terça-feira, 21 de abril de 2009

Salvaterra

Salvaterra é um município típico da região Marajoara, com grandes extensões de terra, grande potencial turístico, agrícola e pesqueiro; mas sua economia ainda é fraca e gira basicamente em torno das rendas do funcionalismo público, aposentados, pensionistas, e os programas sociais do Governo Federal. Com um comércio, ainda, incipiente e não existindo políticas públicas municipais de apoio a produção, obriga a quem não se encaixar nesse quadro, a trabalhar no campo, numa cultura, ainda, de subsistência, ou na pesca artesanal. .Não é de hoje, que se fala sobre as potencialidades do Marajó mas, nosso povo não vê as coisas acontecerem, apesar da imensa quantidade de Terra disponível, da oferta de crédito dos programas federais, da proximidade a um grande mercado consumidor que é Belém. Diante das circunstancias procurando opções para o aproveitamento do potencial da região e de atividades econômicas para a geração de emprego e renda, revela-se um estado onde políticas e investimentos públicos de apoio à produção agrícola, pesqueira e turística, que são as afinidades econômicas da região, fariam Salvaterra dar o grande salto qualitativo e quantitativo em direção a sua sustentabilidade econômica e desenvolvimento social. Mas, para isso, é preciso vontade , competencia e coragem, dos gestores municipais, para dar o primeiro passo que é a Regularização Fundiária. Esta é a chave que abrirá as portas do desenvolvimento da região e especificamente, Salvaterra . Sem terra, não se planta. se não plantar, não se colhe. se não colher, o quê vamos comer ?




Postar um comentário