sexta-feira, 9 de abril de 2010

Potencial turístico do Pará é destaque em revista chinesa





Da Redação
Agência Pará
© ELZA LIMA / SECULT
A beleza do centenário Theatro da Paz é um dos destaques entre as atrações turísticas mostradas ao mercado chinês
Cláudio Santos/Ag Pa
O Parque Ambiental Mangal das Garças, uma reserva ecológica às margens do Rio Guamá, está entre as belezas do Pará enfocadas por revista chinesa de turismo


O Estado do Pará é um dos destaques da matéria de capa publicada, na edição de março de 2010, da revista de turismo chinesa Traveler. Na reportagem de 15 páginas, cinco são dedicadas aos principais atrativos e destinos turísticos dos polos Belém e Marajó, apresentando as belezas naturais, gastronomia, artesanato, patrimônios históricos e culturais.

O material é resultado de um famtur (viagem de familiarização), realizado pela Companhia Paraense de Turismo (Paratur) com duas profissionais chinesas, entre os dias 19 e 23 de novembro do ano passado, como parte da estratégia da empresa de fortalecimento e comercialização dos destinos turísticos paraenses em um dos mais importantes mercados da economia mundial. A ação contou também com apoio da Empresa Brasileira de Turismo (Embratur).

Durante cinco dias, a operadora turística Yaxi Wang e a jornalista Zhen Chen conheceram de perto atrativos turísticos de Belém e do Arquipélago do Marajó, como o Mercado do Ver-o-Peso, Mangal das Garças, Theatro da Paz, Complexo Feliz Lusitânia, Parque da Residência, Museu Parense Emílio Goeldi, Espço São José Liberto/Polo Joalheiro, curtumes de búfalos, praias e fazendas dos municípios de Soure e Salvaterra.

A gerente de Assuntos Internacionais da Paratur, Maria de Belém Gomez, explica que a vinda das profissionais e o material produzido pela equipe é fruto do trabalho da Paratur durante a Missão à China, feita pelo governo do Estado em novembro de 2008, e também da participação na Feira do Oeste da China, em outubro de 2009. "A China é um mercado mais do que promissor", afirma a gerente.

Israel Pegado - Paratur
Postar um comentário