segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Via Email: BRASIL! BRASIL!: Os candidatos são Urubóloga e Ataulfo

BRASIL! BRASIL!



Posted: 10 Aug 2014 04:50 PM PDT

Posted: 10 Aug 2014 04:42 PM PDT
"Lula e Dilma chuparam o oxigênio da Casa Grande. Sobraram os colonistas do PiG

Paulo Henrique Amorim, Conversa Afiada

Lula e Dilma ocuparam o espaço político de forma ampla, geral e irrestrita.

Da esquerda à centro-direita.

Só sobrou um pedacinho de chão para os vandaleiros, lá e cá.

O PT , Lula e Dilma chuparam o oxigênio dos projetos políticos que faz o Brasil dar o salto irreversível na direção de uma sociedade desenvolvida e justa.

A Direita não tem o que dizer.

Esgotada as forças do neolibelismo, a Direita morreu pra dentro.

Faltam dez dias para o horario eleitoral, quando Dilma tem o dobro do tempo dos outros dois, e eles não conseguiram oferecer uma migalha ao debate de ideias.

Requentaram o Consenso de Washington, revisto e ampliado pelo Farol de Alexandria.
Mais informações »

Posted: 10 Aug 2014 04:36 PM PDT

Paulo Moreira Leite, Blog: Paulo Moreira Leite

"Sou inteiramente solidário com Miriam Leitão e Carlos Alberto Sardemberg, que tiveram seu perfil na enciclopedia Wikipedia alterado a partir de um computador conectato a rede do Palácio do Planalto. 

O grave, no episódio, é a geo-política.

É inaceitável que um instrumente que pertence ao patrimonio público seja utilizado em benefício de interesses políticos particulares.

Cabe investigar e apurar as responsabilidades, como o governo já anunciou que irá fazer.

Mas discordo da própria Miriam Leitão quando ela diz:

“É ingenuidade acreditar que uma pessoa isolada, enlouquecida, resolveu, do IP da sede do governo, achincalhar jornalistas.(…) Alguém deu ordem para que isso fosse executado. É uma política. Não é um caso fortuito. E o alvo não sou eu ou o Sardenberg. Este governo desde o princípio não soube lidar com as críticas, não entende e não gosta da imprensa independente. Tentou-se no início do primeiro mandato Lula reprimir os jornalistas através de conselhos e controles. A ideia jamais foi abandonada. Agora querem o “controle social da mídia”, um eufemismo para suprimir a liberdade de imprensa.”
Mais informações »

Posted: 10 Aug 2014 04:27 PM PDT
Eduardo Guimarães, Blog da Cidadania

"No mínimo, é passível de grande desconfiança a hipótese de que tenha partido do governo Dilma ou do comando da campanha da presidente à reeleição a decisão de inserir críticas nos perfis que os jornalistas Miriam Leitão e Carlos Alberto Sardemberg têm na Wikipédia.

Essa insinuação – quase uma afirmação –, porém, está sendo feita por entidades como Associação Brasileira de Imprensa, Associação Nacional de Jornais, Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão e Federação Nacional dos Jornalistas.

E, claro, pela costumeira horda de colunistas, comentaristas, editorialistas e blogueiros tucanos – assumidos ou dissimulados – que fazem oposição cerrada ao governo federal e ao Partido dos Trabalhadores.

As entidades supracitadas manifestaram “preocupação” com o episódio, colunistas etc. já acusam diretamente o governo e, por tabela, a presidente da República. É inaceitável. Dilma, seu governo e seu partido estão sendo tratados como criminosos, estão sendo condenados sem direito a defesa e sem que a investigação sequer tenha começado.
Mais informações »

Posted: 10 Aug 2014 04:20 PM PDT
Luciano Martins Costa, Observatório da Imprensa

A prática e as teorias da comunicação aplicadas ao jornalismo induzem a acreditar que a atividade da imprensa cuida de organizar o processo de avanço da modernidade, pela classificação e valoração dos fatos novos. Assim, somos levados a aceitar que um acontecimento só se transforma em notícia, ou seja, em conteúdo jornalístico, se representar uma novidade, uma ruptura em relação ao que já existe.

