quinta-feira, 17 de março de 2011

Doação de órgãos no Brasil bate recorde em 2010

Blog do Planalto:

'Doação de órgãos no Brasil bate recorde em 2010, diz Ministério da Saúde


As chances dos brasileiros que necessitam de um transplante de órgão para sobreviver aumentou no ano passado. É o que mostra os dados do Ministério da Saúde sobre o número de doação de órgãos e transplantes. Um dos motivos para esse aumento na quantidade de transplantes no país foi aperfeiçoamento dos processos de doação, como a rapidez nas notificações por morte encefálica, cuidado intensivo dos doadores, melhorias logísticas e o aumento dos recursos financeiros no Sistema Nacional de Transplantes.


No ano passado, foram registrados 1.896 doadores, 238 a mais que 2009, crescimento de 14%. Com isso, o Brasil alcançou a marca histórica de 9,9 doadores por milhão de pessoas (pmp). Alguns estados como São Paulo (21 pmp) e Santa Catarina (17 pmp) possuem índices de doações próximos aos de países desenvolvidos no setor, como Espanha e Canadá, que mantêm médias acima de 20 doadores pmp.


Já o número de transplantes – considerando órgãos sólidos, tecidos (córneas) e células (medula) – fechou o ano de 2010 com um total de 21.040 contra 20.253 em 2009. O Sistema Único de Saúde (SUS) foi responsável por 95% dos transplantes de órgãos sólidos, números que ratificam a posição do Brasil entre os maiores sistemas públicos de transplantes em todo o mundo.


Segundo o Ministério da Saúde, o investimento no setor mais do que triplicou nos últimos oito anos. Foram investidos quase R$ 1,2 bilhão em 2010, valor bem acima dos R$ 327,85 milhões aplicados em 2003.


Os transplantes de medula óssea também registraram um aumento significativo em 2010. Foram 1.531 procedimentos, um aumento de 74,38% se comparado com 2003, quando foram registrados 972 transplantes.


O ministério atribui esse aumento no número de transplantes à grande expansão do Registro Brasileiro de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome), que registra dois milhões de doadores cadastrados, sendo o terceiro maior banco de dados do gênero no mundo, superado apenas pelos Estados Unidos (5 milhões de doadores) e Alemanha (3 milhões de doadores).

Artigos relacionados


* País gera mais de 2,5 milhões de empregos e bate recorde em 2010

* Em 2010, emprego na indústria bate recorde e fecha em 3,4%, aponta IBGE

* Brasil exporta US$ 201,916 bilhões em 2010, um recorde histórico


– Enviado usando a Barra de Ferramentas Google'

– Enviado usando a Barra de Ferramentas Google"
Postar um comentário