os estudantes terão acesso às redações corrigidas e há um guia com orientações sobre a redação.

"Hoje tem um guia para redação que não tínhamos até então com todas as competências que são esperadas. As discrepâncias poderão ir para uma banca pra garantir maior objetividade possível e os estudantes, para fins pedagógicos, vão ter acesso às suas redações", disse.

Algumas dicas foram dadas pelo ministro para os estudantes que vão fazer a prova em novembro entre elas, a atenção com o horário da prova e com o material necessário, como a caneta preta que é a única permitida para preencher a folha de respostas e fazer a redação, e um documento oficial com foto, além de ler com antecedência e atenção o manual da redação."


You are subscribed to email updates from Brasil! Brasil!
To stop receiving these emails, you may unsubscribe now.
Email delivery powered by Google
Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610




--
Francisco Almeida / (91)81003406

Postar um comentário