Essa acepção vale tanto para uma ocorrência inédita quanto para uma nova interpretação de fatos conhecidos. Portanto, um dos grandes desafios do jornalismo contemporâneo seria a oferta exacerbada de notícias, produzida pela penetração dos meios digitais em todos os cantos do mundo.
Em qualquer rincão deste planeta, e até mesmo fora dele, é possível haver um ser humano ou um instrumento criado pelo homem exercendo esse mister de registrar os acontecimentos e colocá-los imediatamente à disposição de virtualmente toda a humanidade.

Tudo isso já foi dito e repetido e faz parte dos conceitos clássicos que são ensinados nas escolas de comunicação social. O fato novo é que o jornalismo, como prática organizada e submetida a regras específicas, já não dá conta dessa tarefa.
Mais informações »
Posted: 10 Aug 2014 04:00 PM PDT

Luis Kawaguti, BBC Brasil 

"Pesquisadores brasileiros estão estudando um mecanismo que usa características da bolsa de valores e de sites de apostas para tentar prever o resultado das eleições no país. O sistema já é usado nos Estados Unidos e na Europa e, segundo estudos, tem se revelado tão ou mais preciso que as tradicionais pesquisas de intenção de voto.

O método é conhecido como "mercado preditivo". Em linhas gerais, consiste em criar diferentes tipos de "ações" de cada candidato - como se eles fossem empresas - e disponibilizá-las para negociação em um mercado virtual por meio de um site na internet.

O preço atingido por cada tipo de papel possibilita aos pesquisadores fazer previsões sobre o vencedor do pleito e até sobre a porcentagem de votos que ele pode receber.

Mas para funcionar em larga escala no Brasil, dizem especialistas, o método terá que ser fiscalizado por autoridades – para evitar que seja manipulado por partes interessadas.
Mais informações »

Posted: 10 Aug 2014 03:50 PM PDT

"Promotores dizem que a situação na fundação atingiu “patamares inimagináveis”. Superlotação é tanta que menores estão sendo liberados

Renan Truffi, CartaCapital


A situação da Fundação Casa atingiu “patamares inimagináveis”. A avaliação é do Ministério Público de São Paulo. Na última quarta-feira 6, a Promotoria de Justiça da Infância e Juventude da Capital denunciou na Justiça o governo do tucano Geraldo Alckmin e a fundação, por conta da superlotação nas unidades que aplicam as medidas socioeducativas para menores detidos no estado. A reportagem de CartaCapital teve acesso com exclusividade à ação civil pública e, segundo o documento, 91,37% das “casas de internação” estão com um número de adolescentes acima do limite máximo definido nas portarias administrativas.

A informação é resultado de um diagnóstico inédito da Promotoria, iniciado em março de 2013. Seis promotores lideraram o trabalho: Tiago de Toledo Rodrigues, Pedro Eduardo de Camargo Elias, Fábio José Bueno, Daniela Hashimoto, Santiago Miguel Nakano Perez e Fabíola Aparecida Cezarini. Eles catalogaram o número de menores internados nas unidades em cada visita mensal. Com isso, o MP descobriu que 106 das 116 unidades de internação do estado têm mais adolescentes do que podem abrigar. Foram contabilizadas 8.079 vagas em todo o sistema, enquanto a demanda é de pelo menos 9.549 vagas. Isso quer dizer que o déficit hoje é de 1.470 vagas, equivalente a 18,19% do oferecido atualmente."
Matéria Completa, ::AQUI::
Posted: 10 Aug 2014 07:08 AM PDT

Posted: 10 Aug 2014 07:06 AM PDT

Mino Carta, Carta Capital

"Reflexões sobre o Israel de Netanyahu e a mídia nativa, inspiradas por Hannah Arendt e Janio de Freitas

Hannah Arendt, a grande filósofa judeo-alemã, escreveu um admirável ensaio a respeito da banalidade do mal. Regressava de Israel, onde acompanhara o julgamento de Adolf Eichmann na qualidade de enviada da revista New Yorker. Descobriu, e com contundente precisão esclareceu, que o criminoso nazista não passava de um ser cinzento e medíocre, funcionário de zelo extremado incapaz de perceber a maldade absoluta da sua tarefa: entregar à insana fúria hitlerista milhões de judeus.

A pensadora não foi perdoada, tanto em Israel quanto nos Estados Unidos, por sua análise do processo e do réu, enfim condenado à morte por enforcamento, pequeno indivíduo perdido na trama monstruosa como um lambari preso em uma rede de mar alto. Hannah Arendt não pretendia, obviamente, diminuir a responsabilidade de Eichmann, e sim traçar-lhe o perfil e mostrar como o mal se torna banal em certas circunstâncias. Foi execrada, no entanto, e até perseguida.
Mais informações »

Posted: 10 Aug 2014 06:54 AM PDT

Miguel do Rosário, Tijolaço 

"A tentativa da Globo de criminalizar alterações fúteis numa página aberta do wikipédia, e inventar um fantasma de autoritarismo, apenas ressalta o perigo com o qual o Brasil se depara hoje: tornar-se uma grande Minas Gerais, onde qualquer crítica é sistematica e violentamente censurada.

O governo Aécio não “altera verbetes” de jornalistas. Ele manda cortar a cabeça de quem ousa fazer jornalismo independente.

A história é conhecida. Alguns estudantes de jornalismo fizeram um ótimo documentário sobre a censura ao jornalismo durante o governo Aécio.
Assista-os na íntegra se puder.


Matéria Completa, ::AQUI::

Posted: 10 Aug 2014 06:41 AM PDT
Marilena aponta a privatização dos direitos sociais, por FHC, como principal razão para a crise do ensino público de SP
"Em aula magna para discutir a crise da USP e a greve de trabalhadores, Marilena Chauí afirma que 'universidade voltada ao mercado é dirigida como montadora de automóveis ou rede de supermercados'

 Malú Damázio, RBA

A filósofa Marilena Chauí afirmou ontem (8), em aula magna sobre a greve de funcionários e professores da Universidade de São Paulo (USP), na zona oeste de São Paulo, que a crise financeira e administrativa da universidade é resultado da "metamorfose da instituição social pública em organização operacional". Na visão de Marilena, este tem sido o principal objetivo do governo do estado de São Paulo, administrado pelo PSDB há 20 anos. A professora criticou os governos tucanos ininterruptos no estado, e lembrou que lideranças do partido, originado em uma dissidência do PMDB, já governavam o estado muito antes do PSDB vencer eleições.

“Comecemos com a entrada deles no poder no governo Franco Montoro (PMDB), seguido por Orestes Quércia (PMDB), Luiz Antônio Fleury Filho (PMDB), Mário Covas (PSDB), José Serra (PSDB) e Chuchu Beleza [Alckmin]. Eles estão aí faz 30 anos! Eu quero alternância de governo! É claro que eu quero, porque, no que diz respeito a nós, vamos ver o que foi que foi feito da educação do estado nesses 30 anos.”
Mais informações »

Posted: 10 Aug 2014 06:33 AM PDT

"Enredado em dissimulações o tucano tem dificuldades e já constrange as audiências, que viam nele um biombo para o retorno dos heróis do mercado.

Saul Leblon, Carta Maior

À  medida em que a campanha  presidencial supera a fase alegre dos consensos, ancorada  em sorrisos e manchetes de credibilidade equivalente, o bicho pega.

As pesquisas de intenção de voto exalam um cheiro de queimado e a fumaça ondula na direção do  palanque conservador.

Exceto na hipótese de um novo escândalo inoculado pela mídia, a dúvida confidenciada em fileiras de bicudos e graúdos carrega nervosa pertinência.

De onde, afinal,  Aécio e assemelhados  vão  extrair o fôlego que as pesquisas lhes sonegam,  se meses e  meses de exposição exclusiva e esfericamente favorável  na mídia não foi capaz de lhes proporcionar o estirão previsto na preferência nacional?

Mais informações »
You are subscribed to email updates from Brasil! Brasil!
To stop receiving these emails, you may unsubscribe now.
Email delivery powered by Google
Google Inc., 20 West Kinzie, Chicago IL USA 60610



--
Francisco Almeida 





Postar um comentário